Miguel de Barros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Miguel de Barros
Nascimento 27 de junho de 1980
Bissau
Cidadania Guiné-Bissau
Ocupação sociólogo

Miguel Marcos José de Barros (Bissau, 27 de junho de 1980) é um sociólogo guineense.[1][2][3]

Graduou-se em sociologia pelo Instituto Universitário de Lisboa, onde também se especializou em planeamento. Trabalhou em órgãos como o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa da Guiné-Bissau e o Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É membro do Conselho para o Desenvolvimento da Investigação em Ciências Sociais em África.

As suas investigações abordam temas como juventude, voluntariado, sociedade civil, meios de comunicação social, direitos humanos, segurança alimentar, migração humana, literatura e rap.[4]

Diretor executivo da organização não governamental Tiniguena, dedicada à preservação do meio ambiente na Guiné-Bissau, fundou também a Corubal, cooperativa de divulgação de obras científicas e culturais no país. Foi eleito pela Confederação da Juventude da África Ocidental (CWAY) a personalidade mais influente do ano de 2018. Também recebeu o prémio humanitário Pan-Africano de Excelência em Pesquisa e Impacto Social.[5][6]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 2014 - O Impacto do Voluntariado na Guiné-Bissau
  • 2014 - Sociedade Civil, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, com Carla Carvalho
  • 2014 - A Sociedade Civil e o Estado na Guiné-Bissau: dinâmicas, desafios e perspetivas (org.) - U.E.-PAANE
  • 2013 - A Participação das Mulheres na Política e na Tomada de Decisão na Guiné-Bissau: da consciência, perceção à prática política, com Odete Semedo - Uniogbis
  • 2012 - Manual de Capacitação das Mulheres em Matéria de Participação Política com base no Género, com Odete Semedo - Uniogbis

Referências

  1. Curriculum Vitae da Equipa. Programa de Redução da Mortalidade Materna e Infantil (PIMI) nas Regiões de Biombo, Cacheu, Oio, Farim e Gabu da Guiné-Bissau. P. 8
  2. Miguel de Barros, o mais influente na África Ocidental. RFI, 20 de fevereiro de 2019
  3. Miguel de Barros distinguido com Prémio Pan Africano Humanitário. ANG, 19 de setembro de 2018
  4. Miguel de Barros. Buala
  5. Ativista guineense Miguel de Barros considerado personalidade mais influente da África Ocidental. Geledés, 21 de fevereiro de 2019
  6. Figura da semana: Miguel de Barros É Galardoado com Prémio Pan-Africano. O Observador, 23 de novembro de 2018

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.