Mighty Joe Young (1949)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Mighty Joe Young
 Estados Unidos
1949 •  p&b •  94 min 
Direção Ernest B. Schoedsack
Produção Merian C. Cooper
John Ford
Elenco Terry Moore
Ben Johnson
Robert Armstrong
Frank McHugh
Gênero filme de aventura
Distribuição RKO Radio Pictures
Idioma língua inglesa
Página no IMDb (em inglês)

Mighty Joe Young é um filme estadunidense de 1949, do gênero aventura, dirigido por Ernest B. Schoedsack e estrelado por Terry Moore e Ben Johnson.

A produção[editar | editar código-fonte]

Inspirado em King Kong, com o qual divide a mesma equipe -- produtor, diretor, ator (Robert Amstrong), roteiristas e diretor de efeitos especiais—o filme tenta repetir o êxito daquele clássico do cinema de aventuras, mas fica mais próximo da sequência The Son of Kong (1933).[1]

Dirigido a um público mais jovem, a abordagem é bem diferente, pois enquanto King Kong é, antes de tudo, um "Filme de Monstro", Mighty Joe Young é praticamente uma comédia,[2] com sequências leves como a dos exploradores tentando laçar Joe no estilo dos cowboys, o cabo de guerra entre o gorila e dez campeões de luta livre, e o número musical Beautiful Dreamer, dividido entre o gorila e a mocinha.[1][2]

Dois fatos nem sempre lembrados são que a sequência final foi originalmente mostrada em cores[3] e que John Ford é coprodutor da película, com Merian C. Cooper.

Os efeitos especiais, criados por nove técnicos, recebeu o Oscar da categoria.

O filme ganhou um remake em 1998, com o mesmo título e estrelado por Charlize Theron e Bill Paxton.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O explorador Max O'Hara descobre na África um enorme gorila que é o bichinho de estimação de Jill Young. Max convence Jill a levá-lo para Hollywood, onde o batisa como "Mr. Joseph Young da África". Agora, Joe e Jill são a principal atração de um "super colossal" nightclub. Noite após noite, eles divertem a plateia e depois Joe fica preso em sua cela. Um dia, porém, alguns bêbados dão-lhe uísque e Joe, enfurecido, liberta-se e deixa um rastro de destruição atrás de si.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhores Efeitos Visuais Vencedor

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Terry Moore Jill Young
Ben Johnson Gregg
Robert Armstrong Max O'Hara
Frank McHugh Windy
Douglas Fowley Jones
Denis Green Crawford
Paul Guilfoyle Smith
Nestor Paiva Brown
Regis Toomey John Young
Lora Lee Michel Jill Young criança
James Flavin Schultz

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
  2. a b BUTLER, Craig. «Mighty Joe Young». AllMovie. Consultado em 02 de novembro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, segunda edição, Nova Iorque: Plume, 2010 (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.