Miss Universo 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Miss Universo 2018
Miss Universo 2018, Catriona Gray
Data 17 de dezembro de 2018[a]
Local Impact Arena, Pak Kret, Nonthaburi
País  Tailândia
Apresentação Steve Harvey
Ashley Graham
Carson Kressley
Lu Sierra
Atração musical Ne-Yo
Transmissão Internacional:
Emissora Oficial:
Brasil:
Candidatas 94
Semifinalistas 20
Estreias
Retiradas
Retornos
Melhor fantasia On-anong Homsombath
Laos
Vencedora Catriona Gray
Filipinas

Miss Universo 2018 foi a 67.ª edição do certame Miss Universo, realizado no dia 17 de dezembro de 2018[a] (16 de dezembro no hemisfério ocidental), na Impact Arena, localizada na cidade de Pak Kret, região norte de Nonthaburi, umas das províncias que fazem parte da Região metropolitana de Bangkok, capital da Tailândia. Candidatas de 94 países e territórios participaram do concurso deste ano, ultrapassando o número de 92 registrado em 2017, destas, 20 avançaram para a semifinal. No final da transmissão, a sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters, Miss Universo 2017 coroou a filipina Catriona Gray como sua sucessora, Miss Universo 2018.

A final foi transmitida pela terceira vez pela FOX, com transmissão simultânea em espanhol pela Azteca América. Esta foi a quarta vez consecutiva que Steve Harvey apresentou o concurso.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata País/Território
Miss Universo 2018 Catriona Gray Filipinas
2.ª colocada Tamaryn Green África do Sul
3.ª colocada Sthefany Gutierrez  Venezuela
(TOP 05)
Finalistas
Kiara Ortega
H´Hen Niê
 Porto Rico
 Vietnã
(TOP 10)
Semifinalistas
Marta Stępień
Natália Carvajal
Akisha Albert
Manita Devkota
Sophida Kanchanarin
 Canadá
Costa Rica
Curaçao
Flag of Nepal.svg Nepal
 Tailândia
(TOP 20)
Semifinalistas
Fracesca Hung
Zoe Brunet
Mayra Dias
Sarah Rose Summers
Dee-Ann Kentish Rogers
Enikő Kecskès
Sonia Fergina Citra
Grainne Gallanagh
Emily Maddison
Magdalena Swat
 Austrália
 Bélgica
 Brasil
 Estados Unidos
Reino Unido Grã-Bretanha
 Hungria
Indonésia
 Irlanda
 Jamaica
 Polónia
Premiações especiais
Melhor Traje Típico On-anong Homsombath Laos

Ordem dos anúncios[editar | editar código-fonte]

Processo de escolha da cidade-sede[editar | editar código-fonte]

China[editar | editar código-fonte]

A primeira opção como sede do Miss Universo 2018 foi a cidade de Hangzhou, na China, que usaria o evento como um teste para a realização dos Jogos Asiáticos de 2022. Porém, as negociações foram imediatamente canceladas quando o governo local se negou a transmitir o evento ao vivo devido a grande diferença de fuso horário entre a China e Nova Iorque (sede da Organização Miss Universo). Uma das cláusulas do contrato da cidade sede é que o concurso deve ser transmitido ao vivo no horário nobre da Costa Leste dos Estados Unidos, o que forçaria o início da transmissão para 8 horas da manhã na China.[1]

Filipinas[editar | editar código-fonte]

Com o cancelamento da proposta chinesa, surgiu a possibilidade que as Filipinas sediassem o evento novamente, já que o Miss Universo 2016 foi realizado no país.[1]

Alguns dias após o Miss Universo 2017, a Organização Miss Universo anunciou que o governo das Filipinas convidou Nel-Peters e mais algumas candidatas para visitar o país. A secretária de turismo, Wanda Teo, chegou a declarar que a Organização Miss Universo estava realmente interessada que o concurso retornasse ao país e que o presidente Rodrigo Duterte deu autorização para o mesmo, já que o país também sediaria a Cúpula da Asia Oriental.[2] Nessa visita, foi anunciado que a decisão final seria tomada.[3] Em abril do mesmo ano, Teo perguntou se o concurso poderia ser realizado na Ilha de Boracay que estava fechada por seis meses.[1] Em 6 de maio, Teo divulgou que existia "90% de chance" do concurso ser realizado no país e que estavam procurando novos patrocinadores, já que a LCS Holdings Inc. de Chavit Singson, que foi o principal patrocinador do concurso havia anunciado que não iria investir mais no concurso.[4] A sucessora de Wanda Teo, Bernadette Romulo-Puyat anunciou em 18 de maio de 2018 que o país estava abrindo mão do concurso, devido a fatores econômicos e que também o concurso foi realizado no país recentemente.[5]

