Moacir de Ogum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Moacyr Barreto Nobre também conhecido como Moacir de Ogum ou Oguntòsi natural da Ilha de Itaparica, Bahia, 1934 - 2001), babalorixá fundador do Terreiro de Candomblé Ilê Axé Ogum Alakaye, foi, por uma indicação de Babá Agboulá a Mãe Senhora, por ela iniciado em 1960 no Ilê Axé Opó Afonjá, tendo sido o primeiro iniciado do sexo masculino na história daquela casa a receber balaio de Axé.

Por conta do seu incomparável conhecimento religioso, detinha os postos de Balogun do Ilê Ogum do Ilê Axé Opó Afonjá, e do Ilê Agboulá na Ilha de Itaparica.

Pai Moacir de Ogum foi muito conhecido em Salvador, respeitado e acolhido nas Casas Tradicionais da Cultura Ketú (Terreiro do Gantois, Casa Branca do Engenho Velho, Ilê Asipá, Ilê Agboulá, Ilê Aganjú, Ilê Mariolaje, Pilão de Prata e outras.)

Guerreiro matreiro (Para Moacir, em memória)
Tinhoso, veloz, concreto.
Boné vermelho, esperto.
Pé na estrada.
Malabarista.
Muita risada.
Seleto.
Vocifera samba.
Exigente na roda de bamba.
Pavio nervoso, guerreiro.
Delgado pastor feiticeiro.
Olhar ligeiro, reto.
Cérebro desenhista.
Intrigante.
Especialista.
Passos fortes.
Conquista.
Matreiro, ferino, discreto.
Voa livre o esgrimista!
Na luz da luz liberto,
por todo o sempre artista. Cléo Martins

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre candomblé é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.