Miss Espírito Santo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Miss Espírito Santo
Tipo Concurso de beleza
Fundação 1955
Sede Espírito Santo (estado) Vitória
Coordenação Nabila Furtado

Miss Espírito Santo (ou Miss Universo Espírito Santo) é um tradicional concurso de beleza feminino realizado anualmente, que seleciona a melhor representante capixaba para o Miss Brasil, válido para a disputa de Miss Universo. O Estado estava invicto em classificações desde 2007, [1] porém teve um breve hiato de desclassificação em 2015 com a ausência de Juliana Morgado no Top 15. A melhor colocação de uma candidata capixaba no concurso nacional foi dois terceiros lugares obtidos em 2005, com Ariane Colombo [2] e em 2017, com Stephany Pim. [3] O concurso é atualmente coordenado pela ex-primeira dama de Cariacica, Nabila Furtado. [4]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Tabela de Classificação[editar | editar código-fonte]

Nabila Ferreira Furtado (foto), atual coordenadora do certame credenciada no Estado.

Abaixo a performance das capixabas no Miss Brasil.

Posição Performance
Miss Brasil
2º. Lugar
3º. Lugar 2
4º. Lugar
5º. Lugar 2
Semifinalista 17
Total 21

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

Os prêmios obtidos pelas candidatas durante o nacional:

  • 1 Miss Simpatia: Anne Volponi (2013)
  • 1 Miss Voto Popular: Jakeline Lemke (2007), Francienne Pavesi (2010) e Amanda Recla (2014)
  • 1 Melhor Traje Típico: Amanda Recla (2014)

Coordenação[editar | editar código-fonte]

Ficaram responsáveis pela escolha da mais bela capixaba:

  • de 2018 a atual: Nabila Furtado (Empresária & Produtora de eventos).
  • de 2016 a 2017: Karina Ades (Organização Miss Brasil Be Emotion).
  • de 2012 a 2015: Lia Mônica Delpupo (Empresária) & Pietro di Marcos (Scouter).
  • de 2006 a 2011: Wildson Pina (Cabeleireiro).
  • de 2003 a 2005: Alexandre Araújo (Colunista social).[5]

Galeria das vencedoras[editar | editar código-fonte]

Vencedoras[editar | editar código-fonte]

