Mixed Nuts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme de 1922, estrelando Stan Laurel, veja Mixed Nuts (1922).
Mixed Nuts
Tarados de Todo (PT)
Um Dia de Louco (BR)
Pôster de divulgação.
 Estados Unidos
1994 •  cor •  97 min 
Direção Nora Ephron
Produção Delia Ephron
Joseph Hartwick
Paul Junger Witt
James W. Skotchdopole
John Solomon
John L. Solomon
Tony Thomas
Roteiro Nora Ephron
Delia Ephron
Elenco Steve Martin
Madeline Kahn
Robert Klein
Anthony LaPaglia
Juliette Lewis
Rob Reiner
Adam Sandler
Liev Schreiber
Garry Shandling
Rita Wilson
Parker Posey
Jon Stewart
Joely Fisher
Gênero Comédia
Música George Fenton
Cinematografia Sven Nykvist
Edição Robert M. Reitano
Distribuição TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 21 de dezembro de 1994
Brasil 17 de fevereiro de 1995
Idioma Inglês
Orçamento US$15 milhões
Receita US$6,821,850
Página no IMDb (em inglês)

Mixed Nuts (br: Um Dia de Louco - pt: Tarados de Todo) é um filme de comédia de Natal de 1994 dirigido por Nora Ephron, baseado no filme de comédia francês, Le Père Noël est une ordure de 1982. O elenco inclui Steve Martin, Madeline Kahn, Rita Wilson, Anthony LaPaglia, Garry Shandling, Juliette Lewis e Adam Sandler. Ele foi lançado nos cinemas nos Estados Unidos em 21 de dezembro de 1994, para não receber nem aclamação da crítica nem sucesso comercial, e é muitas vezes considerado por alguns como um dos piores filmes já feitos.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

É véspera de Natal na Lifelines, um serviço telefônico de ajuda psiquiátrica de Venice Beach, na Califórnia. O gerente Philip (Steve Martin) acaba de saber que o proprietário do imóvel o está despejando e, de repente, tudo ao redor do local parece tão em crise quanto os pacientes que estão entupindo as linhas telefônicas. Durante toda a madrugada, os personagens envolvidos – como a tímida Catherine (Rita Wilson) e a grávida Gracie (Juliette Lewis) – aprendem que o Natal pode ser um período feliz, sem a necessidade de preocupações com seu estado mental. Da mesma diretora de Sintonia de Amor, Nora Ephron.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Mixed Nuts
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 22 de novembro de 1994
Gênero(s) Canções de Natal
Duração 37:56
Gravadora(s) Sony Music
Produção George Fenton
  1. Mixed Nuts – Dr. John (02:29)
  2. I'll Be Home For ChristmasFats Domino (04:08)
  3. Santa BabyEartha Kitt (03:26)
  4. Jingle Bells – Eastern Bloc (02:25)
  5. Blue ChristmasLeon Redbone (02:24)
  6. What Are You Doing New Year's Eve? – The O'Jays (05:14)
  7. Mixed Notes – George Fenton (03:48)
  8. Grape Jelly – Adam Sandler (01:25)
  9. Christmas Melody – George Fenton (02:54)
  10. The Night Before Christmas – Carly Simon (03:39)
  11. Silent NightBaby Washington (03:23)
  12. White ChristmasThe Drifters (02:41)[1]

Recepção[editar | editar código-fonte]

De acordo com o site da Box Office Mojo, Mixed Nuts tinha um bruto de apenas $6,821,850. Rotten Tomatoes dá para Mixed Nuts uma classificação 7% "podre".

Os críticos garimparam o filme. A revisão de Janet Maslin em 21 de dezembro de 1994 no New York Times mencionou um cadáver retratado na história e escreveu que Mixed Nuts "é tão engraçado como aquele cadáver e tão natural".[2] Variety escreveu: "A diretora/co-roteirista Nora Ephron lança o humor em um nível cacofônico e exibe o equivalente comédia de dois pés esquerdos em evoluir um fio de absurdo, palhaçada. Verdadeiramente preocupante é ver alguns artistas finos, incluindo Kahn e LaPaglia, no seu muito pior".[3] Roger Ebert do Chicago Sun-Times escreveu: "O filme tem um elenco de primeira linha e equipe; seu primeiro trabalho de direção de Nora Ephron desde o maravilhoso Sleepless in Seattle [...] Talvez tenha muito talento. Cada personagem brilha com tanta intensidade do brilho e invenção cômica inesgotável de tal forma que o filme se torna cansativo, como muitos palhaços".[4] Michael Dwyer no Irish Times, revisando Mixed Nuts aquando do seu lançamento europeu, chamado o filme de Ephron como "um esforço verdadeiramente patético", e "um dos piores filmes que eu já vi".[5]

Referências

  1. Mixed Nuts(1994). SoundTrackCollector.com.
  2. Maslin, Janet (21 de dezembro de 1994). «Film Review; Hysterics All Dressed Up for the Holidays». New York Times 
  3. «Mixed Nuts». Variety. 31 de dezembro de 1993 
  4. Ebert, Roger (21 de dezembro de 1994). «Mixed Nuts». Chicago Sun-Times 
  5. Dwyer, Michael (22 de dezembro de 1995). «Some Turkeys, Some Golden». The Irish Times. p. 11 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]