Mocidade Azul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mocidade Azul
Cores Azul & Branco
Símbolo Leão
Bairro Fazendinha - Curitiba - Paraná - Brasil
Presidente Altamir Jorge Lemos
Carnavalesco Ricardo Garanhani
Comissão de carnaval Silvio "Turco"
Intérprete oficial Julio Correa &Chris Rodrigues (Lua Cheia)
Diretor de bateria Marcelo Charrão e Marquinhos
Rainha da bateria Patricia
Mestre-sala e porta-bandeira Fernanda Barbosa & Kelven Kauan
Desfile de 2016
Enredo "Independente da idade, sou criança com a Mocidade"

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Azul é uma escola de samba de Curitiba.[1][2]

É uma escola originada a partir de uma torcida organizada de mesmo nome, formada para o Esporte Clube Pinheiros. Daí o nome, as cores e seu antigo símbolo, um pinheiro. Com a fusão entre Esporte Clube Pinheiros e Colorado, surgiu o Paraná Clube, adotando as cores vermelha (Colorado) e azul (Pinheiros). A Partir daí, a Mocidade adotou o leão como símbolo, desvinculando-se da entidade Paraná Clube.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1981, a Mocidade Azul foi campeã do carnaval de Curitiba com o samba-enredo "Uma viagem ao litoral". Em 1989, conquistou a maioria dos estandartes[3]. Nesse mesmo ano, com a fusão entre o Pinheiros e o Colorado Esporte Clube, para dar origem ao Paraná Clube, a escola resolveu se desligar da relação com o futebol, adotando um leão como novo símbolo.

Em 1989, venceu a maioria dos prêmios paralelos, e recebeu diversos elogios da crítica, embora tenha sido derrotada no concurso oficial para a D. Pedro II.[4]

O enredo de 2006 contou através do enredo Saga de uma rainha negra nos reinos do Congo a saga da Rainha Guerreira Nzinga Mbande, que lutou contra a escravidão e colonização dos portugueses. Nesse ano, aconteceram muitos protestos na hora da apuração por parte da sua diretoria, bem como por parte da diretoria da Acadêmicos da Realeza (uma dissidência da Mocidade). Ambas - Mocidade e Realeza - não aceitaram o tricampeonato por parte da Embaixadores da Alegria.

A partir do ano de 2007, a Mocidade Azul se licenciou do Carnaval, e depois de uma longa batalha judicial, retornou no ano de 2010, quando venceu o Grupo B.[2] Em 2011, com o enredo " A Felicidade Pousou na Mocidade", conquistou seu campeonato,sendo seu grande Interprete Netinho Mocidade pé quente na avenida,com 20 titulo, sendo a escola que mais detem títulos.[2][1]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Altamir Lemos ? - atualidade [5]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Marcia Barbosa Silvio Costa "Turco" Daniel "Mestre Dan"
2015 Marcia Barbosa Silvio Costa "Turco" Daniel "Mestre Dan"
2016 Marcia Barbosa Silvio Costa "Turco" Marcelo Charrão e Marquinhos


Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Ref.
2014 Patricia
2015 Patricia
2016 Patricia

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Mocidade Azul
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref.
2006 3º lugar A Saga de uma rainha negra nos reinos do Congo
Não desfilou entre 2007 e 2009.
2010 Campeã B Ricardo Garanhani [2]
2011 Campeã A A Felicidade Pousou Na Mocidade Ricardo Garanhani [2][6]
2012 Campeã A Azul a cor do céu, a cor do mar, há 40 anos a cor do meu lar Ricardo Garanhani [7]
2013 Vice-campeã A O Reino Encantado do Carnaval Ricardo Garanhani [8][9]
2014 Campeã A Hoje eu quero brincar de ser mau, a Mocidade faz Búúú no carnaval [10][11]
2015 Campeã A "Sinal Azul!! Parem o tempo, que eu quero enlouquecer" [12]

Referências

  1. a b «Mocidade Azul é a vencedora do desfile de Carnaval de Curitiba». Bem Paraná/Redação. 6 de março de 2011. Consultado em 27 de janeiro de 2012. 
  2. a b c d e Gabriel Azevedo (7 de março de 2011). «Mocidade Azul vence carnaval em Curitiba». Consultado em 27 de janeiro de 2012. 
  3. Jornal Estado do Paraná, 09/02/1989 - Mocidade Azul ganhou a maioria dos estandartes
  4. Aramis Millarch (9 de fevereiro de 1989). «Mocidade azul ganhou a maioria dos estandartes». Consultado em 27 de janeiro de 2012. 
  5. http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/mocidade-azul-e-a-escola-campea-do-carnaval-2014/32203
  6. Vinícius Sgarbe (6 de março de 2011). «'Mocidade Azul' leva título em Curitiba com enredo sobre felicidade». G1. Consultado em 5 de fevereiro de 2014. 
  7. Valquir Aureliano/Bem Paraná (19 de fevereiro de 2012). «Acadêmicos da Realeza e Mocidade Azul são campeãs em apuração marcada por confusão». Rádio Banda B. Consultado em 5 de fevereiro de 2014. 
  8. «Desfile das escolas de samba de Curitiba será neste sábado». Fundação Cultural de Curitiba. 6 de fevereiro de 2013. Consultado em 5 de fevereiro de 2014. 
  9. http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/experiencia-do-carnaval-carioca-na-quadra-da-mocidade/28445
  10. «Mocidade Azul é a escola campeã do carnaval 2014 de Curitiba». G1. 2 de março de 2014. Consultado em 29 de março de 2014. 
  11. «Mocidade Azul é a escola campeã do Carnaval 2014». Fundação Cultural de Curitiba. 2 de março de 2014. Consultado em 29 de março de 2014. 
  12. «Mocidade Azul é bicampeã do Carnaval de Curitiba». Prefeitura Municipal de Curitiba. 15 de fevereiro de 2015. Consultado em 6 de março de 2015.