Miss Grand Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Miss Grand Brasil
Tipo Concurso de Beleza
Fundação 2013
Sede Rio de Janeiro Petrópolis
Proprietário Henrique Fontes
Sítio oficial Miss Grand International

Miss Grand Brasil é um título dado à uma candidata bem posicionada na disputa de Miss Mundo Brasil, pertencente ao "Concurso Nacional de Beleza (CNB)". Apenas três edições do evento foram realizadas até o momento, em 2014, 2019 e em 2020. O título visa enviar uma candidata brasileira para a disputa de Miss Grand International, realizado anualmente desde 2013. A detentora do título nacional deve ser uma mulher linda, com atitude, inteligência, foco e determinação que ponha em prática discursos pacifistas com foco no lema do certame internacional, Stop the War. A atual detentora do título é a paulista Marjorie Marcelle, que disputou o certame internacional na Venezuela

Representantes[editar | editar código-fonte]

Ano Estado Representante Local do Evento R
2013 Bandeira do Rio Grande do Sul.svg Rio Grande do Sul Tamara Bicca Indicada, 7º. Lugar no Miss Mundo Brasil 2013. [1]
2014 Bandeira do Paraná.svg Paraná Yameme Ibrahim Anfiteatro da Casa de Cultura, Olímpia, SP [2]
2015 Bandeira de Mato Grosso do Sul.svg Mato Grosso do Sul Paula Gomes Indicada, Vice-Miss Mundo Brasil 2015. [3]
2016 Bandeira de Mato Grosso do Sul.svg Mato Grosso do Sul Renata Sena Indicada, Vice-Miss Mundo Brasil 2016. [4]
2017 Bandeira do Rio Grande do Sul.svg Rio Grande do Sul Caroline Venturini Azeroth Bistrô, Tramandaí, RS [5]
2018 Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro Gabrielle Vilela Indicada, foi a Miss Mundo Brasil 2017. [6]
2019 Bandeira do estado de São Paulo.svg São Paulo Marjorie Marcelle Dall'Onder Grande Hotel, Bento Gonçalves, RS [7]
2020 Dall'Onder Grande Hotel, Bento Gonçalves, RS
     Evento específico para a eleição da candidata.
     Localidade onde a representante foi coroada e enfaixada.

Edições[editar | editar código-fonte]

Títulos por estado[editar | editar código-fonte]

Título Estado Vitórias
2 Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul 2013, 2017
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul 2015, 2016
1 São Paulo São Paulo 2019
Rio de Janeiro Rio de Janeiro 2018
Paraná Paraná 2014

Histórico[editar | editar código-fonte]

O envio das candidatas brasileiras ao Miss Grand International começou em 2013, quando o então business man Nawat Itsaragrisil idealizou o concurso na Tailândia e o proprietário do Miss Mundo Brasil, Henrique Fontes tomou os direitos de envio da representante do Brasil. O critério de seleção foi resgatar uma das candidatas semifinalistas da edição do Miss Brasil World 2013, que cumprissem os requisitos do novo certame internacional.

Já em 2014, os direitos de envio da representante brasileira passou para o veterano em concursos de beleza, Gerson Antonelli, que realizou a disputa especificamente para a etapa internacional, o Miss Grand Brasil 2014. A competição foi idealizada para ocorrer junto à eleição da "Rainha do Folclore de Olímpia", dentro da semana folclórica do município, festividade comum na cidade anualmente. Na ocasião sagrou-se campeã Yameme Faiçal Ibrahim. [8]

O certame volta às mãos do organizador Henrique Fontes e ficou estabelecido que a Vice-Miss Mundo Brasil, a partir da edição de 2015, seria a representante no Miss Grand International. Após a desclassificação da luso-brasileira Renata Sena na etapa internacional de 2016, o organizador resolveu realizar uma disputa nacional em 2017, [9] que logo depois foi postergada para uma edição em 2019. Além de adiar o certame, Fontes decidiu não seguir à regra de que a segunda colocada no "Concurso Nacional de Beleza" fosse representar o País no concurso. A representante de 2017 foi a gaúcha Caroline Venturini, coroada oficialmente em um evento intimista na sua cidade natal, Tramandaí. [10]

Em 2018, por não ter tempo hábil e nem patrocinadores para o apoio do concurso nacional, o organizador licenciado no País, Henrique Fontes decidiu convidar na ocasião a Miss Mundo Brasil 2017, Gabrielle Vilela para representar novamente seu País em um concurso de abrangência internacional [11] (Gabrielle havia concorrido ao Miss Mundo 2017 na China, onde parou entre as quarenta classificadas). O certame nacional só voltou a ocorrer em 2019 com a eleição da paulista Marjorie Marcelle Angelotti. [12]

