Mila Kunis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde abril de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mila Kunis
Mila Kunis em 2012.
Nome completo Milena Markovna Kunis
Nascimento 14 de agosto de 1983 (34 anos)
Chernivtsi, RSS da Ucrânia
 União Soviética
Nacionalidade Norte-americana
Russa
Ocupação Atriz, modelo
Atividade 1994–presente
Cônjuge Macaulay Culkin (2002-2010)
Ashton Kutcher (2012-presente)
Festival de Veneza
Melhor atriz revelação
2010 - Black Swan
Outros prêmios
Prêmio Saturno de melhor atriz coadjuvante em cinema
2011 - Black Swan
IMDb: (inglês)

Milena Markovna "Mila" Kunis (em ucraniano: Мілена Марківна Куніс; Chernivtsi, 14 de agosto de 1983)[1] é uma atriz, modelo e dubladora ucraniana radicada nos Estados Unidos. Conhecida por interpretar "Lily" no filme Black Swan (no Brasil, Cisne Negro) papel pelo qual que teve a sua primeira indicação para o Globo de Ouro e ganhou o Prêmio Marcello Mastroianni de Melhor Atriz Revelação no Festival de Veneza. Sua primeira importante aparição, tendo só 15 anos de idade, foi no papel de "Jackie Burkhart" na série de televisão That '70s Show . Como dubladora, se destacou pela voz de Meg Griffin na série de animação americana Family Guy.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Aos nove anos, Kunis foi matriculada por seu pai em aulas de teatro depois da escola nos Estúdios Beverly Hills, onde conheceu Susan Curtis, que se tornaria sua gerente. Em sua primeira audição ela conseguiu o papel para um comercial. Pouco depois, ela fez um comercial para a linha de produtos de Lisa Frank. Seus primeiros papéis televisivos tiveram lugar em 1994, primeiro aparecendo em Days Of Our Lives do canal NBC, e alguns meses mais tarde, fazendo sua primeira de duas aparições em Baywatch. Ela teve um papel secundário no 7th Heaven e papéis de apoio em Santa with Muscles, Honey, We Shrunk Ourselves e o filme de Angelina Jolie, Gia, como a jovem Gia Carangi.

Com 10 anos de idade, Kunis fez uma audição mas não conseguiu começar o papel da menina judaica que se muda a América no filme Make a Wish, Molly. Em vez disso, ela foi colocada no papel secundário de uma menina mexicana. Em 1998, Kunis foi elenco como Jackie Burkhart na sitcom Fox That '70s Show. Todos que fizeram testes eram requeridos ser pelo menos 18 anos velho; Kunis, que tinha 14 anos na época, disse aos diretores de elenco que ela tinha 18 anos. Embora eles eventualmente descobriram que ela havia mentido, os produtores ainda pensavam Kunis foi o melhor ajuste para o papel. Esse show dos anos 70 funcionou por oito temporadas. Ganhou dois prêmios consecutivos da estrela nova e a mais melhor atriz nova em uma série da tevê da comédia em 1999 e em 2000 para suas actuações

Mila Kunis em 2009, no painel de Family Guy na Comic-Con.

Em 1999, Kunis substituiu Lacey Chabert no papel de Meg Griffin no sitcom animado Family Guy, criado por Seth MacFarlane para a Fox. Kunis ganhou o papel após audições e uma reescritura ligeira do personagem, em parte devido ao seu desempenho na That '70s Show. Quando Kunis fez o teste para o papel, ela foi chamada de volta por MacFarlane, que a instruiu a falar mais devagar. Ele então lhe disse para voltar outra vez e enunciar mais. Uma vez que ela alegou que ela tinha sob controle, MacFarlane contratou ela. MacFarlane acrescentou: "O que Mila Kunis trouxe para ela foi um monte de maneiras, eu pensei, quase mais certo para o personagem. Eu digo que Lacey fez um trabalho fenomenal, mas havia algo sobre Mila - algo muito natural sobre Mila. Uma menina de 15 anos, ela tinha 15 anos. Muito natural qualidade para Meg que realmente fez o que fizemos com esse tipo de trabalho realmente. "Kunis foi nomeado para um Annie Award na categoria de Voz Agindo em uma Produção de Televisão Animada em 2007. Ela também expressou Meg no Family Guy Video Game! Kunis descreveu seu personagem como "o bode expiatório".

