Milk (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Milk
Milk (PT)
Milk: A Voz da Igualdade (BR)
Pôster de divulgação
 Estados Unidos
2008 •  cor •  128 min 
Direção Gus Van Sant
Produção Dan Jinks
Bruce Cohen
Roteiro Dustin Lance Black
Elenco Sean Penn
Emile Hirsch
Josh Brolin
Diego Luna
Alison Pill
Victor Garber
James Franco
Género Drama
Música Danny Elfman
Cinematografia Harris Savides
Edição Elliot Graham
Companhia(s) produtora(s) Focus Features
Jinks/Cohen Productions
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Portugal 29 de Janeiro de 2009
Estados Unidos 30 de Janeiro de 2009
Brasil 20 de fevereiro de 2009
Idioma Inglês
Orçamento US$ 20.000.000
Receita US$ 54.501.383
Página no IMDb (em inglês)

Milk é um filme estaduniense de 2008, dirigido por Gus Van Sant e baseado na vida do político e ativista gay Harvey Milk, que foi o primeiro homossexual declarado a ser eleito para um cargo público na Califórnia, como membro da Câmara de Supervisores de São Francisco.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Milk, um cara carismático e bem-humorado, muda-se de Nova Iorque para São Francisco em 1972, onde planejava com o namorado abrir uma loja de fotografia na rua Castro, onde à época os gays não eram bem recebidos. Milk resiste e em pouco tempo todo o bairro Castro torna-se referência na luta pelos direitos dos homossexuais.

A luta de Milk o transformou em um líder político, comandando campanhas nacionais pelos direitos dos gays, recebendo inclusive apoios conservadores, como do então aspirante à presidência Ronald Reagan.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Milk tem ampla aclamação por parte da crítica especializada. Com tomatometer de 94% em base de 227 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: “Ancorado pelo desempenho poderoso de Sean Penn, Milk é um conto triunfante do primeiro homem abertamente gay da América eleito para um cargo público”. Tem 89% de aprovação por parte da audiência, usada para calcular a recepção do público a partir de votos dos usuários do site.[2] Por comparação no Metacritic tem 84% de metascore em base de 39 avaliações profissionais.[3]

Produção[editar | editar código-fonte]

Rua Castro, local retratado no filme.

Em 1991, Oliver Stone cogitou produzir, mas não dirigir, um filme sobre a vida de Milk; ele chegou a escrever um roteiro para o longa-metragem, o qual se chamaria The Mayor of Castro Street ("O Prefeito da Rua Castro", em Português), baseado no livro homônimo de Randy Shilts. Porém, em julho de 1992, o diretor Gus Van Sant foi quem acabou acertando com a Warner Bros. para dirigir a cinebiografia de Harvey Milk com o ator Robin Williams no papel principal. Em abril de 1993, Van Sant desfez o acordo com o estúdio, alegando diferenças de criatividade.[4] Outros atores cogitados para o papel de Milk na época foram Richard Gere, Daniel Day-Lewis and James Woods. Já em abril de 2007, Gus foi solicitado para dirigir o filme baseado no roteiro de Dustin Lance Black, sendo que, ao mesmo tempo, o diretor Bryan Singer estava finalmente desenvolvendo The Mayor of Castro Street.[5] Em setembro do mesmo ano, Sean Penn foi convocado para o papel de Harvey Milk e Matt Damon para o papel de Dan White.[6] Damon retirou-se cedo do projeto devido à incompatibilidade de agenda. Em novembro, a Focus Features deu continuidade com a produção de Van Sant, enquanto o projeto de Singer enfrentava conflitos com os roteiristas.[7] Em dezembro, os atores Josh Brolin, Emile Hirsch, Alison Pill, e James Franco entraram oficialmente para o elenco de Gus e Milk começou a ser filmado em São Francisco em janeiro de 2008.

Oscar[editar | editar código-fonte]

O filme foi indicado ao Oscar de 2009 em 8 categorias: Melhor filme, melhor diretor, melhor ator (Sean Penn), melhor ator coadjuvante (Josh Brolin), roteiro original, trilha sonora original, figurino e edição de imagem. Venceu a estatueta de melhor ator e de melhor roteiro original.[8]

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Marco Ribeiro, pastor evangélico brasileiro, que costuma ser o dublador de Sean Penn no Brasil, não aceitou fazer esse trabalho nesse filme. Depois de dublá-lo em 21 Gramas e A Grande Ilusão, Ribeiro recusou o convite "Não me sentia à vontade para fazer o filme'"[9]

Marlene Costa, a diretora da dublagem, decidiu de sustituir Ribeiro com Alexandre Moreno. [10]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Inicialmente seria Matt Damon o intérprete de Dan White, mas teve que desistir do personagem devido a conflitos de agenda com as filmagens de Green Zone (2009).
  • As filmagens ocorreram entre 21 de janeiro e 19 de março de 2008.
  • A transformação sofrida por Sean Penn para interpretar Harvey Milk incluiu o uso de dentes e nariz protéticos, lentes de contato e um novo visual de cabelo.
  • O verdadeiro Cleve Jones participa em uma pequena ponta, interpretando Don Amador.
  • O apartamento usado para as filmagens foi o local onde Harvey Milk viveu em San Francisco.
  • Centenas de pessoas aceitaram trabalhar gratuitamente como extras no filme.
  • O orçamento de Milk - A Voz da Igualdade foi de US$ 15 milhões.[11]

Referências

  1. BARBOSA, Neusa (19 de fevereiro de 2009). «Milk - A Voz da Igualdade». Cineweb. Consultado em 6 de março de 2009 
  2. «Milk» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 20 de abril de 2014 
  3. «Milk» (em inglês). Metacritic. Consultado em 20 de abril de 2014 
  4. ELLER, Claudia (19 de abril de 1993). «Van Sant off of 'Castro St.'». Variety (em inglês). Consultado em 6 de março de 2009 
  5. HESSEL, Marcelo (1 de julho de 2007). «Bryan Singer pode assumir outro filme antes de voltar a Superman». Omelete. Consultado em 26 de fevereiro de 2009 
  6. HESSEL, Marcelo (11 de novembro de 2007). «Sean Penn gay e Matt Damon homofóbico em filme de Gus van Sant». Omelete. Consultado em 26 de fevereiro de 2009 
  7. GARRET, Diane (18 de novembro de 2007). «Van Sant's 'Milk' pours first». Variety (em inglês). Consultado em 6 de março de 2009 
  8. «Oscar 2009». UOL Cinema. 22 de fevereiro de 2009. Consultado em 6 de março de 2009 
  9. MARTÍ, Silas, in Dublador de Sean Penn se recusa a dar voz a papel gay do ator no filme "Milk", Folha de S. Paulo, Ilustrada, edição de 23 de fevereiro de 2009. Fragmento disponível em Folha Online.
  10. https://noticias.gospelmais.com.br/dublador-de-sean-penn-nao-aceitou-dubla-lo-em-filme-homossexual.html
  11. Curiosidades sobre o filme

Ligações externas[editar | editar código-fonte]