Classificação[editar | editar código-fonte]

     A candidata tornou-se Miss Grand.
     A candidata parou entre as finalistas.
     A candidata parou entre as semifinalistas.
Ano Representante Nascimento I A Colocação
Tailândia 2013 Tamara da Costa Bicca Porto Alegre, Rio Grande do Sul 22 1.75 Semifinalista (Top 10)
Tailândia 2014 Yameme Faiçal Ibrahim Criciúma, Santa Catarina 1 20 1.69 Semifinalista (Top 20)
Tailândia 2015 Paula Pereira Gomes Campo Grande, Mato Grosso do Sul 23 1.68 Semifinalista (Top 10)
Estados Unidos 2016 Renata Sena Trinca Lisboa, Portugal 3 21 1.70
Vietname 2017 Caroline Venturini Tramandaí, Rio Grande do Sul 22 1.68 Semifinalista (Top 20)
Myanmar 2018 Gabrielle Vilela de Souza Angra dos Reis, Rio de Janeiro 26 1.70 Semifinalista (Top 20)
Venezuela 2019 Marjorie Marcelle Angelotti São Paulo, São Paulo 24 1.75 5°. Lugar

  1. Yameme Ibrahim (2013) nasceu em Criciúma, porém reside em Foz do Iguaçu desde pequena.
  2. A idade e a altura das representantes referem-se ao ano em que elas competiram no certame internacional.
  3. Renata Sena (2016) nasceu em Lisboa, Portugal. Foi a primeira estrangeira a representar o Brasil neste concurso. [13]

Etapas preliminares[editar | editar código-fonte]

Abaixo constam apenas os recordes alcançados pelas candidatas:

  • (Top 10) Best in Swimming Suit: Marjorie Marcelle (2019)
  • (Top 20) Best in National Costume: Paula Gomes (2015) & Marjorie Marcelle (2019)

Referências

  1. FONTES, Henrique (21 de abril de 2014). «Conheça detalhes sobre o Miss Grand International 2017!». CNB - Concurso Nacional de Beleza 
  2. REDAÇÃO, Da (26 de julho de 2014). «Iguaçuense vence o Miss Grand Brasil 2014 e garante vaga para final na Tailândia!». Portal da Cidade de Foz do Iguaçu 
  3. FRANCIS, Paulo (2 de julho de 2015). «Desempenho no Miss Mundo rende a sul matogrossense passaporte no Miss Grand International!». Página Brazil 
  4. REDAÇÃO, Da (6 de julho de 2016). «Cavalgada Arapuá recebe a visita de Renata Sena, Miss Grand Brasil 2016!». Portal "Arapuá MS" 
  5. REDAÇÃO, Da (2 de outubro de 2017). «Gaúcha viaja para o Vietnã em busca do título de Miss Grand International e de 40 mil dólares!». Jornal "O Sul" 
  6. SUÁREZ, Camilla (17 de agosto de 2018). «Miss Grand Brazil 2018 Gabrielle Vilela!». Angelopedia 
  7. FONTES, Henrique (26 de outubro de 2019). «Marjorie Marcelle do Brasil é Top 5 no Miss Grand International 2019!». CNB 
  8. REDAÇÃO, Da (28 de julho de 2014). «Iguaçuense vai representar o Brasil no Miss Grand International!». Portal Iguaçu. Consultado em 28 de outubro de 2017. Arquivado do original em 29 de outubro de 2017 
  9. SILVA, Manoel (28 de outubro de 2016). «CNB lança concurso exclusivo para a eleição da Miss Grand Brasil. Inscrições estão abertas!». Beleza Sergipana 
  10. FONTES, Henrique (24 de maio de 2014). «Miss Grand Brazil 2017 is crowned in Tramandaí!». Global Beauties 
  11. FONTES, Henrique (4 de outubro de 2019). «Gabrielle Vilela parte para Mianmar em busca do título de Miss Grand International 2018!». CNB 
  12. FONTES, Henrique (1 de março de 2019). «Miss Grand Brasil 2019: São Paulo vence em noite memorável em Bento Gonçalves!». CNB 
  13. TORRES, Thailla (24 de maio de 2016). «Portuguesa de 21 anos, estudante de Jornalismo, é eleita Miss Mundo MS!». Campo Grande News 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]