Minho Campus Party

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão deste artigo ou se(c)ção.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2014).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Minho Campus Party (MCP) foi uma LAN party, realizada em Portugal na província do Minho, sendo a maior e a primeira destas dimensões realizada neste país.

Tenta abranger todas as áreas da informática, sejam jogos, multimédia, Linux, segurança, mobilidade e telecomunicações entre outras, maioria dos participantes são da área de jogos, embora maioria não participe tanto para jogar mas sim para leeching.

História[editar | editar código-fonte]

Bandeira portuguesa numa das mesas na edição de 2004.

As lan party's têm a sua origem no norte da Europa, onde são frequentes, e a sua tradição remonta há mais de 10 anos atrás. Podemos classificar as party's em dois grandes tipos: as Demo Party e as LAN Party. O que as distingue é a existência ou não de rede.

Este evento é uma manifestação evidente do novos caminhos da cultura juvenil neste milénio: jovens unidos pelo seu interesse pelos computadores, provenientes de qualquer lado do mundo, partilhando uma mesma paixão e um mesmo futuro, desenvolvendo um convívio salutar e ao mesmo tempo fortalecendo a sua preparação para os desafios que se lhes deparam no século XXI.

Em Portugal, a AIMinho (http://www.aiminho.pt) foi a precursora nesta área. Com a colaboração de várias entidades, entre as quais a Universidade do Minho, realizou quatro edições da Minho Campus Party, sempre com grande sucesso e notoriedade. O grande objectivo foi afirmar o Minho como uma Região moderna e de grandes eventos tecnológicos.

Na primeira Minho Campus Party, em Braga, e na primeira LAN party que se realizou em Portugal, estiveram presentes mais de três centenas de jovens ascendendo na segunda edição em Guimarães a mais de 700 pessoas.

Uma homenagem[editar | editar código-fonte]

Embora organizada e suportada financeiramente pela AIMinho (http://www.aiminho.pt), a ideia de trazer para Portugal, e em especial para o Minho, um evento deste tipo deve-se ao Professor Altamiro Machado, então director do Departamento de Sistemas de Informação (DSI) da Escola de Engenharia da Universidade do Minho.

O Professor Altamiro Machado procurou para a ideia apoios e suporte institucional e desenvolveu os primeiros contactos com a equipa do evento espanhol. Foi ainda por iniciativa sua que um grupo de cerca de quarenta alunos do DSI se deslocou à Campus Party 2000 em Valência, com o objectivo de posteriormente ajudar a implementar a versão portuguesa do evento. Com Charles Pinto Director Tecnico da equipe Espanhola.

Altamiro Machado faleceu em finais de Março de 2001, sendo organizada no evento de 2001 uma sessão de homenagem ao professor, que teve a presença do reitor da Universidade do Minho e do Secretário de Estado da Economia, em representação do Ministro da Economia de Portugal.

Ainda hoje, as marcas Minho Campus Party e Portugal Campus Party são propriedade da AIMinho - Associação Empresarial.

Edições[editar | editar código-fonte]

Data Número participantes Local Área (m²)
2001 29 de Agosto a 2 de Setembro 300 Braga, Parque de exposições
2002 31 de Julho a 4 de Agosto 600 Guimarães, Pavilhão Multiusos
2003 30 de Julho a 3 de Agosto 1500 Viana do Castelo, Pavilhão da Associação Industrial do Minho
2004 28 de Julho a 1 de Agosto 1700 Braga, Estádio Municipal de Braga 9500

MCP2k5[editar | editar código-fonte]

O evento de 2005, projectado para 27-31 de Julho acabou por ser cancelado 3 (três) meses antes do início do evento, por falta de financiamento.

Rede[editar | editar código-fonte]

A Cisco Systems apoiou a MCP desde a sua primeira edição, montando a infra-estrutura de rede e disponibilizando o equipamento (um investimento de mais de dois milhões de dólares) necessário. A

Áreas[editar | editar código-fonte]

Os participantes muitas vezes organizam competições de jogos entre si, quando estas não existem, muitas vezes, estas acabam por serem tornadas oficiais pela organização.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Minho Campus Party

Artigos e notícias[editar | editar código-fonte]

Comunicados de imprensa[editar | editar código-fonte]