Mike Bithell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mike Bithell
Bithell na conferência GDC Europe, 2013.
Conhecido(a) por Thomas Was Alone, Volume
Nascimento 07 de novembro de 1985 (34 anos)
Haywards Heath, Sussex, Inglaterra, Reino Unido
Nacionalidade Britânico
Profissão Programador
Período de atividade 2010-presente
Página oficial
www.mikebithellgames.com

Mike Bithell é um desenvolvedor de videojogos britânico. Teve sua popularidade ascendida por, majoritariamente, seu trabalho em Thomas Was Alone.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mike, antes de lançar Thomas Was Alone, integrava a companhia Blitz Games, atualmente extinta.[2] Por um amigo, teria movido-se à Bossa Studios, onde administrou jogos para Facebook. Dispensou o cargo uma semana antes do lançamento de Surgeon Simulator. Em tal faixa, Mike incoou a programar Thomas Was Alone, título que "manteria-o ocupado enquanto sua namorada estava fora da cidade".[2]

No que tange a desdobramentos do período, o desenvolvedor afirmou que a ideia restringia-se a uma Game jam, e apenas um jogo adjacente a plataformas, pois, segundo si, teria sido feito em 24 horas. Publicou-o no endereço Kongregate, admitindo pessoas que teriam-no aquilatado. Situava-se na página principal do domínio.[2]

Sobre tais condições, Bithell anuiu que transplantaria o projeto para, a seu vocabulário, "um jogo real". Durante o escalonamento consecutivo do projeto, Mike, movido para Londres devido a uma nova ocupação paralela, visitou eventos de jogos eletrônicos, considerando que "seria legal fazer alguns amigos". No episódio inceptivo, no início de 2011, encontrou um grupo de quase dez pessoas, no interior de uma universidade, ao altercar sobre um novo motor designado a jogos, Unity. Interessou-se, após, pelo tema, pois os indivíduos estariam a retratar o tópico da fazedura de jogos, e seu lançamento. Depois do fato, Mike incentivou sua valorização sobre a engine, engendrada pela pressão do grupo. Portava-se "suficientemente convencido".[2]

Em abril de 2013, Mike concedeu uma entrevista ao canal PlayStation Access, na plataforma Youtube. Quando indagado sobre a promoção da proposta do título, o programador replicou:[3]

Em maio de 2013, Mike teria doado $255 dólares para uma campanha de arrecadação de fundos de suporte à desenvolvedora indie Chloe Sagal, que, na faixa, estaria acometida por envenenamento e posterior morte, devido à "perda de funções básicas", necessitando de incentivos para uma cirurgia de $29.000.[4] Ulteriormente, revelou-se que tal premissa era improcedente, bem como o custo da cirurgia, a qual, adicionalmente, destinava-se a alteração de gênero.[4]

Referências

  1. «インディーズゲームの小部屋:Room#257「Thomas Was Alone」». 4Gamer.net. 28 de novembro de 2012. Consultado em 19 de agosto de 2019 
  2. a b c d Mike Bithell at Nordic Game 2014: Making Games Small and Big in Unity. Unity. 7 de agosto de 2014. Consultado em 24 de agosto de 2019 
  3. Mike Bithell (2013). «Thomas Was Alone: The Making Of... with Mike Bithell». The Making of... (entrevista). Entrevista com Hollie Bennett. Hollie Bennett. PlayStation Access. Consultado em 19 de agosto de 2019 
  4. a b Purchese, Robert (17 de maio de 2013). «Homesick dev Chloe Sagal successfully crowd-funds life-saving operation». Gamer Network. Consultado em 24 de agosto de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.