Minha Mãe (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Minha Mãe"
Canção de Djavan
do álbum Djavan
Lançamento 1978
Gênero(s) MPB, regional, cancioneiro contemporâneo
Duração 03:45
Gravadora(s) Somlivre
Letra Djavan
Composição Djavan
Faixas de Djavan
"Numa Esquina de Hanói"
(4)
"Alagoas"
(6)

Minha Mãe é uma composição do cantor e músico Djavan feita para seu segundo álbum de estúdio. Na canção Djavan interpreta a mãe grávida: "E eu de esperar/Tava morta/Com jeito de agonia {…} A disfarçar a barriga/Dos risos da fantasia"[1] A canção foi a primeira composição do cantor, onde no eu-lírico Djavan interpreta uma mulher.

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

[2]

  • Acordeon: Dominguinhos
  • Baixo elétrico: Luizão Maria
  • Percussão: Djavan; Hermes Contesini; Marku Ribas; Paulinho Braga
  • Piano elétrico: Gilson Peranzzetta
  • Regência: Dori Caymmi
  • Spalla: Giancarlo Pareschi
  • Viola de arco: Arlindo Figuereido Penteado; Frederick Stephany; Maurício S. Loures; Nathercia Teixeira da Silva
  • Violão: Djavan
  • Violino: Adolpho Pissarenko; Alfredo Vidal; Andrea Bueno Salinas; Carlos Eduardo Hack; Cesar Augusto Miranda; Jorge Faini; Jorge Kundert Ranevsky (Iura); José Alves da Silva; José Dias de Lana; Salvador Piersanti; Walter Hack
  • Violoncelo: Atelisa de Salles; Iberê Gomes Grosso; Márcio Eymard Mallard

Referências