Miraculous: As Aventuras de Ladybug

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Miraculous: Les Aventures de Ladybug et Chat Noir
Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir
Miraculous: As Aventuras de Ladybug (PT/BR)
Miraculous Logo.png
Logotipo oficial
Informação geral
Também conhecido(a) como
  • Miraculous
  • Miraculous Ladybug
  • Ladybug
Formato série de desenho animado
Género
Duração 22 minutos
Estado Em produção
Criador(es) Thomas Astruc
Desenvolvedor(es) Jeremy Zag
País de origem
Idioma original francês
Produção
Diretor(es)
  • Thomas Astruc
  • Christelle Abgrall (2ª temporada)[4]
  • Wilifried Pain (2ª temporada)[4]
  • Jun Violet (2ª temporada)[4]
Produtor(es)
  • Jeremy Zag
  • Aton Soumache
  • Jacqueline Tordjman (associada)
  • Maurice Marciano (associado)
Produtor(es) executivo(s)
  • Jared Wolfson
  • Pascal Boutboul
  • Sébastien Thibaudeau
  • Alexandre Lippens
  • Christophe Guignement
  • Jean-Yves Patay
  • Cédric Pilot
  • Suhoon Kim
Distribuição
  • Mediawan Thematics
  • PGS Entertainment[2]
Guionista(s) Thomas Astruc
Vozes de
  • Anouck Hautbois
  • Benjamin Bollen
  • Fanny Bloc
  • Antoine Tomé
  • Marie Nonnenmacher
  • Thierry Kazazian
Tema de abertura
França "Une Ladybug" por Marily
França "Miraculous" por Lou Jean (A partir da 2ª temporada)
Portugal "É a Ladybug" por Carla Garcia
Brasil "Sou Ladybug" por Analu Pimenta
Tema de encerramento "Une Ladybug" (instrumental)
Música Noam Kaniel
Jeremy Zag
Empresa(s) produtora(s)
  • Zagtoon
  • Method Animation
  • Toei Animation
  • SAMG Animation
  • AB Droits Audiovisuels
  • SK Broadband
  • De Agostini Editore
Exibição
Emissora original
  • TF1 (França)
  • EBS1 (Coreia do sul)
Formato de exibição 720p (HDTV)
Transmissão original França 19 de outubro de 2015 – presente
Portugal 22 de fevereiro de 2016 – presente
Brasil 7 de março de 2016 – presente
Temporadas 3
Episódios 78

Miraculous: As Aventuras de Ladybug (na França: Miraculous, les aventures de Ladybug et Chat Noir) é uma série de animação francesa, criada por Thomas Astruc, e coproduzida pelos estúdios Zagtoon, Method Animation, Toei Animation, SAMG Animation, SK Broadband, e TF1.[5][6]

A série estreou na França a 19 de outubro de 2015 no canal TF1.[7] Em Portugal, a série estreou no Disney Channel a 22 de fevereiro de 2016,[8] foi adicionada ao catálogo da Netflix a 1 de agosto do mesmo ano e estreou no dia 25 de setembro de 2017, no canal aberto RTP2 pelo bloco Zig Zag.[9][10][11][12]

No Brasil, a série estreou no canal Gloob em 7 de março de 2016[13][14] e na Rede Globo em 5 de maio de 2018, sendo exibido aos sábados à tarde depois da Sessão Comédia. Esta ficou no ar até dezembro, sendo substituído pela exibição do programa Zero1. Voltou novamente a Globo em 23 de maio de 2020 após o Jornal Hoje, ancorado por Maria Júlia Coutinho.

Em novembro de 2015, Jeremy Zag, o produtor de Miraculous: As Aventuras de Ladybug, anunciou na sua conta do Twitter que a segunda e terceira temporada já estavam em produção em conjunto.[15]

Em 2019, a Zag e o Gloob assinaram um acordo onde a empresa brasileira passará a co-produzir as próximas temporadas de Miraculous, além de contar com exclusividade de exibição no Brasil e a adição de uma personagem brasileira.[16]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

1.ª temporada[editar | editar código-fonte]

Dois estudantes do liceu, Marinette e Adrien, foram escolhidos para ser os super heróis de Paris: Ladybug e Cat Noir. Ambos possuem uma jóia, Miraculous, que os liga à sua criatura mágica (Kwamis) e lhes dá poderes.

