Miki Breier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Miki Breier
Secretário do Trabalho do Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul
Período 2 de janeiro de 2014
até a atualidade
Governador José Ivo Sartori (PMDB)
Antecessor Marcelo Danéris (PT)
Vice-prefeito de Gravataí Brasao gravatai.png
Período 1 de janeiro de 1997 até 31 de dezembro de 2000
Antecessor Paulo Fink
Sucessor Sérgio Stasinki
Deputado Estadual pelo  Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 2007
até a atualidade
Dados pessoais
Nascimento 18 de novembro de 1965 (53 anos)
Cachoeirinha, RS

Miki Breier nasceu em 18 de novembro de 1965, em Cachoeirinha, cidade aonde é o atual prefeito (2017-2020). Tem formação acadêmica em Filosofia, é mestre pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) e professor da rede pública de ensino estadual e do município de Gravataí. Foi eleito vereador em 1992, com a segunda maior votação da cidade. Em 1996, elegeu-se vice-prefeito. Neste período, foi secretário de Governo e secretário de Assistência Social. Em 2000, elegeu-se mais uma vez a vereador, com a maior votação da cidade, até aquele ano.

Foi deputado estadual por três mandatos (2006-2010-2014). Na Assembleia Legislativa, foi Presidente do Bloco Brasileiro da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul (UPM), da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), propositor e coordenador de seis Frentes Parlamentares.

Foi um dos deputados com maior número de leis aprovadas: 21, entre elas, a Lei 12.994,que proíbe a utilização de animais em circos; a Lei 13.275, que limita o fumo em recintos coletivos; a Lei 13.739, que reserva habitações populares para pessoas com deficiência; e a conhecida Lei 12.916, que retirou a bebida alcoólica dos estádios de futebol reduzindo os casos de violência em torno de 70%.

Em 2014, assumiu a Secretaria Estadual do Trabalho e do Desenvolvimento Social, onde atuou para consolidar a política de assistência social como um direito. Neste sentido, foi expandido, por exemplo, o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi) com a garantia de recursos, através de repasses do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS) e do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS), para a implantação de 23 Centros de Referência Especializado (Creas) em diferentes cidades; realizada a formação de 1,6 mil profissionais através do Programa de Capacitação Permanente. São gestores e trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (CapacitaSUAS), que pela primeira vez receberam este tipo de capacitação no Estado. Outra medida foi a implantação de Residências Inclusivas em Rio Grande, Passo Fundo e Pelotas, para o acolhimento institucional e a proteção social especial de alta complexidade de jovens e adultos.

À frente da prefeitura de Cachoeirinha vem consolidando importantes conquistas, com transparência e a participação. Na condição de prefeito, Miki Breier passou a receber a comunidade no programa Gabinete da Gente, implantou o Prefeitura com a Gente, levando o Executivo para atender nos bairros, e o Diálogos com a Cidade, transmitido semanalmente ao vivo pelas redes sociais, permitindo que a comunidade seja prontamente atendida pelo secretariado, prefeito e vice.

A trajetória de Miki Breier é marcada pelo compromisso social, pela ética, pela competência e seriedade no trato da coisa pública, através da atuação que coloca as pessoas e o bem comum como objetivos da ação política.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.