Tailândia[editar | editar código-fonte]

Em 31 de julho de 2018, Bangkok foi escolhida como a sede da edição de número 67 e realizada na manhã do dia 17 de dezembro. Com a confirmação oficial, esta será a terceira vez que o concurso será realizado na cidade, a primeira vez foi em 1992, no recém inaugurado Centro de Convenções Nacional Rainha Sirikit e a segunda vez em 2005, quando a mesma Impact Arena sediou pela primeira vez o concurso.[6] A grande final deverá começar as 07 horas da manhã do dia 17 de dezembro local, sendo 19 horas do dia anterior em Nova Iorque (sede do Miss Universo). A final será novamente comandada por Steve Harvey.

Final[editar | editar código-fonte]

O cantor Ne-Yo,convidado pela organização para se apresentar na final.

A grande final foi transmitida ao vivo da Impact Arena,em Bangkok,na Tailândia,na manhã do dia 17 de dezembro de 2018.(Para o hemisfério ocidental ainda será a noite do dia 16 de dezembro).

Formato da Final[editar | editar código-fonte]

A grande mudança neste concurso foi o retorno do número de semifinalistas para 20 (número apenas usado no Miss Universo 2006) .Estas 20 semifinalistas foram conhecidas nos três primeiros blocos da final e foi selecionado pelo mesmo júri que irá decidir quem será a nova Miss Universo (agora chamado de Comitê de Seleção).15 candidatas foram escolhidas por seu resultados durante as três etapas preliminares da competição e 5 ganharam um wildcard da Organização Miss Universo por serem consideradas uma boa opção para serem Miss Universo.

Durante uma entrevista a emissora colombiana RCN Paula Shugart,que é a presidente da Organização Miss Universo,declarou que devido a diversas polêmicas em concursos anteriores,a categoria de Miss Internet foi removida.Assim,uma candidata não se classificará para o Top 20 pelos votos do público.Entretanto,a classificação por grupos continentais será mantida.Tal como no ano anterior as candidatas estavam classificadas por grupos continentais e que a divisão desses grupos foi mantida :As candidatas continuarão divididas por 3 grupos: Américas, Europa e um grupo que combinava África e Ásia-Pacífico,de cada um desses grupos saíram 5 semifinalistas (5x3 = 15 semifinalistas); outras 5 irão ganharam um "wildcard" da Organização Miss Universo por serem consideradas boas opções para serem coroadas.[7]

Estas agora 20 semifinalistas foram novamente avaliadas pelas mesmas juradas que as avaliaram durante as preliminares.Mas agora com as suas pontuações zeradas.[8]

  • As 20 semifinalistas competiram em uma área nova de competição chamada de Discurso de Abertura aonde que em 15 segundos tiveram que apresentar um discurso preparado anteriormente,sobre,um tema previamente escolhido pela Organização.10 candidatas serão eliminadas nesta fase.
  • As 10 restantes competiram na prova do traje de banho e no traje de gala;apenas as 5 primeiras colocadas permaneceram na disputa.
  • As agora 5 finalistas foram para a "Pergunta Temática".
  • Na etapa da "pergunta temática",as candidatas responderam uma pergunta especificamente feita para cada uma delas,relacionadas a algum tema de atualidades sobre o seu país ou a causa que irão defender durante o seu reinado; 2 foram eliminadas.
  • As 3 agora finalistas irão responder a mesma pergunta e posteriormente irão para o "final look", aonde o painel de juradas decidiram as posições finais.A decisão foi baseada na média das notas de cada etapa e também na impressão que cada candidata deixou ao longo da noite.

Preliminares[editar | editar código-fonte]

Na noite do dia 13 de dezembro, todas as candidatas desfilaram perante as juradas,primeiro em traje de banho e depois de traje de noite,naquilo que é chamado de Preliminares, que foi apresentado por Demi-Leigh Nel-Peters, Miss Universo 2017 e Piyawat Kempetch, que é um dos principais apresentadores da televisão tailandesa[9]; as 94 candidatas se apresentaram perante as juízas,que fizeram a sua decisão de acordo com o que foi visto naquela noite; previamente, as candidatas foram entrevistadas,pelo pool de juradas,privativamente, acompanhadas de Paula Shugart.

