Mona Dorf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mona Dorf
Nascimento 23 de maio de 1960 (55 anos)
São Paulo, SP
Ocupação Jornalista, apresentadora
Nacionalidade Brasil brasileira

Mona Dorf (São Paulo, 23 de maio[1] de 1960 [2] ) é uma jornalista brasileira.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Depois de concluir o curso secundário no Liceu Pasteur, graduou-se em jornalismo, pela Fundação Casper Líbero (1978-1982).

Iniciou sua carreira na televisão, em 1983, como repórter de cultura no projeto Abril Vídeo, da Editora Abril, em São Paulo, passando logo para a TV Globo, onde apresentou o SPTV [4] e o Jornal da Globo; depois seguiu para a extinta TV Manchete, a TV Cultura e a Rede Record, onde apresentou telejornais.

Na internet, desenvolveu projeto de banda larga e TV interativa para a AOL, estreando na cobertura do Rock in Rio em um programa de entrevistas com artistas internacionais e brasileiros. Foi apresentadora do Jornal do Portal Terra[5] e formatou o projeto inovador de incentivo à leitura Letras & Leituras pela Rádio Eldorado [6] [7] e fez parte do time da TV Ideal, canal com programação totalmente dedicada ao mundo corporativo, onde apresentou o Confraria Ideal. Possui um blog multimídia no Portal IG, atualizado diariamente com a colaboração da também jornalista Anapaula Ziglio de Andrade. Com vídeo-entrevistas, galeria de fotos em slideshow e podcasts, o blog acompanha a produção cultural brasileira e eventos literários.

Lançou em 2010, o livro Autores e Ideias, Editora Benvirá, com 36 entrevistas com escritores brasileiros de várias gerações.

No inicio de 2014 entrou na Rádio Jovem Pan para apresentar o programa Pingos Nos Is, na bancada junto com os jornalistas Reinaldo Azevedo e Patrick Santos.

Em março de 2015, decidiu afastar-se do programa, devido a denúncias - não confirmadas - de que teria conta no Banco HSBC suíço, em investigações que ficaram conhecidas como operação Swiss Leaks. Mona Dorf não foi citada como um dos 50 brasileiros com movimentações suspeitas ou “indícios de ilícitos” pelo COAF, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda, em relatório a CPI.[8]

Referências

  1. Portal dos Jornalistas. - Mona Dorf
  2. IMDb Mona Dorf.
  3. Mona Dorf Atitude Brasil. Visitado em 20 de junho de 2012.
  4. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0611199904.htm
  5. Terra TV, vídeos online. Visitado em 20 de junho de 2012.
  6. Letras&Leituras Mona Dorf / Rádio Eldorado. Visitado em 20 de junho de 2012.
  7. Letras e Leituras Território Eldorado. Visitado em 20 de junho de 2012.
  8. Coaf suspeita de 50 brasileiros citados no SwissLeaks". (15 de julho de 2015). Visitado em 11 de abril de 2015.


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.