Miss Brasil 1976

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Brasil 1976
Data 19 de junho de 1976
Local Ginásio Presidente Médici, Brasília
Candidatas 24
Vencedora Kátia Moretto

O Miss Brasil 1976 foi a vigéssima terceira edição do concurso Miss Brasil, foi realizada no dia 19 de junho de 1976 no Ginásio Presidente Médici em Brasília. A Miss Brasil 1975 Ingrid Budag de Santa Catarina coroou Kátia Moretto de São Paulo. A vencedora representou o Brasil no Miss Universo 1976. A segunda colocada representou o Brasil no Miss Internacional 1976. A terceira colocada representou o Brasil no Miss Mundo 1976. O concurso foi transmitido pela Rede Tupi.[1]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata
Miss Brasil 1976
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
  • Paraná Paraná - Cláudia Azzolini Chueiri
Semifinalistas
(TOP 08)

Premiação Especial[editar | editar código-fonte]

  • Somente a tradicional premiação especial foi realizada: [2]
Premiação Candidata
Miss Simpatia

A Miss Brasil 1976, Katia Celestino Moretto, faleceu no dia 29/04/2013.

Trívia[editar | editar código-fonte]

  • Com o fechamento da revista O Cruzeiro, a cobertura jornalística do Miss Brasil ficou toda concentrada na Revista Manchete e na Fatos e Fotos, ambas editadas pela Bloch. Nesse mesmo ano, algumas empresas, como a marca de cosméticos Helena Rubistein, retiraram o patrocínio ao evento, que começou a entrar em crise junto com os Diários Associados. Quatro anos mais tarde, o conglomerado de mídia fundado por Assis Chateaubriand pediria concordata em função do fechamento da Rede Tupi.

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Miss Brasil 1976
Numeração Estado Candidata
01 Acre Acre Maria Raimunda da Cunha
02 Alagoas Alagoas Ana Cristina Barros Menezes
03 Amapá Amapá Maria Moncherry Alexander
04 Amazonas Amazonas Ingrid Cavalcanti Silva
05 Bahia Bahia Maria de Fátima Paranhos
06 Ceará Ceará Imaculada Cicarelli de Almeida
07 Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Adelaide Fraga de Oliveira Filha
08 Espírito Santo (estado) Espírito Santo Elisa Pereira Moreira
09 Goiás Goiás Dilma Rodrigues Ribeiro
10 Maranhão Maranhão Ana Teresa Rodrigues
11 Mato Grosso Mato Grosso Maria Suely Vaccaro
12 Minas Gerais Minas Gerais Karla Resende Habib
13 Pará Pará Áurea Celeste Teixeira
14 Paraíba Paraíba Teresa Cristina Ferreira
15 Paraná Paraná Cláudia Azzolini Chueiri
16 Pernambuco Pernambuco Matilde de Souza Terto
17 Piauí Piauí Glayds Alcântara
18 Rio de Janeiro Rio de Janeiro Vionete Revoredo
19 Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Eliane Maria Rocha
20 Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Anne Elizabeth Horst
21 Rondônia Rondônia Maria Regina Furtak
22 Santa Catarina Santa Catarina Edina Siemsen
23 São Paulo São Paulo Kátia Celestina Moretto †
24 Sergipe Sergipe Maria Wilma Prata

Desempenhos Internacionais[editar | editar código-fonte]

Miss Universo[editar | editar código-fonte]

A criação de um empréstimo compulsório para brasileiros que quisessem viajar para o exterior à época, quase inviabilizou a participação de Kátia Moretto no Miss Universo, realizado na então colônia britânica de Hong Kong. A viagem aconteceu, mas Kátia não ficou entre as 12 semifinalistas no concurso vencido pela israelense Rina Messinger.

Miss Mundo[editar | editar código-fonte]

Mesmo com o título de Miss Brasil Mundo conquistado em casa, a mineira Adelaide Fraga de Oliveira, Miss Brasília, não conseguiu repetir o feito de Mariza Sommer, quarta colocada em 1974 e não se classificou entre as semifinalistas do concurso em Londres. [3]

Miss Internacional[editar | editar código-fonte]

Das três vencedoras do Miss Brasil 1976, apenas a carioca Vionete Revoredo conseguiu classificação em concursos internacionais. Ela foi a segunda colocada no concurso Miss Beleza Internacional realizado em Tóquio, perdendo apenas para a francesa Sophie Perin.

Referências