Monte Negro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Monte Negro
Bandeira de Monte Negro
Brasão de Monte Negro
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 13 de fevereiro de 1992
Gentílico monte negrense, monte negrino
Prefeito(a) Zé Barroso[1] (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Monte Negro
Localização de Monte Negro em Rondônia
Monte Negro está localizado em: Brasil
Monte Negro
Localização de Monte Negro no Brasil
10° 17' 40" S 63° 19' 31" W10° 17' 40" S 63° 19' 31" W
Unidade federativa  Rondônia
Mesorregião Leste Rondoniense IBGE/2008 [2]
Microrregião Ariquemes IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Ariquemes, Cacaulândia, Governador Jorge Teixeira, Buritis e Campo Novo de Rondônia
Distância até a capital 250 km
Características geográficas
Área 1 931,371 km² [3]
População 14 090 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 7,3 hab./km²
Altitude 0 m
Clima Equatorial Am
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,685 médio PNUD/2000 [5]
PIB R$ 133 903,312 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 10 535,27 IBGE/2008[6]
Página oficial

Monte Negro é um município brasileiro do estado de Rondônia.

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 70 a empresa mineradora MIBREL do Grupo Paranapanema iniciou a exploração de minério de cassiterita até fins da década de 80. Por ocasião da descoberta do Garimpo de Bom Futuro paralisou as atividade e passou a comprar minério produzido no garimpo Bom Futuro. Em meados da década de 90 a MIBREL negociou amina que atualmente pertence a CEMAL Cooperativa Estanífera de Mineradores da Amazônia Legal Ltda., detentora do direitos minerários e que em 2005 realizou parceria com um grupo de Hong Kong que comprou e estimulou a produção de topázio, ano em que foi a maior produtora de topázio do mundo de excelente qualidade, pois o topázio dessa região possui características únicas, passando pelo processo de bombardeamento para coloração muito mais rápido que qualquer pedra do mundo, o que agregou valores e realizou abertura de empregos, pois as pedras ali produzidas eram trabalhadas antes de sua exportação. Atualmente ainda produz algo em torno de 80 toneladas de concentrado de óxido de estanho, a cassiterita. O município antes teve o nome de Boa Vista, mas por ser homônimo da capital de Roraima, foi mudado depois da emancipado em 1992, sendo o seu primeiro prefeito eleito o Sr. Paulo Amancio, com mandato de 1992 à 1996. Sendo a sua economia baseada na agricultura e pecuária, sendo uma das grande produtoras de café do estado, também explora o extrativismo vegetal e o turismo, sendo famosas as suas praias a beira do rio Jamari.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 10º17'40" sul e a uma longitude 63º19'31" oeste, estando a uma altitude de 0 metros. Sua população estimada em 2010 era de 14.090 habitantes.[4]

Possui uma área de 1.413,4 km².

Referências

  1. Todos os prefeitos eleitos em Rondônia - Eleições 2012. Página visitada em 19/01/2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. a b Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Rondônia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.