Mikel Landa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mikel Landa
Grand départ 2017 106.jpg
Informação pessoal
Nome nativo Mikel Landa Meana
Pseudônimo(s) Landani
Nascimento 13 de dezembro de 1989 (28 anos)
Murguía, Zuya, Álava
Estatura 173 centímetros
Peso 63 quilogramas
Cidadania Espanha
Ocupação ciclista desportivo
Informação equipa
Equipa atual Movistar Team
Disciplina Ciclismo
Função Escalador
Maiores vitórias
GV - Maillots complementários e etapas:

Giro d'Italia:
Classificação da montanha Jersey blue.svg 2017
3 etapas

Vuelta a España:
1 etapa

Voltas Menores:
Giro del Trentino 2016
Volta a Burgos 2017

Estatísticas
Mikel Landa no ProCyclingStats

Mikel Landa Meana (n. Murguía, Zuia, Álava, 13 de dezembro de 1989) é um ciclista espanhol, membro da equipa inglesa Moviestar.

Inícios e categoria inferiores[editar | editar código-fonte]

Seus inícios com a bicicleta foram em companhia dos seus amigos de infância, já que ao ser de povos diferentes (sendo ele de Murguia) utilizavam suas bicicletas para transladar de um lugar a outro. Nesses anos praticou também outros desportos, como a pelota basca ou o futebol.

Com 13 anos integrou-se nas filas do Clube Ciclista Zuyano, empurrado pela torcida existente ao ciclismo na localidade. No seio dessa formação realizaria todo seu passo pelo ciclismo de base: infantil de segundo ano (último de escolas), dois anos como cadete e outros dois como juvenil.

Ciclismo amador[editar | editar código-fonte]

Em 2008 passou ao campo aficionado nas filas do Naturgas Energia, enquadrado dentro da estrutura da Fundação Euskadi e filial do Euskaltel-Euskadi de categoria ProTour. No seu primeiro ano não conseguiu vitórias.

Em 2009 ganhou em Soraluze, a Subida a Gorla, Trucios, e Murguía (sua carreira de casa).[1][2][3][4] No Torneio sub'23 finalizou sexto na classificação individual comandada por seus colegas de equipa Xabier Zabalo e Jon Aberasturi, enquanto na classificação por equipas empataram a pontos em cabeça com a Caixa Rural.[5][6]

Com os seus triunfos converteu-se num dos eleitos pela Fundação para dar o salto ao profissionalismo com seu filial Orbea, de categoria Continental.[7]

Ciclismo profissional[editar | editar código-fonte]

Em 2010 estreia como profissional no Orbea, de categoria Continental e também dependente da Fundação Euskadi. Em agosto, quando disputava a Volta a Burgos, renovou seu contrato com a Fundação por dois anos para dar o salto à primeira equipa, o Euskaltel-Euskadi.[8]

Foi quinto no Tour del Porvenir, corrida na que destacou seu terceiro posto na etapa reina com final em Risoul.[9][10] Também disputou o Mundial sub'23 de Geelong (Victoria, Austrália) com a selecção espanhola, participação na que destacou a "gozada" que supunha compartilhar hotel com o três vezes campeão do mundo absoluto Óscar Freire, bem como a necessidade de se refazer do jet lag.[11][12][13] Em citada mundialista terminou 18º, ao chegar a meta no grupo de cabeça ainda que sem opções de vitória ao decidir-se esta ao sprint.[14]

Em 2011 conseguiu a sua primeira vitória como profissional na Volta a Burgos, bem como o maillot da montanha da ronda burgalesa.[15]

O 2015 começou bem, alçando os braços na melhor etapa da Volta ao País Basco pela frente de Tim Wellens e Tom Danielson. O 24 de maio deste mesmo ano conseguiu sua vitória mais importante em sua carreira profissional, na décimoquinta etapa do Giro de Itália com final em Madonna di Campiglio, superando a Yury Trofimov, Alberto Contador e seu colega de equipa Fabio Aru, colocando-se quarto na classificação geral a falta de seis etapas. Na seguinte jornada, com final em Aprica depois de coroar o Mortirolo, Landa voltou a impor na linha de meta, desta vez por adiante de Steven Kruijswijk e Alberto Contador, a quem avantajou em 38 segundos. Com esse resultado, Landa situou-se segundo na geral, retirando dessa posição a sua até então chefe de fillas Fabio Aru, que perdeu quase três minutos em frente ao vitoriano ao cruzar a linha de meta.

Palmarés[editar | editar código-fonte]

2011

  • 1 etapa da Volta a Burgos

2014

  • 1 etapa do Giro del Trentino

2015

Resultados em Grandes Voltas e Campeonatos do Mundo[editar | editar código-fonte]

Corrida 2010 2011 2012 2013 2014 2015
Giro d'Italia - - - - 34º
Tour de France - - - - - -
Vuelta a España - - 69º 39º 28º -
Mundial em EstreadaMaillotMundial.PNG - - - - - -

-: não participa Ab.: abandono



Equipas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Cycling (road) pictogram.svg Este artigo sobre um(a) ciclista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.