Monotrilho de Poços de Caldas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Monotrilho de Poços de Caldas
Monotrilho de Poços de Caldas.jpg
Monotrilho de Poços de Caldas
Informações
Proprietário J. Ferreira Ltda.
Local Poços de Caldas, Minas Gerais, Brasil
Tipo de transporte Monotrilho
Número de linhas 1
Número de estações 11
Funcionamento
Operadora(s) J. Ferreira Ltda.
Número de veículos 1
Dados técnicos
Extensão do sistema 6km

O Monotrilho de Poços de Caldas era um sistema de monotrilho que servia a cidade de Poços de Caldas, no estado de Minas Gerais. De propriedade particular, a linha elevada interligava o terminal rodoviário da cidade até a área central, totalizando 6 km de extensão e 11 estações.

Na inauguração, ocorreu a primeira falha, 19 pessoas estavam no trem, que descarilhou, levando a abertura nos pisos do vagão, ninguém se feriu.[1]

Atualmente, o monotrilho está desativado desde 2000 e uma parte da via foi destruída em 2003, impossibilitando o reinício imediato das operações. Há planos para a sua revitalização e reativação.[2][3][4]

Referências

  1. «Laudo deve definir futuro do monotrilho de Poços de Caldas em até 90 dias; entenda impasse». G1. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  2. VipBus (17 de dezembro de 2009). «O Monotrilho de Poços de Caldas». Consultado em 26 de abril de 2012 
  3. Memória de Poços de Caldas; Rubens Caruso Jr. (11 de janeiro de 2011). «30 Anos de Monotrilho». Consultado em 26 de abril de 2012 
  4. Viva Poços; Rubens Caruso Jr. (12 de setembro de 2008). «O Monotrilho». Consultado em 26 de abril de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre transportes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.