Mocidade Independente de Presidente Vargas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Presidente Vargas
Fundação 15 de outubro de 1985 (34 anos)
Cores
Azul
Amarelo
Branco
Símbolo Águia
Bairro Presidente Vargas
Presidente Garcia Neto
Desfile de 2019

O GRES Mocidade Independente de Presidente Vargas é uma escola de samba de Manaus, no Amazonas. É conhecida como "Águia da Matinha", numa referência à Matinha, nome antigo do atual bairro Presidente Vargas, onde está a quadra da escola, mais precisamente na Avenida Ayrão, 282.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Presidente Vargas iniciou como Bloco de Enredo em 1985[1], tendo chegado ao auge em 1990 na então Av. Djalma Batista, foi quando revelou o cantor e compositor Miguel Faria.

Em 1999 desfilou apenas com abadás em homenagem ao falecido cantor de toadas de boi e morador da Matinha - Casagrande, falecido em dezembro de 1998. Naquele ano, não houve subvenção às pequenas escolas por parte da prefeitura da cidade e do governo do Estado. Em 2000 a escola voltou à cena e é campeã junto às outras três agremiações (Ipixuna, Ciganos e Primos da Ilha) já que não houve julgamento. Em 2001 mais uma vez não houve julgamento oficial.

Em 2002 a escola desfilou mas não concorreu ao título em represália à direção do Grupo 1, por vários aspectos. Nos anos seguintes conquistou três vice-campeonatos (2003 e 2004 pelo Grupo 1, e 2005 pelo Grupo Especial - Convidadas) e obteve dois títulos (2006 pelo Grupo Especial - Convidadas, e em 2007 pelo Grupo de Acesso). Tanto em 2008 quanto em 2009 ficou em oitavo lugar ao disputar o Grupo Especial.

Em 2010, às vésperas do Carnaval, decisão judicial determinou que a AGEESMA não era obrigada a permitir que a Presidente Vargas e a Andanças de Ciganos desfilasse, motivo pelo qual ambas as escolas não participaram do Carnaval em 2010, no entanto, foram aceitas no Grupo Especial no ano seguinte.[2] Por isso, a Presidente Vargas utilizou em 2011 o mesmo enredo que seria apresentado em 2010.

Caiu para o Acesso A em 2012, onde desfilou com o enredo "Dona Flor", homenageando a floricultura mais famosa da cidade,[3] obtendo o título de campeã do grupo.[4] Em 2013, na sua volta ao Grupo Especial, a escola homenageou o centenário do Atlético Rio Negro Clube, porém terminou a apuração em último lugar e retornou ao Acesso A em 2014, sofrendo novo descenso. A partir de então, passou a figurar no Grupo de Acesso B, onde já obteve dois vice-campeonatos (2016 e 2018).

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
João Almeida 1995-2011 [3]
José Garcia Rodrigues Neto 2011- abril de 2013 [5]
Márcio Almeida Abril de 2013-agosto de 2015 [6]
Michel Torres agosto de 2015 - junho 2017
Michel Torres Outubro de 2017- 2019
Garcia Neto Maio de 2019

Presidentes de honra[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2013 Belk [5]
2014 comissão de carnaval comissão de harmonia Luciano
2015
2016 Luciano, Luiz, Bento e Rangel
2017 Vinicius,João Almeida, João Lúcio, Junior, Yago, João Victor, André Nascimento, Joolie Monteiro
2018 José Nascimento
2019 André Felix Vinicius Salomão


Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2017

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Ref.
2017

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Presidente Vargas
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
1996 3° lugar 1 Alô Manaus!
1997 3° lugar 1 O enigma das Amazonas
1998 3° lugar 1 Noites de Festa, Dia de Reis
Desfilou, mas não disputou em 1999
2000 Campeã 1
2001 Campeã 1 O Mundo da Alegria
Desfilou, mas não disputou em 2002
2003 Vice-Campeã 1 Fome Zero: Estava Escrito Nas Estrelas
2004 Vice-Campeã 1 Pará, Patchuli, Banho de Cheiro Pelo Ar
2005 Vice-Campeã Especial - Convidadas Quando o Brasil Começou a Sambar
2006 Campeã Especial - Convidadas Um Pequeno Grão de Areia, Uma Duna de Sabedoria. Sinésio Campos Hoje é o Rei Desta Folia
2007 Campeã Acesso Nova Olinda do Norte
2008 8° lugar Especial Do Barro Se Fez o Homem, O Homem se Fez Oleiro, e Assim Surgiu Iranduba, Porque Deus é Brasileiro

Compositor:Miguel Faria

Miguel Faria [7]
2009 8° lugar Especial Roraima do Extremo Norte do País
2010 Impedida de desfilar No Planalto Central nasce a nova capital, Brasília 50 anos de Glória
2011 10º lugar Especial Uma homenagem amazônica aos 50 anos da Capital do Brasil
2012 Campeã Acesso A Dona Flor [3][4]
2013 8º lugar Especial Em seus espelhos se refletem a tradição, nos esportes, garra e coração. Atlético Rio Negro Clube, 100 anos de amor e paixão

Compositores: Kleber Paiva, Marlon Oliveira, Rodrigo Novaes, Shazam, Thiago Meiners e Betinho Filho

Marino Caldas
Edmundo Martins
Evandro Malandro [5]
2014 5º lugar Acesso A Mãos Comissão de carnaval (Varildo Almeida, Edmundo, Manoel) Agnaldo do Samba
2015 4º lugar Acesso B Matinha, uma história de amor, cultura e arte Fabinho da PV
2016 Vice-Campeã Acesso B Miscigenação que veste minh'alma, relicário de rara beleza, meu querubim fiel e amado, salve São Gabriel da Cachoeira! Comissão de Carnaval: Yago, Mingo e Laura Laser Hemerson
2017 4º lugar Acesso B Mas olha já!? Avermelhou do lado de lá: Israel Paulain é a festa e já vai começar Marcos Dorgam Diego
2018 Vice-Campeã Acesso B Nas asas da minha água, vivi e vim mostrar, que cultura de bar também é popular
2019 Vice Campeã Acesso B
O Soldado Inabalável, Vestido com as Armas de Jorge. Carliomar Brandão, hoje Minha Águia te Dedica o Pavilhão! Macos Dorgam
2020 Acesso A Um mundo em letras, poses em fotos. O bom da vida, o sorriso, quem acontece... A PV, orgulhosamente, apresenta: A coluna social! Vem celebridades, só vem!

Referências

  1. a b Daniel Sales / SG Produções (2008). É tempo de sambar. [S.l.]: Norte Mania. p. 188 
  2. Quintal do Samba (2 de fevereiro de 2011). «Grupo Especial de Manaus terá dez escolas de samba». Consultado em 29 de novembro de 2016 
  3. a b c Rota do Samba (14 de fevereiro de 2012). «Manaus: Ordem dos desfiles de todos Grupos e o raio-x do Acessos.». Consultado em 9 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 8 de setembro de 2014 
  4. a b «Presidente Vargas consegue acesso no Carnaval de Manaus». Consultado em 16 de julho de 2012 
  5. a b c Marcos Santos (9 de fevereiro de 2013). «Escolas do Grupo Especial desfilam neste sábado (confira as letras e cante os sambas-enrêdos)». Consultado em 29 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  6. http://www.fatoamazonico.com/site/coluna/boi-manaus/
  7. Daniel Sales / SG Produções (2008). É tempo de sambar. [S.l.]: Norte Mania. p. 175