Miss Brasil 2001

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Miss Brasil 2001
Data 26 de Março de 2001
Apresentação Edilásio Júnior e Nayla Micherif
Candidatas 27
Transmissão CNT
Local Hotel Glória
Cidade Rio de Janeiro, RJ

Miss Brasil 2001 foi a 47ª edição do tradicional concurso de beleza feminino de Miss Brasil, válido para a disputa de Miss Universo 2001. Esta edição foi realizada no dia 26 de março no "Hotel Glória", localizado no Rio de Janeiro.[1] A matogrossense e Miss Brasil 2000 Josiane Kruliskoski coroou Juliana Borges do Rio Grande do Sul no fim da competição.[2] O concurso foi transmitido regionalmente pela CNT e apresentado pela Miss Brasil 1997 Nayla Micherif junto ao jornalista Edilásio Júnior.

Vale ressaltar a insesante publicidade [3] dada a Juliana Borges na época,[4] que antes do concurso assumiu ter feito dezenove (19) [5] intervenções cirúrgicas,[6] sua jogada de marketing [7] chegou a virar artigos acadêmicos [8][9] e por vezes fora intitulada pela mídia nacional como "Miss Bisturi".[10] Tal foi a visibilidade do fato, que o assunto foi tratado inclusive em jornais de outros países,[11] como, por exemplo, o New York Times e o Sunday Times.[12]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocações[editar | editar código-fonte]

Posição Estado e Candidata
Vencedora
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
(TOP 10)
Semifinalistas

Prêmios Especiais[editar | editar código-fonte]

Foram distribuídos os seguintes prêmios este ano:

Prêmio Estado e Candidata
Miss Simpatia
Miss Fotogenia
Miss Voto Popular

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Disputaram o título este ano:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. MEIRELLES, Clarisse (4 de abril de 2001). «Silicone e naftalina!». ISTOÉ Gente 
  2. REDAÇÃO, Da (27 de março de 2001). «Siliconada leva Miss Brasil 2001!». Estadão 
  3. AZEREDO, Ricardo (27 de março de 2001). «Beleza de laboratório!». Jornal da Globo 
  4. MANSUR; PEREIRA; VIEIRA;, Alexandre; Paula; João Luiz; (13 de dezembro de 2010). «Aperfeiçoamento do belo!». Época 
  5. ANTENORE, Armando (21 de janeiro de 2001). «Gaúcha de "19 plásticas" quer ser miss Brasil!». Folha de S.Paulo 
  6. REDAÇÃO, Da (28 de março de 2001). «Miss Brasil 2001 admite ter feito lipoaspiração e colocado silicone nos seios!». Folha de S.Paulo 
  7. REDAÇÃO, Da (28 de março de 2001). «Miss Brasil fala sobre 19 plásticas que fez!». Diário da Grande ABC 
  8. ALMEIDA; DERÓS; MELATI; STIGGER, Thaís; Carolina; Fernanda; Marco Paulo (1 de agosto de 2005). «A produção do corpo: uma interpretação do caso Juliana Borges, a partir da sua repercussão na imprensa!». Grupo de Estudos Socioculturais em Educação Física Escola de Educação Física (UFRGS) 
  9. CRIPPA, Giulia (1 de janeiro de 2002). «Em pauta: Beleza fabricada!». Sesc São Paulo 
  10. PALADINO, Edwin (26 de março de 2001). «Miss bisturi!». ISTOÉ Gente 
  11. DANDAN, Alejandra (29 de março de 2001). «Una Miss Brasil hecha a bisturí desata un debate!». Pagina 12 
  12. ABC News, From (3 de maio de 2001). «Unnatural beauty: Miss Brazil boasts 19 procedures!». ABC News 
  13. REDAÇÃO, Da (22 de maio de 2019). «"A cirurgia plástica me deixou mais antoconfiante, mais bela e com medidas perfeitas, que me garantiram este título." Juliana Borges, gaúcha de 22 anos, que conquistou o título de Miss Brasil 2001, depois de dezenove cirurgias plásticas!». O Explorador 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]