Miranda do Douro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Miranda, veja Miranda.
Miranda do Douro (português)
Miranda de l Douro (mirandês)
Brasão de Miranda do Douro (português)Miranda de l Douro (mirandês) Bandeira de Miranda do Douro (português)Miranda de l Douro (mirandês)
Miranda08.jpg
Catedral de Miranda do Douro
Localização de Miranda do Douro (português)Miranda de l Douro (mirandês)
Gentílico Mirandês
Área 487,18 km²
População 7 482 hab. (2011)
Densidade populacional 15,4  hab./km²
N.º de freguesias 13
Presidente da
câmara municipal
Artur Nunes (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1136
Região (NUTS II) Norte
Sub-região (NUTS III) Alto Trás-os-Montes
Distrito Bragança
Província Trás-os-Montes
e Alto Douro
Orago Santa Maria Maior
Feriado municipal 10 de Julho
Código postal 5210
Sítio oficial www.cm-mdouro.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Miranda do Douro (em mirandês Miranda de l Douro) é uma cidade portuguesa, pertencente ao Distrito de Bragança, na chamada Terra de Miranda.

É sede de um município com 487,18 km² de área[1] e 7 482 habitantes (2011[2]), subdividido em 13 freguesias.[3] O município é limitado a nordeste e sueste pela Espanha, a sudoeste pelo município de Mogadouro e a noroeste por Vimioso.

Nesta região, além do português, fala-se o mirandês, segunda língua oficial em Portugal e que se trata de uma variante local da antiga língua asturo-leonesa, própria do antigo Reino de Leão.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
9 004 9 564 10 009 10 639 11 208 10 738 11 272 12 584 12 944 18 972 10 627 9 948 8 697 8 048 7 482

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [5]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 3 590 4 029 3 698 3 738 4 238 4 043 6 273 2 980 2 172 1 398 915 730
15-24 Anos 1 805 1 741 1 799 1 907 2 086 2 353 3 185 1 490 1 653 1 220 1 008 653
25-64 Anos 4 712 4 840 4 555 4 660 5 358 5 609 8 573 5 050 4 655 4 351 3 967 3 676
= ou > 65 Anos 531 583 644 701 816 854 941 1 160 1 468 1 728 2 158 2 423
> Id. desconh 0 17 27 30 32

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Freguesias[editar | editar código-fonte]

As 13 freguesias de Miranda do Douro (com os nomes em mirandês entre parênteses) são as seguintes:

Património[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

No concelho de Miranda do Douro encontram-se indústrias complementares, nomeadamente a tanoaria em Palaçoulo e a produção de cortiça.[6]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

A música tradicional de Miranda do Douro é composta por gaiteiros, tamborileiros, pauliteiros e danças mistas.[7]

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Festival Intercéltico de Sendim
  • Festival L Burro i L Gueiteiro[8]

Capas de Honra Mirandesa[editar | editar código-fonte]

A Capa de Honra é um ícone da identidade mirandesa, sendo feita de pura lã de ovelha (burel). Requer um trabalho minucioso por parte de quem a confecciona, devido à sua complexidade. Segundo os artesãos que ainda a fabricam, o seu preço pode ir além dos 600 euros.
Actualmente, é apenas utilizada em cerimónias protocolares ou actos de importância relevante.
A capa de honras mirandesa tem origem na região espanhola de Leão. A sua origem remontará aos séculos nove ou 10, portanto medieval, tendo origem na ‘capa de chiba’, que traduzido do espanhol para português quer dizer ‘capa de cabra’.[9]

Filmes rodados em Miranda do Douro[editar | editar código-fonte]

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

A gastronomia mirandesa inclui como pratos ex-libris a posta à mirandesa, a vitela mirandesa, o cordeiro mirandês (raças DOP) e o porco com todos os seus derivados. Um dos produtos locais mais afamados é a tabafeia, um enchido fumado, de carne de aves e porco, pão regional de trigo, azeite, condimentado com sal, alho, colorau ou pimenta e salsa.
Na doçaria tradicional destacam-se os roscos, os sodos, os dormidos e a deliciosa bola doce.

Por último, é importante mencionar o bom vinho que se produz na região.[11]

Política[editar | editar código-fonte]

Eleições autárquicas[editar | editar código-fonte]

Data % V % V % V % V % V
CDS-PP PS PPD/PSD AD PSD-CDS
1976 35,74 2 33,24 2 18,68 1
1979 26,88 1 33,81 2 32,37 2
1982 AD 47,30 3 AD 45,21 2
1985 46,82 2 47,04 3
1989 3,11 - 53,58 3 37,78 2
1993 1,62 - 56,01 3 37,65 2
1997 45,19 2 49,77 3
2001 3,01 - 35,92 2 56,59 3
2005 3,24 - 38,75 2 52,36 3
2009 52,62 3 44,05 2
2013 1,66 - 50,27 3 42,33 2
2017 PSD-CDS 49,46 3 PSD-CDS 45,27 2

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data %
PSD CDS PS UDP PCP AD APU/CDU FRS PRD PSN BE PàF PAN
1976 28,86 27,48 24,34 2,03 1,95
1979 AD AD 20,89 3,31 APU 59,27 4,38
1980 FRS 2,10 62,73 3,28 20,96
1983 38,46 16,98 31,58 0,72 3,14
1985 43,68 11,08 25,33 1,19 3,74 5,13
1987 58,23 5,88 23,01 0,95 CDU 2,28 1,07
1991 56,59 5,63 28,62 1,71 0,59 1,73
1995 46,14 5,21 43,21 0,49 0,90
1999 48,37 5,10 40,43 1,36 0,35 0,74
2002 54,72 7,87 31,21 1,13 0,92
2005 38,45 8,55 44,61 0,92 2,10
2009 40,12 7,96 39,95 1,09 5,17
2011 53,94 7,13 28,54 1,27 1,73
2015 PàF PàF 37,25 1,43 4,04 49,26 0,26

Figuras ilustres[editar | editar código-fonte]

António Maria Mourinho

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 (ficheiro Excel zipado)
  2. INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  3. Diário da República, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I.
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  6. Gazeta Rural n.º 269 (30 de Abril de 2016). Pág. 23.
  7. Gazeta Rural n.º 264 (15 de fevereiro de 2016), pág. 6.
  8. Webprodz. «L Burro i l Gueiteiro - Festival Itinerante da Cultura Tradicional - AEPGA». aepga.pt. Consultado em 9 de Outubro de 2017. 
  9. Gazeta Rural n.º 266 (15 de março de 2016), pág. 6.
  10. «Guerra do Mirandum (1981) @ CINEPT - CINEMA PORTUGUÊS». CINEPT - CINEMA PORTUGUÊS. Consultado em 9 de junho de 2018. 
  11. Gazeta Rural n.º 264 (15 de fevereiro de 2016), pág. 6.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Distrito de Bragança

AFE.png Brasão de Bragança.png CRZ.png FEC.png MCD1.png MDR.png MDL1.png MGD.png TMC.png VFL.png VMS.png VNH.png
Alfândega da Fé Bragança Carrazeda de Ansiães Freixo de Espada à Cinta Macedo de Cavaleiros Miranda do Douro Mirandela Mogadouro Torre de Moncorvo Vila Flor Vimioso Vinhais
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Miranda do Douro