Miss Universo 1989

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Data 23 de maio de 1989
Apresentadores John Forsythe e Karen Baldwin
Local Fiesta Americana Condesa Hotel, Cancún, México
Candidatas 76
Semifinalistas 10
Vencedora Angela Visser

Miss Universo 1989 foi a 38ª edição do concurso, realizada no Fiesta Americana Condesa Hotel, em Cancún, México, em 23 de maio daquele ano. Angela Visser, da Holanda, foi coroada derrotando outras 75 concorrentes de todo mundo.

Evento[editar | editar código-fonte]

Na época, o balneário mexicano de Cancún estava se consolidando um dos mais famosos pontos turísticos do planeta por suas praias e resorts, sendo assim escolhido pela Organização para sediar a edição daquele ano, a segunda cidade mexicana a receber o concurso.[1] Entretanto, esta edição inaugurou uma sequência produções pífias e um período de decadência do concurso.[2] Em compensação, as paisagens do lugar e as tomadas externas foram consideradas as melhores, devido à beleza natural da cidade.

Setenta e seis países participarem do concurso, que pela primeira vez viu a apresentação das candidatas ser feita por regiões geográficas do mundo na Parada das Nações. Alguns fatos decorrentes da edição foram a Miss França Stephanie Zlotkowski, ser mandada de volta para casa por ser menor de idade, Juliette Powell ser a primeira Miss Canadá negra e Andrea Steltzer, sul-africana de origem alemã, depois de impedida de participar pelo boicote à África do Sul,participou do certame alemão e acabou ganhado.[2]

Esta foi a última vez que a Europa apresentou um grupo forte de candidatas este ano e entre as favoritas do público e da imprensa estavam as Miss Suécia, Alemanha, Espanha, Holanda, Suíça, Irlanda,da Oceania vinha a Miss Austrália, a Miss USA Gretchen Polhemus, quinta Miss Texas consecutiva a ser eleita Miss EUA, e duas latino-americanas, Miss México Adriana Abascal e a Miss Brasil Flávia Cavalcanti, que acabou ganhando o prêmio de Melhor Traje Típico.

Pouco antes do anúncio do Top 10, o público de mais de 300 milhões de pessoas ao redor do mundo assistiu a um momento histórico pela televisão, que mostrou a primeira eleição na história de uma Miss União Soviética, ocorrida dias antes. A vencedora, que não foi coroada a tempo de participar do Miss Universo, apareceu na transmissão internacional desejando boa sorte às colegas e desejando que em breve seu país pudesse participar do concurso.[2]

As dez finalistas foram as misses Alemanha, Chile, Jamaica, Venezuela, Holanda, Suécia, Polônia, Finlândia, México e Estados Unidos, cinco européias entre elas. À medida que os desfiles da semifinal progrediam, ficava claro que Angela Visser ia se tornando a favorita da competição. Osmel Souza, presidente do Miss Venezuela e o principal missólogo do mundo, declarou que assim que viu Angela em Cancún sabia que ela ia vencer e que "era a mais bonita de todas, sem nenhuma dúvida".[2]

Visser, México, Polônia, Suécia e EUA, formaram o Top 5. Ao contrário dos anos anteriores não houve a pergunta final às candidatas e as notas que foram dadas pelos juízes foram de 1 a 5, sendo que a candidata que acumulasse mais pontos seria eleita a nova Miss Universo. Angela Visser, que no ano anterior não conseguiu passar das eliminatórias do Miss Mundo, foi eleita a primeira e até hoje única Miss Universo de seu país.

Depois de entregar seu título à norueguesa Mona Grudt no ano seguinte, Angela fez carreira em pequenos papéis na televisão americana, e nos anos 90 participou de seriados de tv como SOS Malibu, Beverly Hills 90210 e Friends.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Angela Visser, Miss Universo 1989, recebida pela avó na chegada a Amsterdã após o título.
Colocação Candidata País
Miss Universo 1989 Angela Visser Países Baixos Holanda
2º lugar Louise Drevenstam  Suécia
3º lugar Gretchen Polhemus  Estados Unidos
4º lugar Joanna Gapinska Polónia Polônia
5º lugar Adriana López  México
Semifinalistas (Top 10): Andrea Stelzer
María Mina Garachena
Aasa Lovdahl
Sandra Foster
Eva Larsdotter
 Alemanha
 Chile
 Finlândia
 Jamaica
 Venezuela
Premiações especiais
Miss Simpatia Sharon Simons Turks e Caicos Turks e Caicos
Miss Fotogenia Karen Wenden  Austrália
Melhor Traje Típico Flávia Cavalcanti  Brasil

Jurados[editar | editar código-fonte]

Onze personalidades internacionais compuseram o painel de jurados desta edição:[1]

  • Brenda Dykgraaf – campeã americana de ginástica aeróbica.
  • Phil Richards – maquiador.
  • Jacqueline Briskin – escritora americana especializada em ficção histórica.
  • José Eber – cabeleireiro francês.
  • Rosalynn Sumners – patinadora artística americana olímpica medalhista de prata e campeã nacional.
  • Michael Warren – ator americano de TV e ex-jogador de basquete universitário.
  • Josie Natori – estilistar filipina e CEO e fundadora da The Natori Company.
  • Giuseppe Della Schiava – Editor e publisher da Harper's Bazaar Italia.
  • Jane Feinberg – diretora de elenco.
  • Sy Weintraub – Ex-presidente da Columbia Pictures.
  • Emmanuel – cantor.

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a candidata eleita Miss Universo 1989. Em itálico, as semifinalistas.[3]

Referências

  1. a b «Miss Universe 1989». criticalbeauty.com. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  2. a b c d «Angela Visser - Miss Universe 1989». globalbeauties.com. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  3. «1989». pageantopolis.com. Consultado em 7 de junho de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]