Montes Chersky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Montes Chersky
Хребет Черского
O monte Pobeda é o ponto mais alto dos montes Chersky (vertente norte, 2008)
Localização
Coordenadas 67° N 129° E
Continente Ásia
País  Rússia
Região República de Sakha
Características
Altitude máxima 3 147 m
Cumes mais altos Monte Pobeda
Comprimento 1 000 km
Montes Chersky está localizado em: Rússia
Montes Chersky
Montes Chersky
Montes Chersky

Os montes Chersky (em russo: Хребет Черского; transliterado: Jrebet Tcherskogo) são uma cordilheira montanhosa do nordeste da Rússia, localizada na Sibéria Oriental, entre o rio Yana e o rio Indigirka.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Los montes Chersky estendem-se por cerca de 1000 km, sendo a cordilheira orientada na direção NO-SE, com a parte principal na república de Sakha (Iacútia) e uma pequena parte, a sul, no oblast de Magadan.

Os montes Chersky são cruzados pelo círculo polar ártico, e fazem parte das montanhas da Sibéria Oriental situadas a norte do mar de Laptev. O maciço está rodeado, a nordeste, pela planície da Sibéria Oriental e a leste pelas montanhas Moma; para sudeste a cordilheira desaparece pouco a pouco no mar de Okhotsk, e as últimas ramificações meridionais chegam até à região costeira de Magadan; a sudoeste, estendem-se até ao vale do rio Yana e à meseta Oïmiakon e montanhas Verkhoyansk.

Nos Chersky nascem alguns dos grandes rios da Sibéria Oriental, como o rio Kolyma e o rio Tompo.

O monte mais alto é o monte Pobeda com 3147 metros.

Os montes Chersky, juntamente com a vizinha cordilheira Verkhoyansk, têm efeito moderador sobre o clima da Sibéria. As vertentes obstruem o movimento das correntes de ar de oeste, diminuindo a quantidade de neve que cai nas planícies a oeste.[1]

Na região há importantes jazidas de minerais metalíferos, sobretudo de ouro e estanho.

História[editar | editar código-fonte]

Os montes Chersky foram descobertos em 1926 por Serguei Óbruchev (filho do geólogo russo Vladímir Óbruchev), que os designou em homenagem ao explorador, geólogo e geógrafo russo de origem polaca Jan Czersky (1845–1892), que encabeçou uma das primeiras expedições científicas na região.

Geologia[editar | editar código-fonte]

Do ponto de vista geológico, o maciço fica na fronteira entre duas placas tectónicas, a placa Euroasiática e a placa Norte-americana.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Chersky Range».