Miguel Frasquilho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miguel Frasquilho

Miguel Frasquilho 09.jpg

President do Conselho de Administração da TAP Portugal
Período Março 2017 - atualidade
Presidente da AICEP
Período 24 de Abril de 2014 - atualidade
Secretário de Estado do Tesouro e Finanças
Período XV Governo Constitucional de Portugal
Antecessor(a) Rodolfo Vasco Lavrador
Sucessor(a) Francisco Esteves de Carvalho
Vida
Nome completo Miguel Jorge Reis Antunes Frasquilho
Nascimento 12 de Novembro de 1965
Lisboa
Dados pessoais
Alma mater Universidade Católica Portuguesa
Partido Partido Social Democrata

Miguel Jorge de Seca Reis Antunes Frasquilho (Lisboa, 12 de Novembro de 1965) é um economista e político português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É primo do empresário luso-americano Hélder Fragueiro Antunes.

É mestre em teoria económica, conferido pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, e licenciado em economia pela Universidade Católica Portuguesa. Possui o curso de educação musical do Conservatório Nacional, bem como a frequência do 12º grau do curso de piano e o 2ºano do curso de história da música. 

É Presidente do Conselho de Administração da aicep Portugal Global (Agência para o Investimento e o Comércio Externo de Portugal), desde 24 de Abril de 2014. [1] [2][3][4][5][6][7]

Foi deputado à Assembleia da República pelo Partido Social Democrata entre 9 de Abril de 2003 e 24 de Abril de 2014, tendo sido Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PSD (entre Março de 2004 e Outubro de 2007, e entre Outubro de 2009 e Abril de 2014), Presidente da Comissão Parlamentar Permanente de Obras Públicas, Transportes e Comunicações (entre Outubro de 2007 e Outubro de 2009) e Vice-Presidente da Comissão Parlamentar de Acompanhamento das Medidas do Programa de Assistência Financeira a Portugal (entre Junho de 2011 e Abril de 2014). [8] 

Foi Director-Coordenador do departamento Espírito Santo Research entre Julho de 2003 e Abril de 2014, coordenando o research do Grupo Banco Espírito Santo.

Participou na Comissão de Reforma do IRC, cujos trabalhos decorreram entre Janeiro e Julho de 2013. [9]

Foi Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças do XV Governo Constitucional entre 8 de Abril de 2002 e 8 de Abril de 2003. [10]

Foi eleito deputado à Assembleia da República pelo Partido Social Democrata no distrito de Setúbal, como cabeça de lista, em Março de 2002. Em 8 de Abril suspendeu o mandato, em virtude de ter integrado o XV Governo Constitucional. [11][12][13]

Foi economista chefe do Grupo Banco Espírito Santo entre Janeiro de 2002 e Abril de 2002; ingressou no Banco Espírito Santo como economista em Setembro de 1996, tendo ascendido a economista chefe do BES em Janeiro de 1998.

Foi docente na Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade Católica Portuguesa entre janeiro de 1990 e março de 2002.

Em 1999-2000 leccionou a disciplina de análise de conjuntura do curso de pós-graduação em análise e investimento imobiliário do CEMAF/ISCTE.

Foi assessor do gabinete do secretário de Estado do Comércio no XII Governo Constitucional (1994-1995), exerceu as funções de economista no Conselho Económico e Social (1992-1994) e na empresa FISECO – Serviços Financeiros S.A. (1991-1992). Foi igualmente docente na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa' (1988-1990), onde leccionou Matemática e Economia Industrial.

Foi escolhido para ser o Chairman da TAP Portugal em 2017.[14][15]

Publicações[editar | editar código-fonte]

É autor do livro “As Raízes do Mal, a Troika e o Futuro”, publicado em Maio de 2013.[16] [17]

É co-autor do livro “Portugal e o Futuro – Homenagem a Ernâni Lopes”, publicado em Maio de 2011, juntamente com os Profs. Vasconcellos e Sá, Daniel Bessa, Luís Cabral, João Duque, João César das Neves e Ricardo Reis, e os Drs. Cantigas Esteves e Poças Esteves. [18]

É co-autor dos livros “4R – Quarta República” e “As Farpas da Quarta”, que contêm compilações de textos dos dez autores do blog '“Quarta República”, e foram publicados, respectivamente, em Outubro de 2007 e Setembro de 2009. [19][20]

É co-autor do livro “Portugal Europeu?”, publicado em Novembro de 2001, juntamente com o Prof. Vasconcellos e Sá e a empresa Watson Wyatt.

É autor do paper “O Exemplo da Irlanda”, publicado no livro “Produtividade e Crescimento em Portugal”, editado em Dezembro de 2002, e em que foram compilados textos de quinze autores sobre este tema.

Tem dois working papers publicados na área dos métodos quantitativos (Teoria do Controlo Óptimo e Análise de Decisão Multicritério).   

Referências

  1. «Miguel Frasquilho é o novo presidente da AICEP (act.)». Económico. Consultado em 3 de maio de 2016 
  2. «AICEP angariou €1,7 mil milhões de investimento em 2015». Jornal Expresso. Consultado em 3 de maio de 2016 
  3. «NewDetail». www.portugalglobal.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  4. «"Portugal nunca mais será o mesmo" depois da WebSummit». TSF Rádio Notícias. Consultado em 3 de maio de 2016 
  5. «Cinco maiores tecnológicas mundiais interessadas em Portugal». Observador. Consultado em 3 de maio de 2016 
  6. «AICEP promove investimento e Web Summit nos EUA - OJE Digital». OJE Digital. 12 de abril de 2016. Consultado em 3 de maio de 2016 
  7. «AICEP à procura de novos investimentos no tecido empresarial». Económico. Consultado em 3 de maio de 2016 
  8. «"tróika" - Criada comissão que acompanhará programa da 'troika'». DN. Consultado em 3 de maio de 2016 
  9. «Presidente da AICEP pede consenso na reforma IRC». DN. Consultado em 3 de maio de 2016 
  10. «Miguel Frasquilho nomeado secretário de Estado do Tesouro». www.jornaldenegocios.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  11. «Biografia». www.parlamento.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  12. «Deputados - Grupo Parlamentar Partido Social Democrata». www.gppsd.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  13. «Government Are Committed to Bailout Plan: Portuguese MP». CNBC. Consultado em 3 de maio de 2016 
  14. Expresso - Miguel Frasquilho troca presidência da AICEP pela TAP
  15. Observador - Miguel Frasquilho vai ser “chairman” da TAP
  16. «Frasquilho lança livro As raízes do mal, a troika e o futuro». www.jornaldenegocios.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  17. «As Raízes do Mal, a Troika e o Futuro, Miguel Frasquilho - WOOK». www.wook.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  18. «Portugal e o Futuro - Livraria Vida Económica». livraria.vidaeconomica.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  19. «4R - Quarta República». quartarepublica.blogspot.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
  20. «4R - Quarta República, Vários - WOOK». www.wook.pt. Consultado em 3 de maio de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) economista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.