Kunis começou a atuar ainda bem jovem, estreando aos doze anos na refilmagem para a TV de Piranha (1995), numa produção de Roger Corman. Prosseguiu com outros papéis pequenos, na comédia Honey, We Shrunk Ourselves (1997), feita para o mercado de vídeo, numa participação não-creditada no thriller de terror Milo - O Anjo do Mal (1997) e desempenhou o papel da super-modelo Gia Marie Carangi na pré-adolescência, no premiado tele-filme Gia (1998), o qual teve a partipação de Angelina Jolie.

Porém, a fama apenas chegou em 1998, graças ao papel da adorável e irritante Jackie Burkhart na série cómica That '70s Show, que terminou em 2006. Até então um dos seus raros papéis fora da televisão foi como Rachel Newman, a aprendiz de um serial killer em American Psycho II: All American Girl (2002), lançado directamente em DVD. Mila também ficou conhecida como a voz da personagem Meg Griffin na série de animação americana Family Guy. Em 2002 atuou pelo clip da banda Aerosmith a música " Jaded "

A sua carreira no início no cinema foi discreta. Kunis apareceu em diversos filmes mal recebidos pela crítica e pelo público, como foi o caso de Volta Por Cima (2001), Tony n' Tina's Wedding (2004) e After Sex (2007). A sua primeira produção de destaque foi a comédia Ressaca de Amor (2008), co-produzida por Judd Apatow. Kunis também pode ser vista em papéis secundários, como é o caso de O Livro de Eli (2010) e de Uma Noite Fora de Série (2010).

O grande salto do seu percurso vem com a atuação no drama sombrio Cisne Negro (2010), onde interpreta a própria personificação do "Cisne Negro". Pelo papel foi indicada ao Globo de Ouro e o Festival de Veneza.[2][3] Esta produção abriu as portas para projetos muito maiores, como a comédia romântica Amizade Colorida (2011), a comédia Ted (2012) e a aventura Oz: Mágico e Poderoso (2013).[4]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Título em português Papel
1995 Make a Wish, Molly br/pt:Make a Wish, Molly Melinda
Piranha br/pt: Piranha Susie Grogan
1996 Santa with Muscles br: Herói por Engano Sarah
1997 Honey, We Shrunk Ourselves br: Querida, Encolhi a Gente
pt: Querida, Encolhemos!
Jill
1998 Gia br: Gia - Fama e Destruição Gia (criança)
Krippendorf's Tribe br: A Tribo dos Krippendorf Abbey Tournquist
Milo br: Milo - O Anjo do Mal Martice
2001 Get Over It br: Volta Por Cima
pt: Esquece... e Siga'
Basin
2002 American Psycho 2 br: Psicopata Americano II
pt: American Psycho II: Olhos Mortais
Rachael
2004 Tony n' Tina's Wedding br: br: Tony n' Tina's Wedding Tina
2005 Tom Cool br: Tom Cool Little Boy Matson
2007 After Sex br: Depois do Sexo Nikki
Moving McAllister br: Fazendo Média Michelle
Boot Camp br: A Ilha: Uma Prisão Sem Grades
pt: O Campo do Medo
Sophie
2008 Forgetting Sarah Marshall br: Ressaca de Amor
pt: Um Belo Par... de Patins
Rachel Jansen
Max Payne pt: Max Payne Mona Sax
2009 Extract br: Maré de Azar Cindy
2010 The Book of Eli br/pt: O Livro de Eli Solara
Black Swan br/pt: Cisne Negro Lily
Date Night br: Uma Noite Fora de Série
pt: Uma Noite Atribulada
Whippit
2011 Friends With Benefits br: Amizade Colorida
pt: Amigos Coloridos
Jamie
2012 Ted br: O Ursinho Ted Lori
The Color of Time br: Tar Catherine
2013 Oz: The Great and Powerful br: Oz: Mágico e Poderoso Theodora
2014 Angriest Man in Brooklyn br: O que fazer? Dr. Sharon Gill
2015 Jupiter Ascending br: O Destino de Júpiter Jupiter Jones
Third Person br: Terceira pessoa Julia
2016 Bad Moms br: Perfeita é a Mãe Amy Mitchell

