Monstro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Monstro (desambiguação).
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Monstro (do termo latino monstru) é o nome dado genericamente a um ser fantástico ou criatura lendária, de aspecto e atos aterrorizantes.[1]

Os monstros aparecem em quase todas as culturas, em suas mitologias, folclores e lendas, e também na ficção, em livros e filmes de terror. Nestes contextos, o monstro encarna, frequentemente, a figura do Mal, que é derrotada por um herói ou cavaleiro que representa o Bem e as virtudes. Também são citados monstros nas histórias infantis e cinematográficas. Em respeito às artes cinematográficas, temos os exemplos do Conde Drácula, o Frankenstein e Lobisomem, entre outros.

Monstros são, em geral, manifestações primitivas do medo subconsciente ou lendas, como: Lobisomem, mula sem cabeça ou boitatá. Em alguns casos, lendas envolvendo monstros possuem um fundo de verdade em sua origem.

Monstros marinhos[editar | editar código-fonte]

Monstros marinhos eram retratados em mapas marítimos antigos para indicar perigo ou como elementos decorativos. Os mais famosos são os do cartógrafo Olaus Magnus[2]. Exemplos destas criaturas são os ictiocentauros.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Monstro

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 156.
  2. Livro conta a história das criaturas reais e fantásticas que ilustravam mapas medievais Folha

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.