Juradas[10][11][editar | editar código-fonte]

Numa das mudanças apresentadas pela Organização Miss Universo,foi criado o Comitê de Seleção ,em que 7 mulheres de diversas origens e backgrounds farão parte da banca de juradas.Esta é a primeira vez em 64 anos de Miss Universo em que a banca de jurados foi composta exclusivamente mulheres.[12]

Candidatas[editar | editar código-fonte]

94 candidatas foram confirmadas no concurso:[13]

País/Território Candidata Idade Altura Cidade/Região
África do Sul Tamaryn Green 24 1.76 m Paarl
 Albânia Trejsi Sejdini 18 1.83 m Elbasani
 Alemanha Céline Flores Willers 25 1.78 m Munique
 Angola Ana Liliana Avião[14] 24 1.83 m Andulo
 Argentina Agustina Belén Pivowarchuk 22 1.78 m Buenos Aires
 Armênia Eliza Muradyan[15] 25 1.70 m Erevan
 Aruba Kimberly Julsing 20 1.75 m Oranjestad
 Austrália Francesca Hung 24 1.78 m Sydney
 Bahamas Danielle Grant 24 1.75 m Nassau
 Barbados Meghan Theobalds 26 1.85 m Bridgetown
 Bélgica Zoé Brunet 18 1.75 m Jemeppe-sur-Sambre
 Belize Jenelli Fraser 27 1.70 m Cidade de Belize
 Bolívia Joyce Prado 21 1.83 m Santa Cruz de la Sierra
 Brasil Mayra Dias[16] 27 1.79 m Itacoatiara[17]
 Bulgária Gabriela Topalova 22 1.93 m Plovdiv
Camboja Nat Rern[18] 23 1.70 m Kampong Cham
 Canadá Marta Magdalena Stępien 24 1.78 m Windsor
Cazaquistão Sabine Zairovna Azimbaeva[19] 18 1.78 m Almaty
 Chile Andrea Díaz 26 1.78 m Santiago
 China Meisu Qin 25 1.79 m Anshan
 Colômbia Valeria Morales 20 1.74 m Cali
 Coreia do Sul Ji Hyun Baek 21 1.78 m Daegu
Costa Rica Natalia Carvajal Sánchez[20] 28 1.76 m San José
 Croácia Mia Susana Pojatina[21][22] 23 1.75 m Nova Gradiška
Curaçao Akisha Albert 23 1.78 m Willemstad
 Dinamarca Helena Heuser 21 1.80 m Copenhague
 Egito Nariman Khaled 22 1.68 m Cairo
El Salvador Marisela de Montecristo 26 1.75 m San Salvador
Equador Virginia Stephanie Limongi Silva[23] 24 1.78 m Portoviejo
 Eslováquia Barbora Hanová 24 1.68 m Lučenec
Flag of Spain.svg Espanha Angela Ponce Camacho 27 1.73 m Sevilla
 Estados Unidos Sarah Rose Summers[24] 23 1.65 m Omaha
Filipinas Catriona Elisa Gray[25] 24 1.78 m Albay
 Finlândia Alina Voronkova 23 1.70 m Lahti
 França Eva Colas[26] 21 1.68 m Bastia
Gana Akpene Diata Hoggar 24 1.75 m Tefle
 Geórgia Lara Yan 25 1.79 m Telavi
Reino Unido Grã-Bretanha Dee-Ann Kentish Rogers[27] 25 1.75 m Birmingham
 Grécia Ioanna Bella 22 1.82 m Véria
Guam Athena Su McNinch 20 1.70 m Mangilao
 Guatemala Mariana García 19 1.78 m Cidade da Guatemala
Haiti Samantha Colas 26 1.80 m Porto Príncipe
Honduras Vanessa Villars 20 1.78 m Tegucigalpa
