Modelo de previsão de ciclones tropicais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gráfico mostrando os erros médios de previsão de ciclones tropicais, pelo Centro Nacional de Furacões

Modelo de previsão de ciclones tropicais é um programa de computador que usa dados meteorológicos para prever o deslocamento e a intensidade de ciclones tropicais. Tais modelos utilizam supercomputadores com sofisticados softwares de modelos matemáticos e dados meteorológicos para calcular a trajetória e a intensidade de ciclones tropicais. Há dois tipos gerais, a estática e a dinâmica e há dois tipos de previsão, trajetória e intensidade.

Há vários tipos de modelos de previsão de trajetórias. O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos utilizam algumas, tais como o CLIPER (Climatology and Persistence), o NHC 90 e 98, o BAM (Beta and Advection), entre outras. Estes modelos mencionados são vantajosos entre as outras pela velocidade de cálculo.[1] Há também os modelos de previsão de intensidade, tais como o SHIFOR (Statistical Hurricane Intensity Forecast), o SHIPS (Statistical Hurricane Intensity Prediction Scheme). Em geral, estes modelos precisam do auxílio de outros modelos meteorológicos, tais como o GFS (Global Forecast Service).[1][2]

Mesmo com toda a tecnologia disponível atualmente, não há um modelo perfeito de previsão de ciclone tropical. Geralmente, une-se a previsão de todos os modelos numa única previsão. Em geral, os modelos de trajetória são mais precisos do que os modelos de intensidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Furacão Catrina Portal da
meteorologia

Referências

  1. a b «Frequently Asked Questions». Laboratório Oceanográfico e Meteorológico do Atlântico (em inglês). Consultado em 29 de Fevereiro de 2008 
  2. Franklin, James L. (Maio de 2006). «2005 National Hurricane Center Forescast Verification Report» (PDF). Centro Nacional de Furacões (em inglês). Consultado em 29 de Fevereiro de 2008