Monossomia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O termo monossomia refere-se à condição na qual existe apenas uma cópia do cromossomo especificado[1], lembrando-se que a espécie Homo sapiens possui 46 cromossomos, sendo dois cromossomos sexuais. A monossomia é uma forma de aneuploidia. Portanto, quando não houver parte de um cromossomo, a alteração nao é considerada monossomia (numérica), mas sim estrutural .

Uma monossomia parcial (alteração cromossômica estrutural) ocorre quando falta uma parte de um cromossomo.

Monossomias humanas[editar | editar código-fonte]

As principais monossomias nos seres humanos são:

Referências

  1. a b «CRC - Glossary M». Consultado em 23 de dezembro de 2007. Arquivado do original em 8 de agosto de 2007 
  2. -21 or monosomy 21 (solely), site Atlas of Genetics and Cytogenetics in Oncology and Haematology (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre Genética é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

555