 Hungria Enikő Kecskès 21 1.75 m Budapeste
Ilhas Cayman Caitlin Tyson 24 1.75 m Savannah
Ilhas Virgens Americanas Aniska Tonge 27 1.72 m Charlotte Amalie
Ilhas Virgens Britânicas Ayana Phillips 23 1.70 m Sea Cow Bay
 Índia Nehal Chudasama 22 1.74 m Mumbai
Indonésia Sonia Fergina Citra[28] 26 1.78 m Bangka Belitung
 Irlanda Grainne Gallanagh 24 1.75 m Donegal
 Islândia Katrín Lea Elenudóttir 19 1.70 m Reykjavík
 Israel Nikol Kirat Reznikov[29] 18 1.70 m Afula
 Itália Erica De Matteis 24 1.78 m Roma
 Jamaica Emily Maddison 19 1.78 m Kingston
 Japão Yuumi Kato[30] 21 1.75 m Aichi
Kosovo Zana Berisha 19 1.70 m Suhareke
Laos On-anong Homsombath 23 1.68 m Vientiane
Líbano Maya Reaidy 22 1.73 m Tannourine
 Malásia Jane Teoh Jun[31] 20 1.78 m Penang
 Malta Francesca Mifsud 22 1.71 m Żejtun
Maurícia Ariska Varsha Ragoobarsing[32] 25 1.65 m Savanne
 México Andrea Toscano[33] 19 1.75 m Manzanillo
Mianmar Hnin Thway Yu Aung[34] 21 1.68 m Tachileik
Mongólia Dolgion Delgerjav 27 1.73 m Ulan Bator
Namíbia Selma Kamanya 21 1.75 m Windhoek
Flag of Nepal.svg Nepal Manita Devkota[35] 23 1.73 m Gorkha
Nicarágua Adriana Paniagua[36] 22 1.73 m Chinandega
Nigéria Aramide Oluwatobi Lopez 20 1.86 m Lagos
 Noruega Susanne Næss Guttorm 21 1.75 m Karasjok
 Nova Zelândia Estelle Curd 27 1.78 m Auckland
 Países Baixos Rahima Dirkse 24 1.80 m Roterdã
 Panamá Rosa Iveth Montezuma 25 1.68 m Alto Caballero
 Paraguai María Belén Alderete Gayoso 24 1.75 m Assunção
 Peru Romina Lozano[37] 21 1.78 m Callao
 Polónia Magdalena Swat 27 1.73 m Ostrowiec Świętokrzyski
 Porto Rico Kiara Ortega 25 1.70 m Rincón
Portugal Portugal Filipa Barroso 19 1.75 m Setúbal
 Quênia Wabaiya Kariuki 20 1.65 m Nairóbi
 Quirguistão Begimay Karybekova[38] 20 1.78 m Bishek
 República Checa Lea Šteflíčková 20 1.80 m Ústí nad Labem
República Dominicana Aldy Bernard 22 1.80 m Laguna Salada
 Rússia Yulia Polyachikhina 18 1.78 m Cheboksary
Santa Lúcia Angella Dalsou 24 1.68 m Castries
 Singapura Zahra Khanum 23 1.63 m Cidade de Singapura
Sri Lanka Ornella Gunesekere 26 1.70 m Mount Lavinia
 Suécia Emma Strandberg 22 1.76 m Hallstahammar
Suíça Jastina Doreen Riederer 20 1.75 m Spreitenbach
 Tailândia Sophida Kanchanarin 23 1.69 m Banguecoque
 Turquia Tara de Vries 19 1.75 m Istanbul
 Ucrânia Karina Zhosan 23 1.80 m Odessa
Uruguai Sofía Marrero 18 1.78 m Montevidéu
 Venezuela Sthefany Gutiérrez[39] 19 1.80 m Barcelona
 Vietnã H’Hen Niê[40] 26 1.73 m Đắk Lắk
 Zâmbia Melba Shakabozha 23 1.80 m Livingstone

Designações[editar | editar código-fonte]

