Mimus polyglottos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiacotovia do norte
Mimus polyglottos adult 02 cropped.jpg
Northern mockingbird (Mimus polyglottos orpheus) Cu.JPG
Estado de conservação
LC [1] (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Mimidae
Género: Mimus
Espécie: M. polyglottos
Nome binomial
Mimus polyglottos
(Linnaeus, 1758)

A cotovia do norte (Mimus polyglottos) é o única cotovia comumente encontrado na América do Norte. Este pássaro é principalmente um residente permanente, mas as cotovias do norte podem se mover para o sul durante o clima severo. Esta espécie raramente foi observada na Europa.

A cotovia do norte é um onívora, comendo insetos e frutas. É freqüentemente encontrado em áreas abertas e bordas da floresta, mas forrageia em áreas gramadas.[2]

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

O zoólogo sueco Carl Linnaeus descreveu pela primeira vez esta espécie em seu Systema Naturae em 1758 como Turdus polyglottos.[3]

Subespécies[editar | editar código-fonte]

Existem três subespécies reconhecidas para o pássaro imitador do norte.[4][5]

  • M. p. polyglottos (Linnaeus, 1758)[4][5]
  • M. p. leucopterus 'cotovia ocidental' (Vigors, 1839)[4][5]
  • M. p. orpheus (Linnaeus, 1758)[5]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A cotovia do norte é um mímico de tamanho médio que tem pernas e cauda longas.[6] Machos e fêmeas são parecidos.[7] A duração da vida da cotovia do norte é de até 8 anos, mas as aves em cativeiro podem viver até 20 anos.[8] As cotovias do norte defendem agressivamente seus ninhos e áreas adjacentes contra outros pássaros e animais. Quando um predador é persistente, pássaros de territórios vizinhos podem ser convocados através de chamados distintos para se juntar à defesa. Outros pássaros podem se reunir para assistir enquanto os pássaros expulsam do intruso. Além de perseguir gatos e cães domésticos que consideram uma ameaça, a cotovia do norte às vezes têm como alvo os seres humanos. Os pássaros são ousados e atacam pássaros muito maiores, até mesmo os falcões.[6]

Na cultura[editar | editar código-fonte]

Este pássaro aparece no título e na metáfora central do romance To Kill a Mockingbird, de Harper Lee.[9]

Referências

  1. BirdLife International (2017). Mimus polyglottos (versão alterada da avaliação de 2016). The IUCN Red List of Threatened Species 2017. doi:10.2305/IUCN.UK.2017-1.RLTS.T22711026A111233524.en
  2. «Northern Mockingbird». All About Birds 
  3. Linnaeus, C (1758). Systema naturae per regna tria naturae, secundum classes, ordines, genera, species, cum characteribus, differentiis, synonymis, locis. Tomus I. Editio decima, reformata. (em latim). [S.l.]: Holmiae. (Laurentii Salvii). p. 169. T. obscure cinereus, subtus pallide cinereus, macula alarum albida 
  4. a b c Brewer, D. (2001). Wrens, Dippers and Thrashers. London: Christopher Helm. pp. 231–232. ISBN 978-1-8734-0395-2 
  5. a b c d «Northern Mockingbird (Mimus polyglottos. Handbook of the Birds of the World. Internet Bird Collection 
  6. a b Breitmeyer, E. (2007). «Mimus Polyglottos». Animal Diversity Web. University of Michigan Museum of Zoology 
  7. «Northern Mockingbird – Mimus polyglottos». Nature Works 
  8. «Northern Mockingbird». Wildlife. National Wildlife Federation 
  9. Lee, H. (1960). To Kill a Mockingbird 50th Anniversary (2010) ed. [S.l.]: HarperCollins. p. 148. ISBN 978-0-06-174352-8 
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.