Minoria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Em sociologia, o termo minoria refere-se à categoria de pessoas diferenciadas da maioria social, aquelas que se apegam a grandes cargos de poder social em uma sociedade. Pode ser definido por lei. A diferenciação pode ser baseada numa ou mais características humanas observáveis, incluindo etnia, raça, religião, deficiência, gênero, riqueza, saúde ou orientação sexual. O uso do termo é aplicado a várias situações e civilizações na história, apesar de sua popular associação com uma minoria numérica e estatística.[1] São considerados como "inferiores" na sociedade, e por tal razão, são vulneráveis em vários aspectos, incluindo em legislações.[2] Nas ciências sociais, o termo "minoria" é usado às vezes para descrever as relações de poder social entre grupos dominantes e subordinados, em vez de simplesmente indicar a variação demográfica dentro de uma população.[3]

Também pode ser compreendido como uma "inferioridade em número"[4] em diversos campos da sociedade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Barzilai, Gad (2010). Communities and Law: Politics and Cultures of Legal Identities. [S.l.]: University of Michigan Press 
  2. Paula, Carlos Eduardo Artiaga; Silva, Ana Paula da; Bittar, Cléria Maria Lôbo (dezembro de 2017). «Vulnerabilidade legislativa de grupos minoritários». Ciência & Saúde Coletiva: 3841–3848. ISSN 1413-8123. doi:10.1590/1413-812320172212.24842017. Consultado em 13 de outubro de 2021 
  3. Laurie, Timothy; Khan, Rimi (2017), «The Concept of Minority for the Study of Culture», Continuum: Journal for Media and Cultural Studies, 31 (1): 2–4 
  4. Dicionário Priberam da Língua Portuguesa Online (consultado em 31-10-2018), 2008–2013 
Wikcionário
O Wikcionário tem o verbete minoria.
Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.