  • Agustina Pivowarchuk (Argentina) foi escolhida a Miss Argentina 2018, após a realização de um casting por parte da Endemol Argentina, juntamente com a TNT América Latina, que são os franqueados locais.
  • Zoe Brunet (Bélgica) foi indicada pelo Miss Bélgica para representar o país no Miss Universo, porque a vencedora do Miss Bélgica 2018, Angeline Flor Pua, será enviada ao Miss Mundo 2018. Originalmente, Pua seria enviada aos dois concursos, mas devido ao choque de datas entre os dois, ela só irá competir no Miss Mundo.
  • Meisu Qin (China) assumiu o título de Miss Universo China 2017, pois terminou o Miss Universo China 2017 em terceiro lugar. Roxette Qiu que foi uma das semifinalistas no Miss Universo 2017 e sua suplente foram destituídas devido a uma quebra de contrato por parte delas e o franqueado nacional. Como consequência e por falta de tempo hábil para se organizar o concurso de 2018, Meisu acabou sendo indicada para representar o país, pois ficou em terceiro lugar no concurso nacional de 2017.
  • Helena Hauser (Dinamarca) foi designada como a "Miss Dinamarca" pela nova franqueada local. Helena tinha ganhado o mesmo concurso em 2016, mas não pode participar do concurso de 2017.
  • A'yana Phillips (Ilhas Vírgens Britânicas) foi designada por Alessia Hamm, diretora local do Miss Ilhas Virgens Britânicas. A'yana foi a segunda colocada no Miss BVI no ano anterior.
  • Eva Colas (França) foi indicada pelo Miss França, devido ao fato de que a Miss França 2018, Maeva Coucke será enviada para o Miss Mundo 2018.
  • Begimay Karybekova (Quirguistão) foi indicada pelo franqueado local após ganhar o Miss Quirguistão 2017.
  • On-anong Homsombath (Laos) foi indicada pelo franqueado local após ficar em segundo lugar no Miss Laos 2017.
  • Filipa Barroso (Portugal) foi indicada por ter sido a Miss República Portuguesa 2017.
  • Sofia Marreiro (Uruguai) foi escolhida a Miss Uruguai 2018, após a realização de um casting por parte do franqueado local.

Estreias[editar | editar código-fonte]

Retornos[editar | editar código-fonte]

Competiram pela última vez em Las Vegas 2015:

Competiram pela última vez em Pasay 2016:

Desistências[editar | editar código-fonte]

  •  Áustria – O franqueado local devolveu a licença para a Organização Miss Universo.[41]
  •  Eslovênia – Devido a problemas internos na franqueada local,o Miss Universo Eslovênia 2018 foi cancelado.[42]
  •  Iraque e Roménia – O franqueado local não se manifestou sobre o interesse de inscrever uma candidata desses países.
  •  Etiópia – Não haverá o concurso nacional neste ano.[43]
  • Guiana – A franqueada local está suspensa até 2020.[44]
  • Tanzânia – Não haverá o concurso nacional neste ano.[45]
  • Trinidad e Tobago – O concurso nacional foi cancelado por falta de patrocínio, assim, o franqueado local decidiu não enviar nenhuma candidata. Esta confirmação desmente os rumores de que Matricia Alleyne tinha sido indicada como a Miss Universo Trinidad & Tobago 2018.[46]

Observações[editar | editar código-fonte]

  • Serra Leoa – Maria Esther Bangura teve problemas relacionados ao seu visto para a Tailândia e com os voos que a levariam para Bangkok, não conseguindo chegar a tempo de se inscrever oficialmente para o concurso.Ela recebeu as boas vindas por parte da Organização Miss Universo e pôde assistir a final com o público que estava na Impact Arena. Ela também confirmou que a Organização Miss Universo aceitou a sua participação no Miss Universo 2019.[47]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • a O evento foi realizado às 07:00, hora local na Tailândia (UTC+7); nas Américas, o dia ainda era 16 de dezembro, em seus horários locais.

