Moacyr Ribeiro Briggs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Moacyr Ribeiro Briggs
Nascimento 10 de julho de 1900
Niterói
Morte 19 de abril de 1968 (67 anos)
Rio de Janeiro

Moacyr Ribeiro Briggs (Niterói, 10 de julho de 1900Rio de Janeiro, 19 de abril de 1968) foi um diplomata brasileiro.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Filho de Arthur Eduardo Raoux Briggs e Francisca Eduarda Ribeiro, casou com Zenilda Novaes. Estudou na Universidade Federal Fluminense e foi bacharel em leis na Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1923. Em 1918 começou a trabalhar no Serviço Exterior do Itamaraty. De 1938 a 1941 foi Chefe Adjunto do Departamento de Gestão do Itamaraty. A partir de 1942 chefiou a Divisão de Organização e Coordenação do Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP), as relações públicas do presidente.

Diretor do DASP:

  • De 6 de novembro de 1945 a 12 de dezembro de 1945 na presidência de José Linhares
  • De 24 de fevereiro de 1961 a 25 de agosto de 1961 na presidência de Jânio Quadros
  • De 25 de agosto de 1961 a 8 de setembro de 1961 na presidência de Ranieri Mazzilli

De 17 de setembro de 1952 a 1 de agosto de 1953 foi embaixador em Karachi. De 18 de novembro de 1953 a 24 de setembro de 1955 foi embaixador em Assunção. De 2 de março de 1959 a 1960 foi embaixador na Santa Sé. Até sua morte trabalhou no Instituto de Organização Racional do Trabalho no extinto estado da Guanabara e foi nesta função Assessor Geral da Presidência da Fundação Getúlio Vargas, sucedido por Alím Pedro.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • O serviço público federal no decênio Getúlio Vargas

Referências

  1. [file:///C:/Users/User/Downloads/Mello_1968_Embaixador-Moacyr-Ribeiro-Brig_16092.pdf Embaixador Moacyr Ribeiro Briggs]