Moacyr Fenelon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Moacir Fenelon de Miranda Henriques (Patrocínio do Muriaé, 5 de novembro de 1903Rio de Janeiro, 14 de agosto de 1953), mais conhecido como Moacyr Fenelon, foi um cineasta e produtor brasileiro, membro da família luso-brasileira dos Miranda Henriques.

Foi um dos fundadores da Atlântida Cinematográfica (juntamente com José Carlos Burle). Destacou-se como importante batalhador em defesa do cinema brasileiro. Seus primeiros filmes, É proibido sonhar (1943),[1] Gente honesta (1944) e Vidas solitárias (1945), revelam uma preocupação social e um realismo raros na época.[carece de fontes?] Em 1946 dirigiu Sob a Luz do Meu Bairro.[2] Em 1952 dirigiu Tudo azul, considerado seu melhor filme, produzido na Flama Filmes, de sua propriedade.

Referências

  1. Cinemateca Brasileira, É proibido sonhar [em linha]
  2. Cinemateca Brasileira, Sob a Luz do Meu Bairro [em linha]