Mir (servidor gráfico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o servidor gráfico. Para a estação espacial, veja Mir ou Mir (desambiguação).
Mir
Desenvolvedor Canonical Ltd.
Lançamento 2013 (planejado)[1]
Versão estável 1.0.0[2] (21 de setembro de 2018; há 13 meses)
Linguagem C++
Sistema operativo Linux
Gênero(s) Servidor gráfico
Licença GPLv3
Página oficial mir-server.io

Mir é um servidor gráfico e, recentemente, um compositor Wayland para Linux em desenvolvimento pela Canonical Ltd. Foi planejado para substituir o X Window System atualmente usado no Ubuntu, no entanto, o plano mudou e o Mutter foi adotado como parte do GNOME Shell.

História[editar | editar código-fonte]

O Mir foi anunciado pela Canonical em 4 de março de 2013.[3] Tem sido desenvolvido para facilitar o desenvolvimento do Unity 8, a próxima geração da interface de usuário Unity. No entanto, quatro anos depois, o Unity 8 foi encerrado,[4][5] embora o desenvolvimento de Mir tenha continuado para aplicativos da Internet das Coisas (IoT).

Referências

  1. «Mir Roadmap». Ubuntu Wiki. Consultado em 3 de maio de 2018. Arquivado do original em 5 de fevereiro de 2018 
  2. «Release v1.0.0». GitHub. 21 de setembro de 2018. Consultado em 30 de outubro de 2018 
  3. Joey-Elijah Sneddon (4 de março de 2013). «Ubuntu Building Own Display Server, Unity To Switch to Qt/QML». OMG! Ubuntu!. Consultado em 28 de junho de 2013 
  4. Ricardo Ferreira (5 de abril de 2017). «Ubuntu encerra suporte ao Unity 8». Linux Descomplicado. Consultado em 30 de outubro de 2018 
  5. Michael Larabel (5 de abril de 2017). «Ubuntu To Abandon Unity 8, Switch Back To GNOME». Phoronix. Consultado em 30 de outubro de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre software livre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.