Mirtha Legrand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mirtha Legrand
Nascimento Rosa María Juana Martínez Suárez
23 de fevereiro de 1927
Villa Cañás
Cidadania Argentina, Espanha
Cônjuge Daniel Tinayre
Filho(s) Marcela Tinayre
Irmão(s) Silvia Legrand, José A. Martínez Suárez
Ocupação atriz, apresentadora de televisão, atriz de teatro
Religião catolicismo

Mirtha Legrand (pseudônimo de Rosa María Juana Martínez Suárez; Villa Cañás, 23 de fevereiro de 1927) é uma atriz e apresentadora de televisão argentina. É uma das pessoas mais famosas e com trajetória mediática mais extensa no seu país. [1][2][3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia na Argentina[editar | editar código-fonte]

Mirtha Legrand, 1946

Carreira teatral[editar | editar código-fonte]

  • 1957: La Luna es azul
  • 1962: Buenos Aires de seda y percal
  • 1964: Divorciémonos
  • 1966: Mi complejo es el champagne
  • 1968: Secretismo shh
  • 1969: El proceso de Mary Duggan
  • 1970: 40 kilates
  • 1975: Constancia
  • 1978: Rosas rojas, rosas amarillas
  • 1986: Tovarich
  • 1990: Potiche

Rádio[editar | editar código-fonte]

  • 1943: El club de la amistad
  • 2004-2005: Mirtha en la red

Televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. El dolor de Mirtha por la muerte de su sobrina
  2. Llistosella, Jorge (2008). «Fascículo Ídolos del espectáculo argentino: Legrand». Clarín (16) 
  3. «Rosa María Juana Martínez, "Brazil, Rio de Janeiro, Immigration Cards, 1900-1965"» Family Search. Consultado el 26 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Mirtha Legrand
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Mirtha Legrand
Ícone de esboço Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.