Mistérios de Lisboa (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mistérios de Lisboa
Portugal Portugal
2010 •  cor •  272 min 
Realização Raúl Ruiz
Produção Paulo Branco
Argumento Carlos Saboga
Baseado em Mistérios de Lisboa
de Camilo Castelo Branco
Elenco Adriano Luz
Maria João Bastos
Ricardo Pereira
Género drama, mistério
Música Jorge Arriagada
Luís Freitas Branco
Direção de arte Isabel Branco
Edição Valeria Sarmiento
Carlos Madaleno
Lançamento Portugal 21 de outubro de 2010
Idioma português
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Mistérios de Lisboa é um filme português de 2010 realizado por Raúl Ruiz, baseado no livro homónimo de Camilo Castelo Branco.[1] O filme estreou-se no dia 21 de outubro de 2010, em Portugal.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Pedro da Silva, um órfão de 14 anos, é a personagem unificadora de várias histórias entrelaçadas e interligadas que atravessam todo o século XIX. O filme baseia -se na obra homónima de Camilo Castelo Branco.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Participação especial[editar | editar código-fonte]

Versão televisiva[editar | editar código-fonte]

O filme foi também transmitido em formato de série de televisão, com um total de seis episódios de uma hora cada, intitulados:

  1. O Menino Sem Nome
  2. O Conde de Santa Bárbara
  3. O Enigma do Padre Dinis
  4. Os Crimes de Anacleta dos Remédios
  5. Blanche de Montfort
  6. A Vingança da Duquesa de Cliton.

A minissérie foi transmitida pela primeira vez na televisão portuguesa pela RTP1 no dia 29 de maio de 2011.[3]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Festival de San Sebastián 2010 (Espanha)[4]

  • Prémio de melhor realizador (Concha de Prata)

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2010 (Brasil)[5]

  • Recebeu o Prémio da Crítica.

Prémio Louis-Delluc 2010 (França)[6]

  • Prémio Louis Delluc de melhor filme

Globos de Ouro 2011 (Portugal)[3]

  • Globo de Ouro de melhor filme
  • Globo de Ouro de melhor ator: Adriano Luz (padre Dinis)
  • Globo de Ouro de melhor atriz: Maria João Bastos (Ângela de Lima)

Referências

  1. «"Mistérios de Lisboa" em estreia esta semana nos Estados Unidos». Público. Publico.pt. Consultado em 19 de agosto de 2011 [ligação inativa]
  2. Marta Martins Silva (15 de Outubro de 2013). «Rui Neto: "Podemos ser país das maravilhas"». Grupo Cofina. Jornal Correio da Manhã. Consultado em 18 de Dezembro de 2013. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2013 
  3. a b «Mistérios de Lisboa foi o grande vencedor dos Globos de Ouro na categoria de Cinema». Misteriosdelisboa.com. 30 de maio de 2011 
  4. «Mistérios de Lisboa recebe Concha de Prata em San Sebastián». Misteriosdelisboa.com. 25 de setembro de 2010 
  5. «Mistérios de Lisboa vence Prémio da Crítica na Mostra de São Paulo». Misteriosdelisboa.com. 4 de novembro de 2010 
  6. «Mistérios de Lisboa vence Prémio Louis-Delluc». Misteriosdelisboa.com. 17 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.