Mohammad Rabbani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Mulá Mohammad Rabbani Akhund (1955 - 15 de abril de 2001) foi um dos principais fundadores do movimento Talibã. Era o segundo homem mais poderoso do regime, atrás apenas ao Líder Supremo, o Mulá Mohammed Omar, na hierarquia do Talibã.[1]

Quando a União Soviética optou por se retirar do Afeganistão em 1989, e depois de muitos anos de insurgência e guerra civil, ele liderou os guerrilheiros do Talibã no ataque final contra a capital, Cabul.[2]

Atuou como primeiro-ministro do Afeganistão e chefe do conselho consultivo.[1] Houve também rumores de que mulá Rabbani e o chefe do movimento Talibã tiveram sérias divergências políticas.[2] Enquanto Rabbani e o conselho governante constituíram a face pública do governo do Afeganistão, as decisões importantes eram tomadas por Mulá Mohammed Omar, que residia na cidade de Kandahar.

Referências

  1. a b Mullah Mohammad Rabbani - Encyclopædia Britannica
  2. a b Senior Taleban leader dies - BBC News
Cargos políticos


Precedido por
Gulbuddin Hekmatyar
Primeiro-ministro do Afeganistão
1996 – 2001
Sucedido por
Abdul Kabir
interino