Monarquia na Nova Zelândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nova Zelândia
Coat of arms of New Zealand.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Nova Zelândia


Constituição

Blue bar plain.png

Blue bar plain.png

Outros países · Atlas

A Nova Zelândia é uma monarquia constitucional e um reino da Commonwealth, pelo que Elizabeth II ocupa o trono desde 6 de fevereiro de 1952. Enquanto tal, ocupa de jure a posição de Chefe de Estado, e detém competências próprias, enquanto o governador-geral da Nova Zelândia é por vezes considerado como o Chefe de Estado de facto.

Na Nova Zelândia, o título oficial da rainha em inglês é Elizabeth the Second, By the Grace of God, Queen of New Zealand and Her other Realms and Territories, Head of the Commonwealth, Defender of the Faith (Isabel II, pela Graça de Deus, Rainha da Nova Zelândia e dos seus outros Reinos e Territórios, chefe da Commonwealth, defensora da Fé).

O reino da Nova Zelândia compreende a Nova Zelândia, Tokelau e a dependência de Ross, e os territórios autónomos das Ilhas Cook e Niue.

Existe também uma monarquia maori, puramente simbólica, que coexiste sem conflito com a monarquia neozelandesa. O atual rei maori é Tuheitia Paki, que subiu ao trono em 21 de agosto de 2006 na sequência do falecimento da sua mãe, a rainha Te Atairangikaahu.[1]

Referências

  1. "Tuheitia new Maori king", New Zealand Herald