Mitologia finlandesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o portal:

A mitologia dos finlandeses possui muitos aspectos compartilhados com os povos Povos fínicos na Mitologia estoniana e com seu vizinhos não-fínicos, os Bálticos e os Escandinavos. Seu mitos são também compartilhados com outros populações de Línguas fino-úgricas, como os Lapões. A mitologia finlandesa sobreviveu com a tradição oral de poemas míticos cantados e com o folclore no Século XVIII.

Apesar da influência gradual das culturas ao redor, à significância do deus-céu em uma maneira Henoteica, o deus-pai "Ukko" (Ancião, Homem Velho) era orignialmente so um espirito da natureza com todos os outros. O animal mais sagrado, cujo nome real nunca era proferido em voz alta, era o Urso. O urso era visto como a incorporação dos antepassados - por isso era chamado por varios eufenismos: "Mesikämmen" (Pata de Hidromel), "Otso" ("Grande Sobrancelha"), "Kontio" ("Morador da Terra"), Metsän Kuningas (Rei da Floresta).

Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.