Monah Delacy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Maio de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Monah Delacy
Nome completo Lacy Corrêa dos Santos Torloni
Nascimento 22 de março de 1930 (86 anos)
Belo Horizonte, Minas Gerais
 Brasil
Ocupação atriz
IMDb: (inglês)

Lacy Corrêa dos Santos Torloni (Belo Horizonte, 22 de março de 1930) é uma atriz brasileira.

Começou a carreira artística no teatro, em 1950, nas peças O Demorado Adeus, Treze à Mesa e A Moratória. Estreou no cinema em 1960, no filme Esse Rio que Eu Amo, dirigido por Carlos Hugo Christensen.

Na década de 1960 começou a dedicar-se também à pintura, chegando a realizar uma exposição individual, com 19 óleos, em 1980.

É casada com o ator Geraldo Matheus Torloni, com quem teve uma filha, a atriz Christiane Torloni. É avó do ator Leonardo Torloni Carvalho. Leciona interpretação na Casa de Arte das Laranjeiras.

Carreira[editar | editar código-fonte]

No cinema[1][editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Papel
1960 Esse Rio que Eu Amo
1961 Mulheres e Milhões [2]
1963 Bonitinha mas Ordinária apresentando[3]
1964 Crônica da Cidade Amada Moça
1969 A um Pulo da Morte
1973 Obsessão
1974 Quatro contra o Mundo
Pureza Proibida Madre
1975 Eu Dou o que Ela Gosta Coleta
1976 Tem Folga na Direção
1980 Perdoa-me por Me Traíres Odete
1981 Bonitinha mas Ordinária ou Otto Lara Rezende Mãe de Edgar [4]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas
Ano Título Papel
1969 Acorrentados Madre Superiora
1970 Irmãos Coragem Deolinda
1971 O Homem que Deve Morrer Branca
1972 Uma Rosa com Amor Rosa Batateira[5]
1973 O Semideus Santa
1975 Gabriela, Cravo e Canela Dadá
1976 Vejo a Lua no Céu Augusta
1977 À Sombra dos Laranjais Das Graças
1978 O Pulo do Gato Zilda
1979 Pai Herói Eugênia
1980 Plumas & Paetês Irene
Plantão de Polícia[6] Mãe de Sandra
1982 O Homem Proibido Clotilde
1983 Champanhe Inês
1985 A Gata Comeu Graziela
1986 Dona Beija Idalina
1988 Olho por Olho Lenira
1997 O Amor Está no Ar Ester
2002 O Quinto dos Infernos Madre
2004 Senhora do Destino Leny Gouveia
2007 Dance, Dance, Dance Dona Sofia Ivanitch
2011 Fina Estampa

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante no Festival do Guarujá pela atuação no filme Obsessão.

Referências

  1. Mulheres do Cinema Brasileiro: Monah Delacy
  2. Cinemateca Brasileira Mulheres e Milhões [em linha]
  3. Cinemateca Brasileira Bonitinha mas Ordinária [em linha]
  4. [||[Cinemateca Brasileira]] Bonitinha mas Ordinária ou Otto Lara Resende [em linha]
  5. Uma Rosa Com Amor
  6. Plantão de Polícia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]