     A candidata tornou-se Miss Brasil.
     A Miss Espírito Santo renunciou ao título estadual.
Ano Part Vencedora Representação Colocação R
2022 65ª Mia Mamede Vitória TBD [6]
2021 64ª Eduarda Braum Afonso Cláudio Semifinalista (Top 10) [7]
2020 A Miss Brasil foi indicada, portanto não houve disputa.
2019 63ª Thainá Castro Vitória Semifinalista (Top 10) [8]
2018 62ª Sabrina Stock Marechal Floriano Semifinalista (Top 15) [9]
2017 61ª Stephany Pim Vitória 3º. Lugar [10]
2016 60ª Beatriz Leite Nalli Castelo Semifinalista (Top 15) [11]
2015 59ª Juliana Morgado Vila Velha [12]
2014 58ª Amanda Recla Aracruz Semifinalista (Top 15) [13]
2013 57ª Anne Volponi Viana Semifinalista (Top 15) [14]
2012 56ª Fernanda Pessan Serra Semifinalista (Top 10) [15]
2011 55ª Marcela Lopes Granato Vitória Semifinalista (Top 10) [16]
2010 54ª Francienne Pavesi Vitória Semifinalista (Top 15) [17]
2009 53ª Bianca Lopes Gava Rio Bananal Semifinalista (Top 15) [18]
2008 52ª Francis Riguete Mimoso do Sul Semifinalista (Top 10) [19]
2007 51ª Jakeline Lemke Marechal Floriano Semifinalista (Top 15) [20]
2006 50ª Lívia Barraque Conceição da Barra [21]
2005 49ª Ariane Colombo Domingos Martins 3º. Lugar [22]
2004 48ª Angélica Corona Linhares [23]
2003 47ª Franscieli Dulianel Linhares
2002 46ª Eliane Gil Gatto Vitória
2001 45ª Vanusa de Paula Vitória
2000 44ª Sabrina Trivilim Klein Vitória
1999 43ª Kátia Peterli Camargos Venda Nova do Imigrante
1998 42ª Gerliana Ervati Garcia Iconha
1997 41ª Wanusa Cornachini Cariacica
1996 40ª Adriana Dias Duarte Vitória Semifinalista (Top 10)
1995 39ª Fábia Andreza Majevski Semifinalista (Top 10)
1994 38ª Carla Amorim Bunjes
1993 A Miss Brasil foi indicada, portanto não houve disputa.
1992 37ª Simone Herculano
1991 36ª Flávia Maria Seibel Domingos Martins
1990 Não houve disputa nacional de Miss Brasil em 1990.
1989 35ª Vanusa Pauletti
1988 34ª Josiane Duarte Godoy Semifinalista (Top 12)
1987 33ª Anna Cristina Pereira Hülle Domingos Martins
1986 32ª Eliete Ferreira Semprini Cachoeiro de Itapemirim
1985 31ª Márcia Machado Gomes Mimoso do Sul
1984 30ª Mariângela Serrano
1983 - Carla Vieira Bigossi Desportiva Ferroviária
29ª Eliene Correa Barbosa Centro Acadêmico da UFES Não disputou. Assumiu.
1982 28ª Jacqueline Ignatowska
1981 27ª Maria da Penha Sanches
1980 26ª Shirley Aparecida Sickert
1979 25ª Ivana Guimarães Salomão
1978 24ª Denise Peçanha Sarmento
1977 23ª Márcia Mendes Delerue
1976 22ª Elisa Pereira Moreira
1975 21ª Ângela Maria de Lima
1974 20ª Maria Aparecida Rizzo João Neiva
1973 19ª Ivone Fátima Fontana Santa Teresa
1972 18ª Maria Gariglio Saraiva Guarapari 5º. Lugar
1971 17ª Cacilda Neitzel Baixo Guandu Semifinalista (Top 08)
1970 16ª Arley Sipolatti Santa Teresa
1969 15ª Maria Bromenschenkel Fluminensinho
1968 14ª Dalva Riva Colatina
1967 13ª Gislene Tapias Vitória
1966 12ª Laura Martinelli Vitória Futebol Clube
1965 11ª Solange Leão Rio Branco Atlético Clube Semifinalista (Top 08)
1964 10ª Justina Primo Colatina
1963 Sônia Marta Anders Monte Castelo Clube
1962 Elizabeth Ramos Daniel Esporte Clube Vitória 5º. Lugar
1961 Alcione Vieira de Abreu Alegre
1960 Jocy Santana de Morais Clube Saldanha da Gama
1959 Linéa de Souza Campos Clube Saldanha da Gama
1958 Marly Gomes Cunha Clube Álvares Cabral
1957 Lygia Maria Bonfim Clube Saldanha da Gama
1956 Malvina Pimentel Praia Tênis Clube
1955 Joselina Cypriano Cachoeiro de Itapemirim [24]

Observações[editar | editar código-fonte]

