Mineraloide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Maio de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Braceletes pré-históricos feitos em azeviche.

Mineralóide é a designação dada a materiais de origem geológica que apresentem características semelhantes às dos minerais, mas não sejam cristalinos ou, quando o sejam, não tenham uma composição química suficientemente uniforme para poderem ser considerados com um mineral específico.[1] Substâncias produzidas pelo homem ou qualquer outro ser vivo que tenham características de minerais também são chamadas mineralóides, como o gelo que criamos em geladeiras ou a concha de um molusco, por exemplo.

Entre os mineralóides encontram-se substâncias de interesse económico e gemológico, como a obsidiana (que por ser um vidro e não um cristal não é um mineral), o azeviche (que na realidade é uma forma densa de carvão) e a opala (devido à sua natureza não cristalina). O mesmo acontece com o âmbar, uma substância orgânica não cristalina de origem geológica.

As pérolas são por vezes consideradas como um mineral, devido à presença de cristais de carbonato de cálcio na sua estrutura, mas são melhor classificadas como um mineralóide, devido à sua origem biológica sem transformação geológica e por conterem um ligante orgânico que lhes dá uma composição química não uniforme.

Referências

  1. mineraloide in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-01-07 21:42:19]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$mineraloide