A sua missão é evitar que Hawk Moth (quer roubar os seus Miraculous) cause destruição na cidade, ao criar super vilões muito perigosos, tudo isto, enquanto vivem as suas vidas de estudantes e mantêm a sua identidade, um segredo.

2.ª temporada[editar | editar código-fonte]

No liceu, Kagami, uma nova aluna, atrai a atenção de Adrien, algo que Marinette percebe. Mas, também Marinette conhece um rapaz que lhe atrai a atenção, o Luka.

Ela conhece também o Guardião dos Miraculous, o Mestre Fu, e descobre que existem outros Miraculous. Graças a isso, ela ocasionalmente poderá pedir ajuda a novos heróis escolhidos por ela durante algumas missões particularmente difíceis.

Quando finalmente, descobre que o Hawk Moth tem um plano terrível que está a preparar há muito tempo, Ladybug e Cat Noir contam com a ajuda dos novos heróis para derrotá-lo!

Ladybug e Cat Noir continuam a sua luta contra o seu inimigo Hawk Moth, mas surgem novos vilões!

Marinette e Adrien poderão lidar com todas essas novas emoções?

3.ª temporada[editar | editar código-fonte]

Com o passar do tempo, Marinette e Adrien acabaram por se tornar amigos. Mas rapidamente Marinette descobre que declarar os seus sentimentos a um amigo não é tão fácil, pois é quase o contrário!

Para Ladybug e Cat Noir, apesar dos novos poderes e companheiros de equipe que eles podem chamar quando a situação exigir, o confronto com Hawk Moth torna-se mais difícil. O adversário ao longo também se foi tornando mais forte, pois ele agora pode chamar Mayura, uma vilã capaz de formar aliados entre os akumatizados, os sentimonstros.

Mais poderes, mais ação, mais vilões e mais emoções! A terceira temporada de Miraculous colocará Marinette e Adrien à prova: será que eles podem proteger os seus segredos e não deixar a sua privacidade influenciar as suas aventuras de super-heróis?

4.ª temporada[editar | editar código-fonte]

Marinette agora já não é apenas Ladybug, a super-heroína que protege Paris dos super-vilões, agora ela também é a guardiã dos Miraculous. Isso não significa apenas que deve manter só a sua identidade secreta, mas também manter secreta a existência de uns seres mágicos e turbulentos, os Kwamis! Marinette para além de ter muita pressão, tem que ir à escola e lidar com as suas paixonetas! Agora ela terá menos tempo e oportunidades para declarar os seus sentimentos por Adrien...

Marinette agora redobrará os seus esforços para proteger os seus segredos e Ladybug tornar-se-á mais forte para enfrentar um adversário mais forte que nunca, o Shadow Moth, que agora pode fundir o Miraculous da Borboleta e do Pavão! Felizmente, Ladybug pode contar com Cat Noir e os seus novos aliados super-heróis!

Transmissão[editar | editar código-fonte]

1.ª temporada[editar | editar código-fonte]

A Coreia do Sul foi o primeiro país a estrear Ladybug, com o grupo de k-pop Fiestar a cantar uma versão em coreano do tema da série. Estreou a 1 de setembro de 2015 no canal EBS,[17] e exibiu 13 episódios até novembro de 2015, com repetições até fevereiro de 2016, e a segunda metade da temporada exibida a partir de 1 de março de 2016.

