Monah Delacy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2012). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Monah Delacy
Monah Delacy (1958).
Nome completo Lacy Corrêa dos Santos Torloni
Nascimento 22 de março de 1929 (90 anos)
Belo Horizonte, MG
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1950–presente
Cônjuge Geraldo Matheus Torloni (c. 1954)

Lacy Corrêa dos Santos Torloni (Belo Horizonte, 22 de março de 1929) é uma atriz brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira artística no teatro, em 1950, nas peças O Demorado Adeus, Treze à Mesa e A Moratória. Estreou no cinema em 1960, no filme Esse Rio que Eu Amo, dirigido por Carlos Hugo Christensen.

Na década de 1960 começou a dedicar-se também à pintura, chegando a realizar uma exposição individual, com 19 óleos, em 1980.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É casada com o ator Geraldo Matheus Torloni, com quem teve dois filhos, Marcio Torloni, que não seguiu a carreira artística, e a atriz Christiane Torloni. É avó do ator Leonardo Torloni Carvalho. Leciona interpretação na Casa de Arte das Laranjeiras.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

No cinema[1][editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1960 Esse Rio que Eu Amo
1961 Mulheres e Milhões [2]
1963 Bonitinha mas Ordinária apresentando[3]
1964 Crônica da Cidade Amada Moça
1969 A Um Pulo da Morte
1973 Obsessão
1974 Quatro contra o Mundo
Pureza Proibida Madre
1975 Eu Dou o que Ela Gosta Coleta
1976 Tem Folga na Direção Irmã de Cláudio [4]
1980 Perdoa-me por Me Traíres Odete
1981 Bonitinha mas Ordinária ou Otto Lara Rezende Mãe de Edgar [5]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1969 Acorrentados Madre Superiora
1970 Irmãos Coragem Deolinda
1971 O Homem que Deve Morrer Branca
1972 Uma Rosa com Amor Rosa Batateira[6]
1973 O Semideus Santa
1975 Gabriela, Cravo e Canela Dadá
1976 Vejo a Lua no Céu Augusta
1977 À Sombra dos Laranjais Das Graças
1978 O Pulo do Gato Zilda
1979 Pai Herói Eugênia
1980 Plumas & Paetês Irene
Plantão de Polícia[7] Mãe de Sandra
1982 O Homem Proibido Clotilde
1983 Champanhe Inês
1985 A Gata Comeu Graziela
1986 Dona Beija Idalina
1988 Olho por Olho Lenira
1995 Explode Coração Dona Lourdinha
1997 O Amor Está no Ar Ester
1999 Você Decide Lucy Helen (1 episódio)
2000 Deolinda (1 episódio)
2002 O Quinto dos Infernos Madre
2004 Senhora do Destino Leny Gouveia
2007 Dance, Dance, Dance Dona Sofia Ivanitch

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante no Festival do Guarujá pela atuação no filme Obsessão.

Referências

  1. Mulheres do Cinema Brasileiro: Monah Delacy
  2. Cinemateca Brasileira Mulheres e Milhões [em linha]
  3. Cinemateca Brasileira Bonitinha mas Ordinária [em linha]
  4. «Tem Folga na Direção». Cinemateca Brasileira. Consultado em 3 de março de 2018 
  5. ||Cinemateca Brasileira Bonitinha mas Ordinária ou Otto Lara Resende [em linha]
  6. «Uma Rosa Com Amor». Memória Globo. Consultado em 16 de junho de 2018 
  7. «Plantão de Polícia». Memória Globo. Consultado em 16 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.