Referências

  1. a b c Afinidad-Bernardo, Deni Rose (2 de maio de 2018). «Organizer: Miss Universe Organization preparing for Philippines' 2018 hosting». The Philippine Star. Consultado em 9 de maio de 2018 
  2. «Miss Universe Organization wants Philippines to host the pageant again» (em inglês) 
  3. «Philippines eyed as Miss Universe 2018 host, Tourism chief insists» (em inglês) 
  4. «90% chance for another Miss U in PH: Teo». Philippine Canadian Inquirer. Philippine News Agency. 6 de maio de 2018. Consultado em 9 de maio de 2018 
  5. «No Miss Universe hosting for PH this year, says tourism chief». ABS-CBN News. 18 de maio de 2018 
  6. «Thailand to host Miss Universe 2018 as pageant returns to Asia». ABS-CBN News. 31 de julho de 2018. Consultado em 31 de julho de 2018 
  7. «Reinas PPF on Instagram: "Mi Tia Paula Shugart @realpaulashugart ya lo dijo NO HAY VOTO DEL PÚBLICO, les dejo la nota para quienes me preguntan por supuestas…"». Instagram (em inglês). Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  8. News, ABS-CBN. «'No live voting this year': Catriona Gray details new Miss Universe format». ABS-CBN News. Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  9. Miss Universe. 2018 Miss Universe Preliminary Competition. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  10. «Miss Universe Competition». Miss Universe (em inglês). Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  11. Rappler.com. «Miss Universe 2018 will have all-female panel of judges». Rappler (em inglês). Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  12. «Miss Universe Competition». Miss Universe (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  13. «Miss Universe 2018 Contestants». Miss Universe. 25 de outubro de 2018 
  14. «Ana Avião é eleita Miss Angola 2018». Interlusofona. 27 de maio de 2018 
  15. «Միսս Տիեզերքի» հայ մասնակցի ընտրության մանրամասները, ցուցադրության ֆոտոշարքն ու լավագույն հնգյակը». Tert.am Life. 5 de julho de 2018 
  16. «Miss Amazonas Mayra Dias é eleita Miss Brasil 2018». O Globo. 27 de maio de 2018 
  17. «Natural de Itacoatiara, amazonense Mayra Dias é coroada Miss Brasil 2018». A Crítica. 26 de maio de 2018 
  18. «Rern Nat crowned as Miss Universe Cambodia 2017» (em inglês) 
  19. «"Мисс Алматы 2017": в Южной столице выбрали самую красивую девушку года». zakon.kz 
  20. [1]
  21. seng12900 .beautypageant (21 de abril de 2018). Miss Universe Croatia 2018 - Crowning Moment. Consultado em 21 de abril de 2018 
  22. «Miss Universe Croatia 2018». TKOP 
  23. «La Manabita Virginia Limongi es la nueva Miss Ecuador». www.eldiario.ec (em espanhol). Consultado em 5 de maio de 2018 
  24. «Sarah Rose Summers, do Nebraska, é a nova miss EUA» 
  25. «Watch: Catriona Gray Named as Binibining Pilipinas 2018 Miss Universe Winner». www.zeibiz.com (em inglês). Consultado em 18 de março de 2018 
  26. «Miss France 2018 est Maëva Coucke, Miss Nord-Pas-de-Calais !» (em francês) 
  27. «Dee-Ann Kentish Rogers crowned Miss Universe Great Britain 2018» (em inglês). Pageanthology. 15 de julho de 2018 
  28. «Puteri Indonesia 2018 final». Puteri Indonesia Página oficial 
  29. «נערת ישראל היא מיכל מורדוב, חיילת משוחררת בת 20 מתל אביב.» (em Hebreo) 
  30. «Yuumi Kato is Miss Universe Japan 2018». Missosology. Consultado em 19 de março de 2018 
  31. «Student Jane Teoh crowned Miss Universe Malaysia 2018» (em inglês) 
  32. [2]
  33. «Ella representará a México en Miss Universo 2018» 
  34. «Hnin Thway Yu Aung crowned as Miss Universe Myanmar 2018» (em inglês) 
  35. «Miss Nepal 2018 Winners» 
  36. «Adriana Paniagua triunfa en Miss Nicaragua 2018» 
  37. «Romina Lozano es la ganadora del certamen» 
  38. «Begimay Karybekova crowned Miss Universe Kyrgyzstan 2018». Pageanthology_101. Consultado em 11 de maio de 2018 
  39. «Sthefany Gutiérrez es Miss Venezuela 2017». Consultado em 21 de maio de 2018. Arquivado do original em 28 de abril de 2018 
  40. «Ethnic model crowned Miss Universe Vietnam» (em inglês) 
  41. https://www.globalbeauties.com/news/2018/10/9/miss-austria-2018-dethroned
  42. «A Eslovênia não irá competir no Miss Universo 2018». Miss Universe Slovenija. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  43. «Infelizmente,o Miss Etiópia não será realizado em 2018». Miss Universe Ethiopia. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  44. «Guyana barred from participating in Miss Universe pageant». stabroeknews.com. Consultado em 19 de julho de 2018 
  45. «O Miss Tanzânia não será realizado neste ano». Miss Universe Tanzania. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  46. https://www.facebook.com/misstrinidadandtobagouniverse/
  47. https://www.facebook.com/204172289616124/posts/2247580048608661/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]