Miss Moneypenny

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Moneypenny
Personagem da série James Bond
Lm007.jpg
Lois Maxwell na pele de Moneypenny, a quem incorporou no cinema por mais de duas décadas.
Organização MI-6
Profissão secretária de M
oficial da Marinha Real
Categoria aliada de James Bond
Status ativa
Interpretado(a) por Lois Maxwell, Caroline Bliss, Samantha Bond, Barbara Bouchet, Pamela Salem, Naomie Harris
Filmes todos à exceção de Casino Royale e Quantum of Solace.

Miss Moneypenny é o nome da personagem dos livros e filmes de James Bond que trabalha como secretária particular de M, chefe do Serviço de Inteligência Britânico, o MI-6, e do agente secreto 007. Apesar da personagem ter sempre apenas breves cenas nos filmes, seu maiores momentos vem dos flertes platônicos que tem com Bond,[1] algo virtualmente inexistente nos livros de Ian Fleming, mas momentos que se tornaram clássicos no cinema.

Monneypenny nunca recebeu um primeiro nome nos livros de Ian Fleming. Com o correr dos anos, após a morte de seu criador dois nomes lhe foram acrescentados, nenhum deles dado pelo autor original das aventuras de Bond: "Jane", em The Moneypenny Diaries (Diários de Moneypenny), uma publicação correlata ao universo de James Bond, num série de novelas publicadas entre 2005 e 2008 pela escritora e política britânica Samantha Weinberg (sob o pseudônimo de Kate Westbrook),[2] conselheira literária da Ian Fleming Publications e "Eve", pelos roteiristas de Skyfall, o filme da série realizado em 2012.[3]

A inspiração[editar | editar código-fonte]

Nos primeiros rascunhos de Casino Royale, o primeiro livro de Fleming sobre Bond, Moneypenny era chamada "Miss 'Petty' Pettaval", tirado de Kathleen Pettigrew, a assistente pessoal de Stewart Menzies, ex-chefe do MI-6. Fleming mudou o nome para que ficasse menos óbvio. Três mulheres são consideradas como inspiradoras do escritor para a criação da personagem: Margaret Priestley, que teve um papel importante na administração e funcionamento da Unidade de Assalto Comando 30, em que Fleming serviu na II Guerra Mundial,[4] Jean Frampton, que datilografava seus manuscritos e fez várias sugestões de enredos para ele, apesar dos dois nunca terem se encontrado,[5] e Joan Bright Astley, secretária do gabinete de guerra de Winston Churchill, que teve um breve romance com Fleming.[6]

Nos filmes[editar | editar código-fonte]

Naomie Harris, vista aqui em Skyfall, é a intérprete mais recente de Moneypenny.

Miss Moneypenny aparece em todos os filmes de James Bond feitos até hoje, oficiais ou independentes, à exceção dos dois primeiros de Daniel Craig como Bond, Casino Royale, de 2006, e Quantum of Solace, de 2008. Segundo o filme Com 007 Só Se Vive Duas Vezes, ela teria a patente de oficial náutico na Marinha Real Britânica.[7] Já na nova continuidade dos filmes de Craig, Eve Moneypenny era agente do MI-6 especializada em armas, até decidir que era inapta para o trabalho de campo e virar secretária do novo M.[8]

Quatro atrizes interpretaram Moneypenny nos filmes oficiais da Eon Productions: Lois Maxwell, que deu o rosto clássico da personagem em quatorze filmes do agente 007, de Sean Connery até Roger Moore, e foi escolhida pessoalmente por Fleming;[9] Originalmente, Maxwell havia sido escalada para o papel de Sylvia Trench, a primeira das bond-girls a aparecer nas telas e seu caso amoroso em dois filmes da série, mas acabou com o papel da secretária de M que faria por mais de vinte anos;[10] Caroline Bliss, nos filmes de Timothy Dalton na década de 80; Samantha Bond, nos quatro filmes em que Pierce Brosnan fez o papel do agente secreto; e Naomie Harris em Skyfall e 007 contra SPECTRE, os dois últimos filmes de Daniel Craig depois de uma ausência de dois filmes.[3] Além delas, nos filmes feitos sem participação da produtora oficial Eon, Barbara Bouchet interpreta o papel como uma Miss Moneypenny filha da original no filme-paródia 007 Casino Royale, de 1967, e Pamela Salem faz Moneypenny em 007 Nunca Mais Outra Vez, de 1983.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mail online:Revealed: The letters that show how Ian Fleming called on his REAL Miss Moneypenny to bring James Bond up to scratch
  2. «The Moneypenny Diaries Trilogy (2005 - 2008)». MI6. Consultado em 14 de novembro de 2012 
  3. a b «Moneypenny». Licensed to Kill. Consultado em 13 de novembro de 2012 
  4. «The story of Ian Fleming's TOP SECRET wartime Intelligence unit - 30AU». Consultado em 21 de dezembro de 2007 
  5. Fleming letters raise thousands BBC News,11 Abril 2008.
  6. «Obituary». The Independent. 28 de janeiro de 2009 
  7. «You Only Live Twice (1967)». filmsite.org. Consultado em 14 de novembro de 2012 
  8. Britt, Ryan. «License to Kill, Tenderly: Spoiler Review of Skyfall». tor.com. Consultado em 14 de novembro de 2012 
  9. Lois Maxwell, 80: James Bond's Moneypenny
  10. «Bond Girls - The Legacy». MI-6 The Home of James Bond. Consultado em 8 de fevereiro de 2016