Minas Novas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Minas Novas
"Cidade Mãe do Nordeste Mineiro"
Visão panorâmica da cidade no periodo noturno

Visão panorâmica da cidade no periodo noturno
Bandeira de Minas Novas
Brasão de Minas Novas
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 2 de outubro
Fundação 02 de outubro de 1730 (287 anos)
Gentílico minas-novense [1]
Prefeito(a) Aécio Guedes Soares (PRB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Minas Novas
Localização de Minas Novas em Minas Gerais
Minas Novas está localizado em: Brasil
Minas Novas
Localização de Minas Novas no Brasil
17° 13' 08" S 42° 35' 24" O17° 13' 08" S 42° 35' 24" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Jequitinhonha IBGE/2008[2]
Microrregião Capelinha IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Capelinha, Chapada do Norte, Leme do Prado, Novo Cruzeiro, Setubinha, Turmalina Virgem da Lapa e Angelândia
Distância até a capital 512 km
Características geográficas
Área 1 810,772 km² [3]
População 30 803 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 17,01 hab./km²
Altitude 514 m
Clima Tropical com estação seca Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,633 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 120 371,048 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 814,40 IBGE/2008[6]
Página oficial
Prefeitura www.minasnovas.mg.gov.br

Minas Novas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais que se localiza no Alto Jequitinhonha. De acordo com o censo realizado pelo IBGE em 2010, sua população é de 30.803 habitantes.

Minas Novas tem o 8º maior PIB do Jequitinhonha, com um grande potencial de desenvolvimento.

História[editar | editar código-fonte]

O município de Minas Novas, que no início de sua história foi denominado de Arraial das Lavras Novas dos Campos de São Pedro do Fanado, foi descoberto e fundado, pelo bandeirante paulista Sebastião Leme do Prado.[7]. Ele veio à procura de ouro, encontrado em abundância no arraial. Deixando a região do Rio Manso próximo a Diamantina, devido a uma epidemia e também procurando o rio Araçuaí e o rio Itamarandiba, Sebastião Leme do Prado, juntamente com outros paulistas, vieram a encontrar o rio Fanado por erro de rota e mais tarde o ribeirão Bom Sucesso.

A notícia do ouro correu o sertão e em pouco tempo havia se formado na região um povoado. O povoado foi elevado à condição de vila no dia 2 de outubro de 1730, recebendo o nome Vila de Nossa Senhora do Bom Sucesso das Minas Novas da Contagem (obelisco próximo ao Funchal, marca o local).

Criada como arraial da Vila do Príncipe (hoje município do Serro), Minas Novas passou a pertencer ao território baiano até 28 de setembro de 1760. Passou novamente a integrar a capitania de Minas Gerais, sob a jurisdição do Ouvidor da Comarca do Serro Frio, mas permanecendo eclesiasticamente ligada à Diocese de Jacobina, da Bahia. Pela provincial de 9 de março de 1840, foi elevada a categoria de município com o nome de Minas Novas.

Foi o maior município do Estado de Minas Gerais. Do antigo município foram criados 65 dos 853 municípios mineiros de hoje.

Podemos citar alguns:

Alto Jequitinhonha: Diamantina, Capelinha, Turmalina, Leme do Prado, Carbonita, Angelândia, Aricanduva

Médio Jequitinhonha: Chapada do Norte, Berilo (Minas Gerais), Virgem da Lapa, Araçuaí, Itinga, Novo Cruzeiro, Padre Paraíso, Ponto dos Volantes, entre outros.

Baixo Jequitinhonha: Almenara,Bandeira, Divisópolis, Felisburgo, Jacinto, Jequitinhonha, Joaíma, Jordânia, Mata Verde, Monte Formoso, Palmópolis, Rio do Prado, Rubim, Salto da Divisa, Santa Maria do Salto, Santo Antônio do Jacinto, entre outros.

Jequitinhonha Semi-Árido: Cachoeira de Pajeú, Comercinho, Itaobim, Medina, Pedra Azul, Salinas, Taiobeiras entre outros.

Vale do Mucuri: Teófilo Otoni, Carlos Chagas (Minas Gerais), Nanuque, Águas Formosas, Machacalis, entre outros.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Faz parte da região do Vale do Jequitinhonha, Sua população estimada em 2004 era de 31.203 habitantes.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

  • RIO FANADO:É o principal rio que banha a cidade sendo responsável pela alimentação da cidade,juntamente com seus afluentes.
  • RIO CAPIVARI:Rio que nasce dentro do município.
  • RIO ARAÇUAI: Rio que banha o município a oeste e recebe as águas do Rio Fanado.
  • RIO SETUBAL: Rio que corta o município a leste e deságua no Rio Araçuai.
  • RIO BONSUCESSO:Não é basicamente um rio assim define os acadêmicos, mas popularmente leva o título de rio.
  • RIBEIRÃO DOS SANTOS, RIBEIRÃO DOS INDIOS, E OUTROS.

Clima[editar | editar código-fonte]

Dados climatológicos para Minas Novas
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 30,9 31,5 31,6 30,2 28,6 27,5 27,1 29,1 30,1 30,3 29,9 29,8 29,7
Temperatura média (°C) 24 24,3 24 22,8 20,5 19,1 19 20,2 22,2 23,2 23,4 23,4 22,2
Temperatura mínima média (°C) 18,8 18,9 18,6 17,3 14,5 12,5 12,4 12,7 15,4 17,9 18,7 18,8 16,4
Precipitação (mm) 171,2 92,2 95,2 40,4 14,6 1,8 5,1 6,1 21,8 135,5 178,4 198,9 961,2
Dias com chuva 10 6 6 4 2 1 2 1 2 9 11 12 66
Umidade relativa (%) 75,4 73,5 72,8 73,5 73 72 69,5 62,8 59,8 69,6 75 77,6 71,2
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET)[8]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Com quase 300 anos de história, Minas Novas tem história para contar. Uma das atrações é igreja histórica Nossa Senhora do Amparo. Em fevereiro de 2010, a igreja foi reaberta após um trabalho de restauração que durou 1 ano e meio. Antes das intervenções, o teto da igreja estava todo pintado de verde, o que escondia pinturas do século XVIII.[9]

Outras atrações são a Festa de Nossa Senhora do Rosário e o carnaval, um dos melhores de Minas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Minas Novas». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 18 de janeiro de 2015 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Minas Novas, MG». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 1 de janeiro de 2017 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. Dicionário Histórico Geográfico de Minas Gerais, Waldemar de Almeida Barbosa, Ed. Itatiaia)
  8. «Minas Novas» 
  9. «Restauração de igrejas históricas - Blog da Agência Minas, 19 de fevereiro de 2010» 🔗. Consultado em 2 de março de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.