Mano de Punta del Este

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Monumento al Ahogado)
Ir para: navegação, pesquisa
La Mano
Autor Mario Irarrázabal
Data 1982
Técnica Concreto[1] e plástico
reforçado com aço[2]
Localização
Parada 4 na Praia Brava, Punta del Este

La Mano[3] (A Mão), Los Dedos[4] (Os Dedos), ou Hombre emergiendo a la vida (Homem emergindo à vida) é uma escultura de cinco dedos parcialmente enterrados na areia, localizada na Parada 4, na Praia Brava[2] em Punta del Este, um popular balneário do Uruguai. É coloquialmente referida por Los Dedos.

É uma escultura famosa[3] que tornou-se um símbolo de Punta del Este, desde a sua conclusão em fevereiro de 1982,[5] e, por sua vez tornou-se um dos marcos históricos mais famosos do Uruguai.

História[editar | editar código-fonte]

A escultura foi feita pelo artista chileno Mario Irarrázabal[6] durante o verão de 1982, enquanto ele participava do primeiro Encontro Anual Internacional de Escultura Moderna ao Ar Livre, em Punta del Este.[2] Havia nove escultores e ele era o mais jovem.[6] Houve uma disputa para os lugares atribuídos a uma praça pública, e ele decidiu então fazer suas esculturas na praia.[6]

Apesar de Irarrázabal ter todo o verão para completar o projeto, ele conseguiu concluí-lo nos seis primeiros dias,[5] mesmo tendo enfrentado pequenos atrasos devido ao forte vento sudeste que é comum em Punta del Este.[2] O concreto e o plástico foram reforçados com barras de aço, malhas de metal, e um solvente resistente à degradação cobrindo o plástico do lado externo.[2]

Durante aquele verão, escultores de todo o mundo trabalharam em suas criações na praia, mas apenas a obra de Irarrázabal pode até hoje ser vista na praia.[5] Ela deu a Irarrázabal o reconhecimento mundial e é popularizada pelas fotografias dos turistas e reproduções em cartões-postais.[2] Mais tarde, ele fez réplicas exatas ou aproximadas da escultura para a cidade de Madrid (em 1987), no deserto do Atacama no Chile (1992), e em Veneza (1995).[5]

A mão não deixou seu lugar original, e se manteve praticamente intacta, exceto pela grafitagem no lado da palma dos dedos[2] feita em 2005.

Referências

  1. La Mano - Punta del Este, Uruguai
  2. a b c d e f g História do Monumento A Mão no welcomeuruguay.com
  3. a b Uma viagem ao fim do mundo - El Comercio (jornal peruano, em espanhol)
  4. Verano ’08: Punta del Este - clásico uruguayo Clubs y Countries (revista argentina, em espanhol)
  5. a b c d Punta del Este: para extasiarse de belleza - La Capital (jornal argentino, em espanhol)
  6. a b c Sylvia Bustamante G. (12-10-2008). Mario Irarrázabal El Mercurio. (jornal chileno, em espanhol)

Ver também[editar | editar código-fonte]