Já na França, a série estreou a 19 de outubro de 2015 no bloco de programação TFOU no canal TF1.[18]

A série estreou na Nickelodeon nos Estados Unidos a 6 de dezembro de 2015.[19]

No Canadá, a versão em inglês da série estreou no Family Channel a 1 de novembro de 2016,[20] já a versão francesa da série estreou a 9 de janeiro de 2016 na Tele-Québec.[21]

Na Austrália estreou a 1 de janeiro de 2016 no canal ABC[22] e estreou a série no seu canal linear ABC3 a 22 de março de 2016. No Reino Unido e na Irlanda, estreou a 30 de janeiro de 2016 no Disney Channel. Em Portugal, a série estreou no Disney Channel a 22 de fevereiro de 2016,[8] foi adicionada ao catálogo da Netflix a 1 de agosto de 2016 e estreou a 25 de setembro de 2017 no canal aberto RTP2 sendo integrante do bloco Zig Zag.[23] No Brasil, a série estreou a 7 de março de 2016 no canal Gloob.[24] Na Nova Zelândia, a série estreou a 27 de abril de 2016.[25]

2ª temporada[editar | editar código-fonte]

A segunda temporada estreou na França a 26 de outubro de 2017. Em Portugal estreou a 23 de outubro de 2017. No Brasil estreou em 3 de novembro de 2017.

3ª temporada[editar | editar código-fonte]

A terceira temporada estreou na França a 14 de abril de 2019. Em Portugal estreou a 1 de dezembro de 2018. No Brasil estreou a 15 de junho de 2019.

4ª temporada[editar | editar código-fonte]

A quarta temporada está prevista para estrear em 2021.

Episódios[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Exibição original Exibição em Portugal Exibição no Brasil
Estreia de temporada Final de temporada Estreia de temporada Final de temporada Estreia de temporada Final de temporada
1 26 19 de outubro de 2015 30 de outubro de 2016 22 de fevereiro de 2016 29 de setembro de 2016 7 de março de 2016 11 de abril de 2016
2 25 26 de outubro de 2017 18 de novembro de 2018 23 de outubro de 2017 16 de novembro de 2018 3 de novembro de 2017 30 de novembro de 2018
3 25 14 de abril de 2019 8 de dezembro de 2019 1 de dezembro de 2018 30 de maio de 2020 15 de junho de 2019 29 de novembro de 2019
4 26 2021 2021 2021

Webisódios[editar | editar código-fonte]

Temporada Webisódios Exibição original Exibição em Portugal Exibição no Brasil
Estreia de temporada Final de temporada Estreia de temporada Final de temporada Estreia de temporada Final de temporada
1 2 de outubro de 2015 13 de março de 2017 5 de maio de 2017
2 5 30 de janeiro de 2017 3 de fevereiro de 2017 30 de maio de 2017 23 de junho de 2017
3 15 Não transmitido 27 de julho de 2018 23 de março de 2019 Não transmitido
4 7 31 de agosto de 2018 26 de outubro de 2018 31 de agosto de 2018 26 de outubro de 2018 31 de agosto de 2018 31 de outubro de 2018

Personagens[editar | editar código-fonte]

Personagem Temporada
Identidade Heróis e Vilões 1 2 3
Marinette Dupain-Cheng Ladybug[nota 1]
Protagonista Principal
Adrien Agreste Chat Noir/Gato Noir/Cat Noir[nota 2]
Protagonista Principal
Gabriel Agreste Le Papillon/Falcão-Traça/Hawk Moth
Antagonista Principal
Alya Césaire Rena Rouge/Fox Rouge Co-Protagonista
Protagonista
Nino Lahiffe Carapace/Carapaça Recorrente
Protagonista
Chloé Bourgeois Queen Bee/Abelha Rainha Co-Antagonista
Protagonista
Nathalie Sancoeur Mayura Recorrente
Antagonista
Luka Couffaine Viperion Ausente Recorrente Co-Protagonista
Max Kanté Pégase/Pegasus Recorrente Co-Protagonista
Kagami/Kyoko Tsurugi Ryuko Ausente Recorrente Co-Protagonista
Lê Chiến Kim Rói Singe/Rei Macaco/Monkey King Recorrente Co-Protagonista