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1994 Baywatch Anne Bonnie 1994 - 1995
1995 The John Larroquette Show Oficial Randy Willitz 1 episódio
Hudson Street Devon 1 episódio
1996 Unhappily Ever After Chloe 1 episódio
Nick Freno: Licensed Teacher Anna-Maria Del Bono 1996 - 1997
7th Heaven Ashley 4 episódios
1997 Walker, Texas Ranger Pepper 1 episódio
1998 Pensacola: Wings of Gold Jessie Kerwood 1 episódio
That '70s Show Jackie Burkhart 1998 - 2006
1999 Family Guy Meg Griffin (voz) 1999 - presente
2002 Get Real Taylor Vaughn 2 episódios
MADtv Daisy 1 episódio
2004 Grounded for Life Lana 2 episódios
2005 Robot Chicken Vários (voz)
2005 - 2008 Punk´d
2009 The Cleveland show
2010 The Late Late Show with Craig Ferguson
2011 Sesame Street
Night of the Hurricane
Good Vibes
2014 Two and a half men Vivian 1 episódio


Videogames[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2006 Saints Row Tanya Winters (voz)
2006 Family Guy Video Game! Meg Griffin (voz)
2012 Max Payne 3 Mona Sax

Videoclips[editar | editar código-fonte]

Ano Música Artista
1999 "In the Street" Cheap Trick
2000 "Itch, TheThe Itch" Vitamin C
2001 "Rock and Roll All Nite" Kiss
2001 "Jaded" Aerosmith
2003 "End Has No End, TheThe End Has No End" The Strokes
2008 "LA Girls" Mams Taylor featuring Joel Madden

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Kunis em 2011.


Globo de Ouro Golden Globe icon.svg
Ano Categoria Filme Resultado
2011 Melhor atriz coadjuvante/secundária Black Swan Indicado
Festival de Veneza
Ano Categoria Filme Resultado
2010 Melhor atriz revelação Black Swan Venceu
SAG Awards (Screen Actors Guild Awards)
Ano Categoria Filme Resultado
2011 Melhor atriz coadjuvante em cinema Black Swan Indicado
Melhor elenco no cinema Indicado
Annie Award
Ano Categoria Filme Resultado
2007 Melhor voz em animação para TV Family Guy Indicado
Saturn Award
Ano Categoria Filme Resultado
2011 Melhor atriz coadjuvante Black Swan Venceu
Critics' Choice Award
Ano Categoria Filme Resultado
2011 Melhor atriz coadjuvante Black Swan Indicado
2013 Melhor atriz em Comédia Ted Indicado

Referências

  1. Armstrong, Derek. «Mila Kunis; Alternate Name: Milena Markovna Kunis». AllMovie/Rovi via The New York Times. Consultado em 23 de julho de 2012. Cópia arquivada em 7 de outubro de 2013 
  2. Applebaum, Stephen (28 de julho de 2012). «Mila Kunis – The black swan who spread her wings». The Independent. London. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2013 
  3. Ditzian, Eric (30 de agosto de 2010). «Black Swan Director on Ballet». MTV. Consultado em 30 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2010 
  4. «The 37th Annual Saturn Award Winners». Saturnawards.org. 23 de junho de 2011. Consultado em 23 de junho de 2011. Cópia arquivada em 26 de maio de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.