Missão Espacial Completa Brasileira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Missão Espacial Completa Brasileira (MECB), foi o primeiro programa espacial integrado de grande porte definido e implementado no Programa espacial brasileiro.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os estudos para um programa espacial brasileiro de grande porte tiveram início em 1978, conduzidos pela Comissão Brasileira de Atividades Espaciais (COBAE), vinculada ao Estado-Maior das Forças Armadas (EMFA). Foram apresentados no 2o Seminário de Atividades Espaciais, realizado em 1979, e aprovados pela Presidência da República em 1980.[1][2]

Objetivos[editar | editar código-fonte]

Os objetivos desse programa eram ambiciosos, envolvendo metas para as áreas de veículos lançadores, satélites, qualificação da industria nacional assim como um novo centro de lançamento.[1]

Mais especificamente, estas eram as metas:

  • O planejamento e construção de um campo de lançamento de foguetes em área remota, de forma a tornar-se o local brasileiro para lançamento de satélites
  • O desenvolvimento e construção de um veículo capaz de orbitar satélites (VLS – Veículo Lançador de Satélites)
  • O desenvolvimento e construção de dois Satélites de Coleta de Dados ambientais (SCD-1 e SCD-2) e dois para sensoriamento remoto (SSR-1 e SSR-2), todos sob responsabilidade do INPE.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Brasil no Espaço». Zenite. 2002. Consultado em 2 de março de 2013 
  2. a b «Os satélites SCD1 e SCD2 da Missão Espacial Completa Brasileira - MECB» (PDF). AEB - UNESP. 2007. Consultado em 2 de março de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.