Referências

  1. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome ladybug la times
  2. a b «Miraculous». PGS Entertainment. Consultado em 15 de dezembro de 2015 
  3. Collins, Elle (3 de dezembro de 2015). «Teen French Heroes Ladybug & Cat Noir Arrive on Nickelodeon». Comics Alliance. Consultado em 27 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 16 de fevereiro de 2016. The influence of the Magical Girl genre is inescapable; when Marinette's mother is captured in a bubble and carried off into the sky, apparently along with every adult in Paris, Marinette transforms into Ladybug in a series of twirls and poses. She even has the guidance of some kind of talking ladybug creature, fulfilling another Magical Girl trope. 
  4. a b c Thomas_Astruc (3 May 2016). «Delighted to announce: @WinnyGZ @happyhappykuri & Jun Violet will now direct the show with me. Plz greet'em warmly!» (Tweet). Consultado em 26 de junho de 2016 – via Twitter  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Keslassy, Elsa (4 de outubro de 2010). «Duo prep S3D superhero toon» (em inglês). Variety 
  6. Keslassy, Elsa (6 de junho de 2012). «Zagtoon to produce 'Knight Five'» (em inglês). Variety 
  7. Gascoin, Patrice (18 de outubro de 2015). «Miraculous va enchanter TFou ! sur TF1». TV Magazine (em francês). Le Figaro. Consultado em 11 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2016 
  8. a b «Guia TV - 22 de Fevereiro». Público. 19 de fevereiro de 2016 
  9. «"Miraculous: As Aventuras de Ladybug" na RTP 2». Território TPA 
  10. «ZIG ZAG». www.facebook.com. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  11. Portugal, Rádio e Televisão de. «As Aventuras de Ladybug - Infantis e Juvenis - RTP». www.rtp.pt. Consultado em 16 de setembro de 2017 
  12. «ZIG ZAG». www.facebook.com. Consultado em 24 de setembro de 2017 
  13. Mesquita, Lígia (19 de julho de 2013). «Canal Gloob terá Aladin, Peter Pan e Robin Hood». Folha de S.Paulo. Consultado em 16 de agosto de 2013. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2015 
  14. Sousa, Matheus (4 de janeiro de 2016). «Miraculous: As Aventuras de Ladybug em março no Gloob». ANMTV 
  15. Mercereau, Damien (16 de março de 2016). «Miraculous : le créateur de Ladybug dévoile les secrets de sa série à succès». TV Magazine (em francês). Le Figaro 
  16. «Gloob faz parceria estratégica com ZAG no Brasil e assina coprodução das próximas temporadas de "Miraculous Ladybug"». Consultado em 17 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 17 de agosto de 2019 
  17. «공통 게시판». about.ebs.co.kr (em coreano). Consultado em 12 de fevereiro de 2018 
  18. «Miraculous va enchanter TFou ! sur TF1». 2 de dezembro de 2016. Consultado em 12 de fevereiro de 2018 
  19. «Nickelodeon Debuts "Miraculous Tales of Ladybug & Cat Noir" on December 6, 2015 | ToonZone News». ToonZone News (em inglês). 10 de setembro de 2015 
  20. «SUPERSTARS AND SUPERHEROES LAND ON FAMILY CHANNEL BEGINNING TODAY - DHX Media». DHX Media (em inglês) 
  21. «Miraculous : Les aventures de Ladybug et Chat Noir | Télé-Québec». www.telequebec.tv (em francês). Consultado em 12 de fevereiro de 2018. Arquivado do original em 5 de março de 2016 
  22. «PGS Secures Deals For 'LadyBug'». Animation Magazine (em inglês). 20 de maio de 2014 
  23. «"Miraculous: As Aventuras de Ladybug" na RTP 2». Território TPA 
  24. ANMTV (4 de janeiro de 2016). «Miraculous: As Aventuras de Ladybug em março no Gloob». ANMTV 
  25. «Miraculous: Tales of Ladybug and Cat Noir». Consultado em 12 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 3 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Erro de citação: Existem etiquetas <ref> para um grupo chamado "nota", mas não foi encontrada nenhuma etiqueta <references group="nota"/> correspondente