Miss Universo 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Data 12 de maio de 2000
Apresentadores Sinbad, Ali Landry e Julie Moran
Local Eleftheria Indoor Hall
Nicósia, Chipre
Candidatas 79
Semifinalistas 10
Vencedora Lara Dutta

Miss Universo 2000 foi a 49ª edição do concurso, realizado em Nicósia, Chipre, em 12 de maio de 2000. Lara Dutta, da Índia, foi coroada por sua antecessora, Mpule Kwelagobe, de Botswana, Miss Universo 1999, vencendo 78 candidatas de todo o mundo. Sendo o local mitológico de nascimento de Afrodite, a deusa grega da beleza e uma alusão ao Julgamento de Páris, os organizadores ofereceram uma maçã de ouro à nova Miss Universo.[1]

Cidade sede[editar | editar código-fonte]

Nicósia, a capital cipriota, foi anunciada como sede do evento em 1 de julho de 1999. O governo local investiu US$3,5 milhões nele, na esperança de que a transmissão do concurso causasse um incremento no turismo local, a principal fonte de renda de Chipre.[2] Os líderes da conservadora Igreja Ortodoxa cipriota protestaram contra a decisão da ilha sediar o concurso, argumentando que a celebração do milênio do nascimento de Cristo era mais importante e que o evento era escandaloso e promoveria a nudez feminina.[3] A final do concurso no Eleftheria Indoor Hall foi realizada num cenário que reproduzia o antigo Anfiteatro Kourion.

Evento[editar | editar código-fonte]

Esta edição foi marcada por vários conflitos geopolíticos. A Turquia não enviou uma representante ao concurso, pela primeira vez em treze anos,por causa da legislação turca que proíbe que seus cidadãos viajem para a parte sul de Chipre.[4] As candidatas de Israel e do Líbano se recusaram a falar uma com a outra (algo que seria recorrente em edições futuras do concurso) e a Miss Zimbábue teve que lidar com os conflitos internos e a escalada de violência em seu país.[5] Também houve vários protestos de grupos religiosos e feministas que clamavam que o evento era anticristão e uma afronta para as mulheres.[6]

Desde o início do evento a Miss Índia, Lara Dutta, era considerada "aquela a ser batida"; sua beleza, inteligência e carisma brilharam por toda a competição.[7] O Top 10 foi formado por Índia, Venezuela, Espanha, Colômbia, Estônia, França, Zimbabwe, Canadá, EUA e África do Sul. O Top 3 final foi com Dutta, Claudia Moreno da Venezuela e Helen Lindes da Espanha. Dutta, de 22 anos, foi confrontada com uma espinhosa pergunta final sobre a questão dos protestos religiosos e feministas que aconteciam em Chipre e respondeu que acreditava que os concursos de beleza eram uma plataforma para que as mulheres pudessem ter suas opiniões ouvidas e ajudar outras a entrarem nos campos de atividade que elas pretendiam participar, como as Forças Armadas, o empreendedorismo e a política, entre outras coisas. Ela também respondeu que estes concursos tinham ajudado a tornar as mulheres de hoje fortes e individualmente independentes, por causa da ajuda que eles lhes deram em busca de afirmação pessoal. Com um raciocino rápido e uma resposta bem elaborada a uma pergunta difícil e complexa impressionou a audiência e os jurados, mostrando que Lara tinha não apenas uma grande beleza mas preparo intelectual. Muitos acreditam que isso selou sua vitória.

Depois de seu reinado, ela consolidou sua carreira em Bollywood, a indústria do cinema indiano, casou-se em fevereiro de 2010 com o tenista Mahesh Bhupathi e hoje tem uma filha. [7]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata País
Miss Universo 2000 Lara Dutta  Índia
2º lugar Claudia Moreno  Venezuela
3º lugar Helen Lindes Flag of Spain.svg Espanha
Semifinalistas (Top 5): Kim Yee
Lynette Cole
 Canadá
 Estados Unidos
Semifinalistas (Top 10): Catalina Acosta
Evelyn Mikomagi
Corinne Crewe
Sonia Rolland
Heather Hamilton
 Colômbia
 Estónia
 Zimbabwe
 França
África do Sul
Premiações especiais
Miss Simpatia Tamara Scaroni  Aruba
Miss Fotogenia Helen Lindes Flag of Spain.svg Espanha
Melhor Traje Típico Leticia Murray
Lara Duta
Corinne Crewe
 México
 Índia
 Zimbabwe
Melhor Traje de Banho Lara Dutta  Índia
Prêmio Estilo Clairol Leticia Murray  México

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a candidata eleita Miss Universo 2000. Em itálico, as semifinalistas.[4]

Fato[editar | editar código-fonte]

  • No mesmo ano em que Lara Dutta foi coroada Miss Universo, a Índia também conquistou o título do Miss Mundo com Priyanka Chopra,[8] vencendo os dois principais concursos internacionais no mesmo ano.

Referências

  1. «When Indians Danced 'Bhangra' In Cypress». SAM Entertainment 
  2. «News by Date for July 1999». Hellenic Resources Network. Consultado em 7 de junho de 2013 
  3. «Church and state feud over Miss Universe contest». Associated Press. 4 de agosto de 1999 
  4. a b «2000». pageantopolis. Consultado em 8 de junho de 2013. Arquivado do original em 8 de outubro de 2012 
  5. Joshi, Vijay (9 de maio de 2000). «Global conflicts cast shadows at Miss Universe pageant» 
  6. Efty, Alex (11 de maio de 2000). «Church, women's group denounce Miss Universe pageant» 
  7. a b «Lara Dutta - Miss Universe 2000». GlobalBeauties. Consultado em 8 de junho de 2013. Arquivado do original em 28 de maio de 2013 
  8. «2000». Miss World. Consultado em 8 de junho de 2013. Arquivado do original em 15 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]