Minions (personagens)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Minions (Despicable Me))
Minions
Criado(a) por Eric Guillon
Aparições
Primeira aparição Despicable Me (2010)

Os minions (português brasileiro) ou mínimos (português europeu)[1] são uma espécie masculina de criaturas amarelas fictícias que aparecem na franquia Despicable Me (Meu Malvado Favorito no Brasil; Gru - O Maldisposto em Portugal) da Illumination. Eles são caracterizados por seu comportamento infantil e sua linguagem, que é em grande parte ininteligível.

Os Minions servem como mascotes oficiais da Illumination e também foram descritos pelo The New York Times como "ícones corporativos" para a Comcast nos anos desde a compra em 2013 da empresa-mãe da Illumination, a NBCUniversal; semelhante a Mickey Mouse para The Walt Disney Company.

Kevin, Stuart e Bob são três dos minions mais conhecidos, que aparecem como estrelas no filme Minions (2015) e sua sequência Minions: The Rise of Gru (2022). Muitos outros Minions são mencionados pelo nome nos filmes e outras mídias da franquia. Eles foram criados pelo diretor de arte Eric Guillon, que trabalhou em vários filmes da Illumination.

Características[editar | editar código-fonte]

Os Minions são criaturas pequenas e amarelas em forma de cápsulas de pílulas com óculos redondos cinza. Eles são descritos como tendo cerca de um terço a metade da altura dos humanos, mas mais tarde foi revelado que tinham 1,1 m de altura. Eles têm um ou dois olhos, e suas íris são quase sempre marrons (exceto Bob, que tem um olho verde e outro marrom). Parece não haver outra diferença entre os dois tipos além do número e cor dos olhos e sua altura. Eles não têm narizes discerníveis, mas parecem capazes de cheirar, pois são mostrados cheirando frutas e são afetados pela arma de pum do Dr. Nefário. Eles também são mostrados sem ouvidos, mas podem ouvir e responder a sons. A maioria dos Minions parece careca ou com alguns fios finos de cabelo preto em suas cabeças. Depois de deixar seu país natal, a Suíça, em favor de uma nova vida na América durante o final dos anos 1960, suas roupas consistem em macacões azuis estampados com o logotipo de Gru, luvas de borracha preta, sapatos e óculos de proteção.

Embora mostrados como um pouco distraídos e com traços muito travessos, eles também possuem habilidades de engenharia excepcionais, sendo capazes de projetar e construir naves espaciais e brinquedos para as filhas adotivas de Gru, particularmente a mais nova, Agnes. Em Minions, o longa-metragem de animação de 2015, mostra que eles existem desde o início da vida na Terra. Os minions são biologicamente programados para procurar e servir o mais terrível dos vilões; quando não têm "chefe" para servir, ficam deprimidos e apáticos.[2] Eles também são mostrados como tendo um grau de invulnerabilidade, já que Kevin, Stuart e Bob são capazes de sobreviver a uma câmara de tortura europeia sem ferimentos, mesmo brincando com os dispositivos de tortura. No curta-metragem de 2010 "Banana", os Minions revelam ter um desejo quase incontrolável por frutas, especialmente bananas.

Idioma[editar | editar código-fonte]

Os minions falam principalmente balbúcios incompreensíveis (para o público, mas compreensível para os personagens humanos nos filmes), que é parcialmente derivado de outros idiomas, incluindo francês, inglês, japonês, coreano, italiano, espanhol e alemão.[3] Embora aparentemente sem sentido, o diálogo que soa em inglês é dublado de maneira diferente para cada país (inclusive o Brasil), a fim de tornar os sons um pouco reconhecíveis.[4] Eles têm nomes comuns em inglês, como Dave (um dos primeiros minions conhecidos da franquia), Kevin, Stuart, Bob (o trio principal em Minions and Minions: The Rise of Gru), Mel (o líder dos Minions em Despicable Me 3) e Otto (o quarto minion principal em Minions: The Rise of Gru).[5][6]

Referências

  1. «Mínimos». Cinecartaz 
  2. «Exclusive: The Synopsis for Minions» (em inglês). ComingSoon.net. 18 de junho de 2013. Cópia arquivada em 21 de junho de 2013 
  3. Racoma, Bernadine. «The Minions' language is a combination of French, Spanish, English… and food references» (em inglês). Day Translations. Cópia arquivada em 5 de julho de 2018 
  4. Debruge, Peter (11 de junho de 2015). «Chris Meledandri on How the 'Minions' Came to Life». Variety (em inglês). Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2020 
  5. Ebiri, Bilge (10 de julho de 2015). «Minions Review: Hurminemina Nomnururmin Mmmumorima (Translation: 'It's Pretty Good for What It Is')» (em inglês). Vulture. Cópia arquivada em 31 de maio de 2017. A trio of Minions — Kevin, Stuart, and Bob (the Minions all have hilariously ordinary names,...) 
  6. Snetiker, Marc (19 de maio de 2017). «Despicable Me 3: Meet the mutinous new Minion». Entertainment Weekly (em inglês). Cópia arquivada em 23 de maio de 2017