Mind da Gap

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mind da Gap
Ace, dos Mind da Gap, em 2007, durante um espetáculo ao vivo
Informação geral
Origem Porto
País Portugal Portugal
Gênero(s) hip hop, rap
Período em atividade 1993 - 2016
Gravadora(s) NorteSul
Meifumado
Integrantes Ace, Presto e Serial
Disambig grey.svg Nota: Se procura o aviso usado no Metro de Londres, veja Mind the Gap.

Os Mind da Gap foram um grupo de hip-hop do Porto constituída por três elementos: Ace, Presto (rappers) e Serial (produtor).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começaram em 1993, ainda como Da Wreckas. Em 1994, gravam a sua primeira maquete como Mind da Gap e causam desde logo grande impacto no meio, chegando ao primeiro lugar do top de ouvintes do programa Rapto, de José Mariño, com o tema “Piu-Piu-Piu”.

Assinam contrato com a Nortesul e gravam o seu EP de estreia, que é editado no início de 1995. Em 1996, lançam o EP Flexogravity em conjunto com os Blind Zero.

A sua estreia com álbum aconteceu em 1997, com Sem Cerimónias, e foi sem dúvida um momento importante para o Hip Hop português, na altura ainda na fase inicial.

Em 2000, é lançado o álbum A Verdade e, mais uma vez, os Mind da Gap crescem e inovam.

Com 2002, chega Suspeitos do Costume, álbum que alcança o galardão de disco de prata, um feito pioneiro no Hip Hop português.

Em 2006, depois de quatro anos de sucesso "na estrada”, os MDG lançam o álbum Edição Ilimitada e são consequentemente nomeados para a categoria Best Portuguese Act, dos MTV Europe Music Awards desse ano, acabando por perder o prémio para a banda Moonspell.

Em 2007, lançam a compilação Matéria Prima (1997-2007), que conta com temas dos seus quatro álbuns incluindo e temasinéditos. O grupo fez a apresentação do disco nas FNAC de Braga, grande Porto e grande Lisboa.

Em 2010, os Mind da Gap lançam o álbum A Essência [1][2], que contou com os singles "A Essência", "Não Pára" (com Valete) e "Sintonia".

Em 2012, foi a vez do álbum Regresso Ao Futuro, do qual foram extraídos os singles "O Jardim" e "És Onde Quero Estar (com Sam The Kid).

Em 2016, o produtor Serial abandonou o projeto, o que levou ao fim dos Mind da Gap enquanto grupo.[3][4]

Imprensa[editar | editar código-fonte]

“Há pérolas no disco, que evidenciam o lugar de destaque ocupado por Serial na produção hip-hop nacional… Edição Ilimitada é um disco globalmente bem disposto, filtrado por um instrumental de luxo que é uma maravilha hiper tecnológica” – Público (Y)

Edição Ilimitada, o melhor álbum dos Mind Da Gap, é um álbum hi-tec, desmesurado, depurado, pop…” - Blitz

“Os MDG ganham taça Ibérica por muitos pontos e estão na frente do hip hop Europeu.” - Alabama (Espanha)

“MDG têm um álbum de um grande standard de qualidade, com poderosas e contundentes rimas (alguém disse que o português não é musical?). Sem Cerimónias é um exemplo comparável a qualquer artista do ‘outro lado do oceano’... façam um favor: comprem-no já.” - On The Rocks (Espanha)

“Um dos mais ambiciosos e excitantes discos dos ultimos tempos. Os MDG conseguem chegar à verdadeira essencia do hip hop e ficar com o seu melhor. Não existem dúvidas... os MDG só podem ser comparados com os melhores" - Mondo Sonoro (Espanha)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título
1995 Mind da Gap
1996 Flexogravity
1997 Sem Cerimónias
2000 A Verdade
2002 Suspeitos do Costume
2006 Edição Ilimitada
2008 Matéria Prima (1997-2007)
2010 A Essência
2012 Regresso ao Futuro

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Antena 3 Ouve a nova canção dos Mind Da Gap
  2. Antena 3 Vídeo: "A Essência"
  3. Silva, Estela (7 de dezembro de 2016). «Mind Da Gap anunciam fim de carreira depois de mais de 20 anos na música». Observador. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  4. «Mind Da Gap anunciam fim... mas um dos membros não sabia». Sapo Mag. 8 de dezembro de 2016. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
Portal A Wikipédia possui o
Portal do Hip Hop
Flag of Portugal.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.