Miguel Antônio Pinto Guimarães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Miguel Antônio Pinto Guimarães, o Barão de Santarém (Santarém, 8 de janeiro de 1808 — Santarém, 16 de agosto de 1882), foi um político brasileiro agraciado com título de nobreza pela Princesa Isabel em 17 de maio de 1871, foi comandante da Guarda Nacional e Deputado provincial.

Foi juiz de paz, coletor de rendas, comandante da guarda nacional, vereador e presidente da província do Pará, de 31 de julho de 1855 a de 1856, de 16 de maio a 8 de novembro de 1869 e de 5 de novembro de 1872 a 18 de abril de 1873.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Ângelo Custódio Correia
Presidente da província do Pará
18551856
Sucedido por
Henrique Pedro Carlos de Beaurepaire-Rohan
Precedido por
José Bento da Cunha Figueiredo
Presidente da província do Pará
1869
Sucedido por
Manuel José de Siqueira Mendes
Precedido por
Francisco Bonifácio de Abreu
Presidente da província do Pará
18721873
Sucedido por
Domingos José da Cunha Júnior


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.