  • Elizabeth Daniel (1962) representou o Brasil no Miss United Nations 1963.
  • Solange Leão (1965) é prima da cantora Nara Leão e da escritora Danuza Leão.
  • Carla Bigossi (1983) representou o Estado no nacional mas logo depois abdicou do título para se casar.
    • A segunda colocada, então anfitriã do evento, "Miss Santa Tereza" não quis assumir a coroa estadual.
    • Eliene Barbosa, terceira colocada, assumiu o título e os compromissos deixados por suas concorrentes.
  • Eliene Barbosa (1983) representou oficialmente o "Centro Acadêmico de Ciências Biológicas da UFES".
  • Adriana Duarte (1996) foi convidada a representar o Estado. Ela ficou em 2º lugar no "Miss Minas Gerais 1996", representando Contagem.
  • Algumas capixabas não utilizaram seu nome real para representar o Estado, são elas:
    • Jakeline Lemke (2007) é o nome artístico de Jacqueline Joyce Soares.
    • Francis Riguete (2008) é o nome artístico de Francielem Ramos Riguete.
    • Fernanda Pessan (2012) é o anagrama do sobrenome de Fernanda Pereira do Espírito Santo.
    • Anne Volponi (2013) é o nome artístico de Deisiane Volponi.
    • Juliana Morgado (2015) é o nome artístico de Juliana Ribeiro Ferreira.
    • Stephany Pim (2017) é o nome fantasia da empresa de Stephany Souza Silva.
    • Mia Mamede (2022) é o nome artístico de Maria Eugênia Mamede.
  • Não são naturalmente do Espírito Santo, as misses:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. PERMUY, Pedro (1 de junho de 2021). «Veja todas as Miss Espírito Santo já classificadas no Miss Brasil; fotos!». Gazeta Online 
  2. PERMUY, Pedro (3 de setembro de 2020). «Ariane Colombo: a Miss Espírito Santo que era amiga de Hebe Camargo!». Gazeta Online 
  3. PERMUY, Pedro (21 de agosto de 2017). «"Eu me senti a mais preparada", diz Stephany Pim sobre o Miss Brasil!». Gazeta Online 
  4. PERMUY, Pedro (10 de maio de 2021). «Ex-primeira-dama vai comandar novo Miss ES a convite do Miss Brasil!». Gazeta Online 
  5. REDAÇÃO, Da (30 de abril de 2017). «Homenagem da semana com Alexandre Araújo: ele respira jornalismo!». Site de Linhares 
  6. PERMUY, Pedro (18 de junho de 2022). «Miss ES 2022 é revelada! Capixaba já morou na China, fala 5 idiomas e posou para Tiffany. Saia quem é!». Folha Vitória 
  7. ASSESSORIA, Por (8 de outubro de 2021). «Afonsoclaudense Eduarda Braum é eleita Miss Universo Espírito Santo 2021!». Prefeitura Municipal de Afonso Cláudio 
  8. FOLHA VITÓRIA, Por (8 de outubro de 2021). «Miss Espírito Santo é primeira do Brasil a passar a coroa grávida!». R7 - Folha Vitória 
  9. REDAÇÃO, Da (18 de maio de 2018). «Conheça Sabrina Stock!». R7 - Folha Vitória 
  10. RASSELI, Renata (21 de outubro de 2019). «Capixaba Stephany Pim é eleita favorita para Miss Brasil; entenda!». A Gazeta 
  11. HEMERLY, Dayane (13 de setembro de 2016). «Castelense vence o Miss Espírito Santo!». Jornal Fato 
  12. REDAÇÃO, Da (9 de setembro de 2015). «Miss ES é eleita sem concurso e esclarece como foi a seleção!». G1 - Portal da Globo 
  13. REDAÇÃO, Da (22 de julho de 2015). «Miss ES conta um pouco de sua vida!». Site Aracruz 
  14. REDAÇÃO, Da (15 de agosto de 2013). «Miss Espírito Santo 2013 é eleita em evento na Serra!». G1 - Portal da Globo 
  15. NOBRES, Juirana (19 de julho de 2012). «Universitária é eleita Miss Espírito Santo 2012!». G1 - Portal da Globo 
  16. MULHER SINGULAR, Por (25 de junho de 2011). «Marcela Granato Miss Espírito Santo 2011!». Mulher Singular 
  17. REDAÇÃO, Da (8 de maio de 2010). «Para Miss Espírito Santo, ganhadora deve ter disciplina!». Folha de São Paulo 
  18. REDAÇÃO, Da (8 de maio de 2009). «Saiba quem são as 27 candidatas que disputam o Miss Brasil!». O Tempo 
  19. BASTOS, Octavio (3 de dezembro de 2008). «Coroação da Miss Esp. Santo 2008!». No Rock 
  20. BASTOS, Octavio (3 de dezembro de 2007). «Ensaio Fotográfico de Jakeline Lemke - Miss ES 2007!». No Rock 
  21. CIRNE; FLORES, Pedro; Rodrigo (6 de abril de 2006). «Ela entende tudo de modelos, moquecas e geografia. Conheça a capixaba Lívia Barbosa!». UOL 
  22. CIRNE; FLORES, Pedro; Rodrigo (11 de abril de 2005). «Adorei o seu estilo, diz miss do Espírito Santo ao Editor do UOL Tablóide. Ela não é um doce?». UOL 
  23. CIRNE; FLORES, Pedro; Rodrigo (9 de abril de 2004). «As nossas praias são maravilhosas, afirma a Miss Espírito Santo. É. Mas não só as praias!». UOL 
  24. VOLPATO, Pammela (24 de março de 2022). «Cachoeirense eleita primeira Miss Espírito Santo em 1955 irá coroar a nova Miss Cachoeiro!». Aqui Notícias 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]