Miss Brasil 1968

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Brasil 1968
Data: 29 de junho de 1968
Local: Maracanãzinho, Rio de Janeiro
Candidatas: 25
Vencedora: Martha Vasconcellos
Representou: Bahia Bahia

O Miss Brasil 1968 é a 15ª edição do concurso Miss Brasil, foi realizada no dia 29 de junho de 1968 no Ginásio do Maracanãzinho no Rio de Janeiro. Miss Brasil 1967 Carmen Sílvia de Barros Ramasco de São Paulo coroou Martha Vasconcellos da Bahia. A vencedora representou o Brasil no Miss Universo 1968.

A segunda colocada representou o Brasil no Miss Mundo 1968. A terceira colocada representou o Brasil no Miss Internacional 1968. O concurso foi transmitido pela TV Tupi. Martha Vasconcellos foi eleita Miss Universo 1968. Maria da Glória Carvalho terceira colocada foi eleita Miss Internacional 1968.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata
Miss Brasil 1968
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
Semifinalistas
(TOP 08)

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • Este ano continuava sem a premiação de Melhor Traje Típico.
Premiação Candidata
Miss Simpatia
  • Goiás Goiás - Maria Anunciada Cunha
Miss Fotogenia
  • Bahia Bahia - Martha Vasconcellos

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Miss Brasil 1968
Numeração Estado Candidata
01 Acre Acre Carmen Ferreira Nunes
02 Alagoas Alagoas Cláudia Virgínia Lisboa
03 Amazonas Amazonas Maria de Fátima de Souza
04 Bahia Bahia Marta Cordeiro Vasconcellos
05 Ceará Ceará Vera Maria Veras
06 Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Maria Pilar Matos
07 Espírito Santo (estado) Espírito Santo Dalva Riva
08 Goiás Goiás Maria Anunciada Fernandes
09 Guanabara Guanabara Maria da Glória Carvalho
10 Maranhão Maranhão Vilma das Graças Castro
11 Mato Grosso Mato Grosso Maria Auxiliadora Campos
12 Minas Gerais Minas Gerais Ângela Carmélia Stecca
13 Pará Pará Clara Marcos Pinto
14 Paraíba Paraíba Ilona Pinheiro Dias
15 Paraná Paraná Delzi Captan
16 Pernambuco Pernambuco Eunice Mergulhão
17 Piauí Piauí Ana Aurora Aragão
18 Rio de Janeiro Rio de Janeiro Josemary Vasconcelos
19 Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Maria Suely Pereira Silva
20 Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Elizabeth Borella Finardi
21 Rondônia Rondônia Marisa Corrêia
22 Roraima Roraima Ângela Martins
23 Santa Catarina Santa Catarina Evelise Britzig
24 São Paulo São Paulo Marluce Facci
25 Sergipe Sergipe Leonísia Fonseca

Desempenhos Internacionais[editar | editar código-fonte]

Miss Universo[editar | editar código-fonte]

A terceira e última baiana a ser eleita Miss Brasil, Martha Vasconcellos dava a segunda e última coroa de Miss Universo para o Brasil aos 20 anos de idade. A bela baiana de olhos verdes natural de Salvador, conquistou o juri e o concurso internacional mais famoso atualmente. Deixou como primeira sucessora Anne Marie Braafheid, de Curaçao. Foi considerada umas das mais belas Miss Universo eleitas dos anos 60.

Miss Mundo[editar | editar código-fonte]

A mineira Ângela Carmélia Stecca foi a única das três misses Brasil que não conseguiu classificação em um concurso internacional. Ângela não conseguiu ficar entre as semifinalistas do Miss Mundo 1968, que aconteceu em Londres, Reino Unido. [1]

Miss Internacional[editar | editar código-fonte]

O Brasil ganhava sua primeira e única, coroa de Miss Internacional, no ano de 1968. A guanabariana Maria da Glória Carvalho não fez feio no concurso internacional e trouxe o segundo título consecutivo e no mesmo ano para seu país. Especialistas em concursos de belezas dizem que sua proficiência na língua japonesa a ajudou a ganhar o concurso.

Referências